aquecimento dos tubos dos injectores

O lugar privilegiado para aqueles que optam usar óleo vegetal directamente nas viaturas.



Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » segunda mar 03, 2008 9:46 pm

não, ainda não fiz nada disso. faltam-me pequenos pormenores, vai aos poucos...
falta ligar a parte mecanica de tudo (diga-se tubagem e abraçadeiras...). e falta também a colocação de dois interruptores para ligar e desligar o aquecedor e resistencias. como limite de temperatura tenho os dois termocontactos, 128º cada um...



JV_MIGUEL
Membro
Membro
Mensagens: 22
Registado: quarta ago 15, 2007 7:38 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por JV_MIGUEL » domingo mar 16, 2008 4:20 am

parabéns flamingo muito bom e útil o seu trabalho

fiquei apenas com uma dúvida! para quem tenha um kit monotanque instalado se ligar as resistências em paralelo e depois ao aquecedor eléctrico, estas serão ligadas e desligadas cosoante este tenha ou não de actuar, não será um boa solução?

abraços
Sócio 34 Assoc. Novaenergia
Punto TD / OVU
Abraços

Avatar do Utilizador

hynek
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2134
Registado: terça mai 16, 2006 4:16 pm
Localização: Viseu
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por hynek » domingo mar 16, 2008 10:38 am

jcn.jnunes Escreveu:boas,

encontrei uma empresa que fabrica resistências de vários formatos e revestimentos, que pode bem servir para o que se pretende:

maxiwatt
http://www.resistencias.com/por/protecciones.php
http://www.resistencias.com/por/micawatt.php

já agora chamo a atenção para um facto:
- em fenómenos de transferência de calor entre corpos (sólido e líquido neste caso), a temperatura que o mais frio atinge é dependente da diferença inicial de temperatura entre os corpos (dti), da área de superfície de contacto (ac) e da velocidade (v), entre um e outro.
do pessoal que tem permutadores (sejam eléctricos ou hidráulicos) e instrumentação de medida, já alguém fez um estudo do ganho de temperatura do óleo em função das três variáveis, para os kits que instalaram ou para os sistemas de aquecimento dos tubos de injecção?
isto porque o facto de, embora a superfície metálica esteja a 100ºc (por ex.) a temperatura do óleo a sair do permutador ou tubo de injecção é, de certeza, menor. e tanto mais menor quanto maior for dti (embora maior dti implique maior ganho energético), quanto menor ac e quanto maior v. estas três variáveis levam a uma relação de ganho a que se chama rendimento energético (ou calórico) do permutador que, no caso dos permutadores hidráulicos, pode andar pelos 55% apenas.
assim, quando pensamos em atingir uma temperatura no óleo na ordem de 70ºc, poderemos necessitar de colocar termocontactores a desligar por volta dos 90ºc, por exemplo.
mas, perfeito, perfeito, seria que o pessoal que tem acesso aos equipamentos ou que os vende/instala, fizesse este estudo que proponho. depois podemos criar uns ábacos muito úteis para saber o que andamos realmente a fazer. é que as referências energéticas em kw que aparecem em muitos permutadores que vejo à venda na net, não querem dizer nada, mesmo nada! depende sempre das três variáveis referidas.

mas se medir dti e ac é facílimo, já o valor de v no interior do permutador pode ser difícil ou mesmo impossível (se se tratar de um filtro de óleo, por ex.). então proponho que em vez de v se meça o caudal q, deitando o óleo para dentro de uma vasilha calibrada, medindo o tempo do teste.

parâmetros a controlar:
tp' - temperatura média do aquecedor (tubo injector, filtro de gasóleo, permutador)
toi - temperatura do óleo inicial (à entrada)
tof - temperatura do óleo final (à saída)
ac - área de contacto do permutador. no caso de um tubo: ac=pi.d.l
q - caudal de óleo

dos parâmetros acima, fazer variar tp', toi e q (não esquecer que dti=tp'-toi)

note-se que o permutador/aquecedor não tem uma temperatura uniforme em toda a sua superfície. daí que se mede o valor médio tp' e não um valor pontual. terá, então, que se colocar a sonda no ponto que se considerar mais representativo da média. proponho que se faça um teste de medição na superfície do permutador junto à entrada e à saída do óleo e se procure, em seguida, o ponto que representa a média entre esses dois.

para se medir a temperatura do óleo, as sondas têm que ser colocadas em contacto directo com ele!
não basta medir a temperatura da superfície do tubo antes e após o aquecedor, pois estamos em situação de permutação novamente! medindo a temperatura do tubo à entrada da bi implica que o óleo esteja ainda mais quente e poderemos ter temperaturas reais de 80ºc quando estamos a medir 70ºc apenas! e lá se vai a bi para o galheiro.

penso que este estudo será essencial para o que o manuelcar propõe, mas também para aferir os outros pré-aquecedores. podemos pensar que o óleo está a entrar nos injectores a 130ºc quando está a 100ºc, por exemplo.

é um teste muito exigente, mas temos que passar da carolice para o engenho.

dentro de pouco tempo (um mês) estarei preparado com o equipamento necessário para fazer os testes (estou a criar um departamento de energia solar na minha empresa e irei montar um pequeno laboratório de testes). se ninguém os fizer até lá, posso fazê-los gratuitamente a quem quiser, desde que me enviem as vossas "invenções" ou pré-aquecedores, com a condição de todo o "know-how" ser partilhado aqui abertamente.

cumps

este post fundamenta muito bem a teoria da permuta que nos interessa. andar a fazer, sem saber bem o quê, não adianta muito.... as experiências, sem ser no carro, nas condições reais, é só meio caminho andado. por isso gostava de saber se o laboratório já está funcionar?
gostava de promover algumas experiências.
Um abraço
Hynek
Associado n.º 8 da
Associação NovaEnergia.net

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » domingo mar 16, 2008 1:40 pm

jv_miguel Escreveu:parabéns flamingo muito bom e útil o seu trabalho

fiquei apenas com uma dúvida! para quem tenha um kit monotanque instalado se ligar as resistências em paralelo e depois ao aquecedor eléctrico, estas serão ligadas e desligadas cosoante este tenha ou não de actuar, não será um boa solução?

abraços
não me parece que seja uma boa solução, penso que até posso afirmar mesmo... segundo experiencias aqui de alguns users do forum, as resistencias dos tubos dos injetores, estão quase constantemente ligadas, dado haver pouca massa metálica e por consequencia pouca acumulação de calor. assim sendo as resistencias estão quase sempre ligadas.
ligar estas a funcionar com o aquecedor, na prática não teria bons resultados...

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por orbis » domingo mar 16, 2008 2:59 pm

não tem a ver com amassa metálica mas com a temperatura que é necessário atingir.

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » domingo mar 16, 2008 5:07 pm

orbis Escreveu:não tem a ver com amassa metálica mas com a temperatura que é necessário atingir.
discordo!
claro que tem a ver com a massa metálica! a temperatura é atingida, se não fosse, aumentava-se o valor de abertura do termocontacto. em lugar de um termocontacto de 135º, colocava-se um de 150º ou mais... a valor da temperatura é atingido só que não existe nada que o segure!
não existe nada nos tubos que acumule temperatura para depois ir restituindo a medida que seja necessário. por esse motivo, quando o termocontacto desliga, o arrefecimento da pouca massa metálica que existe (que são apenas os tubos) é quase istantãneo...

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por orbis » domingo mar 16, 2008 6:06 pm

discorda à vontade. não sei como te hei-de explicar senão fazia-o. mas acredita que estás errado. isso faz-me lembrar aquelas pessoas que acham que se tivessem radiadores de ferro fundido em vez de alumínio gastariam menos combustível no aquecimento central.


JV_MIGUEL
Membro
Membro
Mensagens: 22
Registado: quarta ago 15, 2007 7:38 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por JV_MIGUEL » domingo mar 16, 2008 11:06 pm

flamingo Escreveu:
jv_miguel Escreveu:parabéns flamingo muito bom e útil o seu trabalho

fiquei apenas com uma dúvida! para quem tenha um kit monotanque instalado se ligar as resistências em paralelo e depois ao aquecedor eléctrico, estas serão ligadas e desligadas cosoante este tenha ou não de actuar, não será um boa solução?

abraços
não me parece que seja uma boa solução, penso que até posso afirmar mesmo... segundo experiencias aqui de alguns users do forum, as resistencias dos tubos dos injetores, estão quase constantemente ligadas, dado haver pouca massa metálica e por consequencia pouca acumulação de calor. assim sendo as resistencias estão quase sempre ligadas.
ligar estas a funcionar com o aquecedor, na prática não teria bons resultados...
obrigado, fiquei esclarecido
Sócio 34 Assoc. Novaenergia
Punto TD / OVU
Abraços


DIAZ
Novo membro
Novo membro
Mensagens: 1
Registado: segunda mar 17, 2008 8:03 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por DIAZ » terça mar 18, 2008 3:55 pm

boas pessoal das fritadeiras!!!

antes de mais quero vos felicitar pelo grupo de discussão sobre ov, que se tem esforçado na procura de um sistema eficiente para transformar o motor.

foi aqui que á uns meses vi pela primeira vez a possibilidade de por a minha estimada mimosa (vw t3 diesel de 1981) a fritar batatas.

comecei com 15/85 e estava tudo bem, até aumentar aos 50/50. foi ai que começaram os problemas, custava a pegar e soluçava um pouco. passado uns dias de, teimosamente, andar com ela a 50/50 começa a escorrer uma substancia pelo motor que só depois de ir ao elevador deu para perceber que era ov. desde ai parei de usar óleo vegetal, por não saber bem se este danifica os retentores das bi.

depois de ler “quase” tudo o que têm aqui no blog, deu para perceber que a luta é aquecer o óleo vegetal de maneira que fique com a viscosidade apropriada. outra guerra são os materiais a utilizar.

eu quero ajudar porque o tema interessa-me bastante, vou ficar atento.

comprimentos para todos!

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » terça mar 18, 2008 7:29 pm

sobre o aquecimento de que fala, para que seja feito de forma correta e segura isso obdece a regras...
existem limites de temperaturas a atinjir nos diversos pontos do motor; filtro; bomba injetora; injetores...
se ainda não leu, comece por aqui:

http://novaenergia.net/forum/viewtopic.php?f=18&t=3201

depois vá seguindo a sua coriosidade e os pontos importantes a ler para a utilização do mesmo...
não tanto por mim mas pela malta aqui do forum, passe pelas apresentações e apresente-se aqui ao pessoal...
alguma duvida, procure o tópico que trata da mesma e coloque lá a pergunta, evite criar novos tópicos sem justificação...
pela parte que me toca, bem vindo aqui ao forum.
um abraço...

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » quarta mar 26, 2008 10:09 pm

tal como já li algures aqui pelo forum sobre o aquecimento dos tubos dos injetores de que esse aquecimento está quase sempre ligado, pela experiencia tida até à data,... ainda com poucos dias... venho confirmar o mesmo. de facto mal acaba de desligar o aquecimento, daí a uns breves segundos volta a ligar...
pelo conhecimento que disponho sobre a "coisa", penso que isso se deve a dois ou três motivos:

o primeiro é pelo facto de haver pouca massa metálica a acumular calor, o aquecimento que absorve, arrefece depressa...

o segundo, pela temperatura ser mais elevada. basta uma percentagem mesmo que mais reduzida de oscilação da mesma para que esta altere o estado do termocontacto.

por ultimo, eu acho que os valores de trabalho do dito termocontacto contam para isso. a exemplo, um termocontacto que abra aos 135º e volte a fechar aos 130º, terá uma influencia diferente no ligar das resistencias, de um termocontacto que abra aos 140º e feche aos mesmos 130º. no primeiro caso há uma margem de 5º (menos tempo desligado) no segundo uma margem de 10º (mais tempo desligado)

num caso que me está a suceder que é na altura em que o termocontacto está para abrir, há um tremer (grilar) da abertura deste, e por sequencia do relé e da corrente, estou convencido que um termocontacto menos sensivel resolveria o problema, mas ainda mais convencido estou de que o resolveria, se colocar outras peças de aluminio maiores por forma a que estas fiquem um pouco sobrepostas nas resistencias para receberem calor de forma mais facil, e também 1 ou 2 milimetros mais grossas para acumularem mais calor,... assim causariam certamente menos oscilações no termocontacto...

mas de referir também que até à data não tenho nada isolado, toda a turbolencia de ar que anda debaixo do capô lá vai fazendo os seus estragos...


Autor do tópico
visitante
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1639
Registado: sábado mai 13, 2006 7:57 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por visitante » quarta mar 26, 2008 10:32 pm

vivam ...

flamingo..dificilmente será possivel conseguir superiores periodos de inactividade das resistencias dos tubos de injecção sem que em contrapartida a combustão não seja afectada por a temperatura ideal do combustivel não se encontrar dentro dos parametros..

o tal intervalo de cerca de 3 a 5 segundos é mais que suficiente para uma boa manutenção das condições das resistencias..e o consumo destas acho que até nem é de relevante importancia..já que nunca tive problemas a nivel electrico (bateria incluida)..e o actual proprietario tambem não..em mais de 100.000 kms com o punto..e mesmo noutras viaturas tambem nunca ocorreram problemas directamente relacionados com as resistencias..de notar que aplico no total 7 resistencias ( em motores de quatro cilindros)..uma no filtro..duas na bi..e quatro nos tubos de injecção..

abraço
[***************]

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » quinta mar 27, 2008 11:53 pm

está escrito em diversos tópicos aqui do forum, que a temperatura ideal de funcionamento/combustão do ov é de 135º, temperatura essa trabalhada nos tubos de injeção.
alguém me sabe dizer se esse valor tem uma tolerancia, ou uma margem de trabalho (para mais ou para menos) que se considere satisfatória?
a haver salvaguarda em termos de qualidade de combustão, é preferivel aumentar ou diminuir esse valor?...
agradecia que alguém com conhecimento desse uma ajuda.
abraço...


Autor do tópico
visitante
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1639
Registado: sábado mai 13, 2006 7:57 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por visitante » sexta mar 28, 2008 9:10 am

vivam ....

flamingo..115º no combustivel á entrada dos injectores já é muito bom..com a elevação da pressão nos injectores juntar-se-ão mais alguns graus..

os 135º (+/- 10º) que tenho referenciado é o valor de temperatura a atingir nos tubos..o combustivel não atinge esse valor por efeito da dissipação provocada pelo fluxo..

abraço
[***************]

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » domingo mar 30, 2008 2:51 pm

um dos termocontactos que usei no aquecimento dos tubos de injeção não estava a dar conta do recado, e este impedia o desempenho do outro. depois de uma primeira analise das causas conclui ser um defeito de fabrico, mas ainda é cedo para tirar conclusões.
foram ambos substituidos por um outro de marca, forma e temperaturas diferentes.

Imagem
aqui se pode ver a foto dele, embora que pouco perceptivel pelo excesso de luz.
num primeiro teste com a carrinha parada resultou positivo, a ver vamos com ela a circular...
as alterações cá as irei colocando bem como os resultados...
um abraço...

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » domingo mar 30, 2008 7:27 pm

a julgar pela experiencia feita esta tarde em cerca de 60 kmts que fiz, parece-me que o problema do termocontacto ficou resolvido. estou convencido que era mesmo defeito de fabrico porque fiz experiencia aqui em casa com os dois que tinha instalado, e apenas um deles é que acusava aquela anomalia.
nos proximos dias continuarei as observações e as experiencias, se não voltar a falar deste assunto é porque nada mais houve a acrescentar...
(lamentavelmente não deu para editar a ultima mensagem, senão tinha-o feito...)
um abraço...


Njay
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1981
Registado: sábado nov 17, 2007 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Njay » terça abr 01, 2008 11:16 pm

todos os componentes são diferentes, mesmo os do mesmo "modelo". também se pode dar o caso desse termocontacto estar em perfeitas condições mas ter uma característica diferente que vai dar no grilar quando incluído nesses sistema. isto é só para dizer que podes não ter "realmente" resolvido o problema.
Copyright (c) Njay 2012-2015
Um dia o dinheiro será substituído por Conhecimento.
Aprilia RS125e
Troniquices.wordpress.com

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » terça abr 01, 2008 11:44 pm


o tempo o dirá. se não resolvi, quando voltar ao mesmo tomarei as providencias apropriadas à anomalia que na altura acusar...


Njay
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1981
Registado: sábado nov 17, 2007 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Njay » quarta abr 02, 2008 12:02 am

onde eu queria chegar, essencialmente, é que pode não funcionar da mesma forma se fosses montar uma outra unidade (num outro veículo, ou se tivesses que voltar a trocar os termocontactos).
Copyright (c) Njay 2012-2015
Um dia o dinheiro será substituído por Conhecimento.
Aprilia RS125e
Troniquices.wordpress.com

Avatar do Utilizador

Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 902
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: aquecimento dos tubos dos injectores

Mensagem por Flamingo » quarta abr 02, 2008 12:17 am

njay Escreveu:onde eu queria chegar, essencialmente, é que pode não funcionar da mesma forma se fosses montar uma outra unidade (num outro veículo, ou se tivesses que voltar a trocar os termocontactos).
se te deres ao trabalho de ver fotos minhas anteriores neste tópico, verás que eu tenho dois termocontactos iguais.
um deles venha com defeito!...

Responder

Voltar para “Óleo Vegetal Directo”