Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

O lugar privilegiado para aqueles que optam usar óleo vegetal directamente nas viaturas.



Responder
Avatar do Utilizador

katzilla
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 694
Registado: quarta nov 28, 2007 8:32 pm
Localização: Norte
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por katzilla » sexta fev 22, 2008 3:12 am

klinzter Escreveu:o que poderás fazer é deixar descansar, assim a gordura animal ficará no fundo
podes depois utilizar a gordura que fica depositada no fundo para fazer sabão utilizando soda caustica com um pouco de gel de banho para dar um cheiro agradavel ...as mulheres agradecem


Avatar do Utilizador

mco
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 157
Registado: sábado jul 07, 2007 2:49 pm
Localização: São João da Madeira
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por mco » sexta fev 22, 2008 3:17 pm

eletrico Escreveu:
mco Escreveu:alguem sabe como se consegue retirar a gordura animal do ov? ou formas que ajudam a isso desaparecer?

preciso de mais ideias...


cumprimentos,
ola
no principio quando comecei a reciclar ovu ,aconteceu que depois de lavado apresentava um aspecto baço.
eu tinha-o valado e filtrado porem a quente ,nestas circunstancias a aparência era límpida.
acontecia que com ao arrefecimento ficava baço passado algum tempo começava a depositar-se no fundo do recipiente alguma goma o que tenho feito para evitar isso foi dar descanço ao ovu bem como uma filtragem mais fina que estou a fazer com 2 filtros usados de um compressor que deixa o ovu limpinho parece que saiu da parteleira.
porem o oleo com essa goma ainda assim pode ser usado mas com uma ressalva deve baixar-se as % pelo menos foi o que me disseram.

cumprimentos
boas

actualmente estou a filtrar ov com um filtro de 5micron e outro de 1micron, mas com o ov quente, para passar mais rápido.

hoje vou tentar testar a filtrar com ov frio para ver se a gordura fica nos filtros.

cumprimentos
A consumir OVU a 100.000km ;)
Associado Nº29

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » sexta fev 22, 2008 4:42 pm

renault megane 1.9dti
verão 100ov / inverno 90ov
olá

será que estas percentagens são com o auxilio de um kit duotanque?????

abraço.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

mco
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 157
Registado: sábado jul 07, 2007 2:49 pm
Localização: São João da Madeira
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por mco » sexta fev 22, 2008 5:40 pm

fry Escreveu:
renault megane 1.9dti
verão 100ov / inverno 90ov
olá

será que estas percentagens são com o auxilio de um kit duotanque?????

abraço.
boas,

claro, compra e montagem feita com o hynek .
sem isso usar essas percentagens era suicídio

cumprimentos.
A consumir OVU a 100.000km ;)
Associado Nº29

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » segunda fev 25, 2008 8:21 pm

olá

lavagem de ov usado

versão ii .


após algumas experiências na lavagem do ov, achei por bem, modificar algumas funcionalidades no processo.

a maior dificuldade no tratamento do ov é sem duvida a filtragem. depois de ter adaptado um sistema de filtragem mais fiável, conclui que os que anteriormente usava, deixavam passar grande parte de partículas não visíveis, que acabavam por se acumular no depósito da viatura, entupindo os filtros constantemente.

o sistema de filtragem era o mais simples e os filtros eram de fio bobinado. a micragem era de 5 e de 1. ora...a operação de filtragem estava a ser mascarada, por filtros sem qualidade.

como a cobaia, (toyota starvan) tem um kit duotanque, as percentagens são bastante elevadas, atingindo no seu consumo 97% de ov usado.


como novo sistema de filtragem, deparei-me com um entupimento continuo dos filtros, que pela sua alta qualidade, bloqueiam literalmente, acusando o seu fim.

tive então de tentar modificar a lavagem, para que a jusante os problemas fossem minorados.

a pré-filtragem é feita da mesma forma, ou seja, por uma rede de 3 a 4 milímetros, e o ov é colocado no depósito de inox que uso para fazer a reacção do bd.

posso vos dizer, que para um bom tratamento do ov usado, o tanque deve ter as características idênticas á do reactor ou processador simpliplificado de bd. digo isto, porque necessitamos de empregar mesmas funções na execução de uma boa lavagem e filtragem.

após o ov usado ter sido submetido á pré-filtragem, colocamos no reactor, e elevamos a temperatura para 80º. adicionamos 30% a 40% de água, directamente da rede.

neste fase, não vamos usar os aspersores, mas sim a torneira livre, tal como se procedesse á reacção do bd. após verificarmos que o ov usado ficou completamente emulsionado tipo leite, desligamos a bomba misturadora e deixamos que a temperatura da resistência, que mantemos ligada, faça a separação natural.

após umas horas, dependendo da resposta da resistência, retira-se a água que está no fundo completamente suja.

repetimos esta operação mais duas vezes e o ov usado está pronto para passar á fase seguinte, ou seja, a secagem.

a secagem, pode ser lenta ou rápida, consoante a necessidade que temos do ov ou do consumo de energia que pretendemos usar.

na secagem lenta, desligamos a resistência e deixamos o ov estabilizar, retirando diariamente a água que se acumula no fundo. seguidamente ligamos a bomba misturadora por 10 minutos, canalizando o caudal para os aspersores. desta forma o ov, em contacto com o ar, faculta a evaporação de alguma água. esta operação pode ser feita duas vezes por dia.

na secagem rápida, a diferença está em mantermos com a resistência ligada. de resto, seguimos os mesmos passos da secagem lenta.

o ov só estará seco, quando conseguirmos através dele, ver o fundo do tanque com muita nitidez.

segue-se então a filtragem.

aconselho a usarem um bom kit de filtragem (posso aconselhar a marca aos interessados) e filtros de alta qualidade. além de serem mais fiáveis, suportam melhor temperaturas até 80º e pressão até 5kg sem rebentarem, como acontecia no kit inicial.

a filtragem a quente é mais rápida devido á menor viscosidade, sendo aconselhável o uso de um by-pass de forma que a pressão não seja excessiva, á medida que os filtros vão entupindo.

no meu caso, o kit de filtragem é um grupo gémeo, em linha, limitando a opção da micragem.

para contornar essa privação, coloco filtros de 50 e 25 micros no kit fazendo o retorno, novamente para dentro do reactor. posteriormente, coloco filtros de 10 e 5 micros e coloco o ov usado e tratado noutro qualquer recipiente pronto para usar na viatura.

abraço e boas lavagens.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Flamingo » segunda fev 25, 2008 10:01 pm

na parte da filtragem eu penso que não estou muito mal. tenho filtros de 70, 25, 5, e 1 micron. quando começa a correr faz este percurso todo de seguida. mas na parte da secagem é que ainda não me encontrei, não só na secagem mas também no restante tratamento. não consigo que o ov fique com essa lucidez... tenho que me dedicar mais a este assunto agora que a preparação da viatura está quase pronta...

Avatar do Utilizador

Narciso
Novo membro
Novo membro
Mensagens: 3
Registado: domingo fev 17, 2008 12:59 am
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Narciso » terça fev 26, 2008 12:15 am

boas fry

entao queres dizer que esse processo de lavagem com agua da torneira é mais eficaz que os filtros.

(desculpa sou novo nisto)


saudaçoes

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » terça fev 26, 2008 7:06 am

olá

pela pergunta, reparo que não leste bem o processo. eficaz é o conjunto de operações que acabei de expôr.

abraço.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

k__x
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 217
Registado: quarta dez 20, 2006 12:01 pm
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por k__x » terça fev 26, 2008 9:57 pm

ja alguem experimentou a fazer a lavagem do ovu com uma bomba de maquina de lavar como "misturador" do oleo e agua?

Avatar do Utilizador

mco
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 157
Registado: sábado jul 07, 2007 2:49 pm
Localização: São João da Madeira
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por mco » terça fev 26, 2008 10:11 pm

k__x Escreveu:ja alguem experimentou a fazer a lavagem do ovu com uma bomba de maquina de lavar como "misturador" do oleo e agua?
eu uso essa bomba para fazer circular o ov de baixo do depósito para cima.


cumprimentos.
A consumir OVU a 100.000km ;)
Associado Nº29

Avatar do Utilizador

k__x
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 217
Registado: quarta dez 20, 2006 12:01 pm
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por k__x » domingo mar 09, 2008 1:35 pm

um pormenor, a nivel de oleo recolhido nos restaurantes, so recolhem oleo de fritura de batatas ou tambem de outros alimentos como rissois, bolos de bacalhau, peixes,etc...?

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Flamingo » domingo mar 09, 2008 3:21 pm

eu recolho o que me dão. se fritou batata, rissois ou o que quer que seja,... nem ligo. leva todo o mesmo tratamento, e todo a mesma filtragem...

Avatar do Utilizador

katzilla
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 694
Registado: quarta nov 28, 2007 8:32 pm
Localização: Norte
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por katzilla » segunda mar 10, 2008 8:55 am

fry ao retirar a agua de lavagem do deposito, creio que o deposito tenha um fundo conico, não cria um vortice que puxa tanto o oleo lavado como a agua?

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » segunda mar 10, 2008 10:14 am

olá caro katzilla

é evidente que esse vórtice, que no hemisfério norte, gira para um lado e no sul gira no inverso, (assim se encontra a linha do equador) terá de ser evitado, sob pena de anular a decantação já concluída. eu retiro a água das lavagens, lentamente por diferença de nível, e nunca surgiu esse inconveniente.

há que ter o cuidado de ir reparando, se existem olhas de gordura na água das lavagens, e caso existam, colocá-la num recipiente, onde possa estabilizar, para que, mais tarde, se aproveite esse óleo, que flutuará á superfície.

a secagem é demorada, mesmo recorrendo a uma resistência. só se pode filtrar quando, retirando uma amostra num frasco de vidro, o ov estiver completamente transparente, a exemplo do ov novo. também se pode e deve tirar partido do facto do ov aquecido 40º/50º onde a viscosidade é menor, facilitando assim a acção de filtragem.

espero ter ajudado.

abraço.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » segunda mar 10, 2008 10:19 am

aaaaahhhhh.....existe sempre um layer entre a água e o ov lavado. esse layer deve ser retirado, até surgir o ov lavado. é nessa camada, que se aglomeram sabões e residuos prejudiciais á combustão, fixando-se nos componentes do motor.

abraço e boas lavajavardices

abraço.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por orbis » segunda mar 10, 2008 10:28 am

o efeito de coriolis não se aplica a vórtices tão pequenos fry.

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » segunda mar 10, 2008 10:34 am

não sei se o efeito é o de coriolis, estudado em depressões, então explica esse facto
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por orbis » segunda mar 10, 2008 10:38 am

parece que a essa escala o resultado é aleatório.

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por Fry » segunda mar 10, 2008 10:43 am

se é, fui enganado pelo documentário que a national geographic emitiu, produzindo o exemplo in loco.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

katzilla
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 694
Registado: quarta nov 28, 2007 8:32 pm
Localização: Norte
Estado: Desligado

Re: Introdução ao OVD - parte 3 - Como tratar OV usado

Mensagem por katzilla » segunda mar 10, 2008 11:13 am

posso estar enganado acho que o efeito coriolis tem a ver com um vortice e um desvio ou rotação para a esquerda ou direita. a minha pergunta era sobre um vortice que cria uma sucção aleatoria. experimentei retirar oleo (castanho turvo) de pasta liquida (bege opaco) e no vortice notava um fiozinho da pasta a passar, apesar de estar bem separada. talvez o caudal de passagem e a pressão, em conjunto, provocase este efeito. penso que quanto maior for a abertura e/ou a pressão (ou o seu resultado de ambos que é o vortice), maior é a possibilidade de isto acontecer, visivelmente pelo menos, porque as partes imperceptiveis que passam é naquela.. não as vi.

Responder

Voltar para “Óleo Vegetal Directo”