Página 1 de 1

Central eléctrica híbrida para uma Fazenda em Angola

Enviado: sábado jun 09, 2018 5:57 pm
por hynek
Um conceito de solução para explorações sem acesso à rede pública
Central híbrida para Fazenda em Angola.pdf
(735.92 KiB) Transferido 68 vezes

Re: Central eléctrica híbrida para uma Fazenda em Angola

Enviado: terça jun 19, 2018 5:10 pm
por serges
Muito interessante!

O investimento nesta solução rondará 133.000 USD e o custo de uma kWh
produzida/consumida será de 0,158 USD, menos de metade do custo actual. A fazenda
poupará anualmente 10.362 USD em gasóleo e terá ainda reserva de 5.172 kWh de
energia para consumir. Com maiores potências instaladas, desde que haja consumo para
energia produzida, as soluções tendem ser mais rentáveis.

Re: Central eléctrica híbrida para uma Fazenda em Angola

Enviado: terça ago 21, 2018 12:35 pm
por pedrosilva
Ainda se usa tantos geradores a gasóleo ! Para emergências em serviços críticos e em países com combustível barato e em locais remotos como uma fazenda em Angola ainda se compreende. Agora mesmo no meio da cidade em Lisboa é terceiro mundista! Durante o St António tinham geradores a diesel nalguns arraiais a conspurcar o (relativamente) bom ar da nossa cidade com fumos tóxicos!

Este estudo da fazenda podia ser melhorado com um estudo das cargas ao longo do dia. Eventualmente o solar podia ser sobredimensionado com campo virado a nascente e poente (18 kWp para substituir um gerador de 16kWh parece-me muito à pele) e usar o recurso hídrico como bateria. Ou seja com o excedente de produção solar pv bombear a água para montante da central hídrica aumentando o caudal no momento ou para um depósito. Sempre fica muito mais barato que 53 kWh de baterias que é um balúrdio.