ZERO S 2010/2011

Local indicado para dar o testemunho sobre o test drive num veículo eléctrico
Gearbest Banner



Responder

Autor do tópico
cuttysark76
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1326
Registado: quinta nov 27, 2008 10:57 am
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

ZERO S 2010/2011

Mensagem por cuttysark76 » quinta jun 25, 2015 12:04 pm

Olá a todos.
Uma vez que a minha scooter está a fazer uma manutenção, a ZEEV disponibilizou-me uma Zero S. Obrigado ZEEV :D
Facto, ando de mota com um sorriso estampado na cara.
Num dia apenas, fui abordado por mais curiosos do que com a minha Govecs em 5 ou 6 meses.
É primeira vez que faço um exercício destes, descrever um test-drive, pelo que, gostaria de ressalvar que sou um utilizador de mota comum, citadino, sem grandes paixões pela vertigem da velocidade. Sou um condutor cuidadoso e atento, bem como, mais ou menos cumpridor das regras de trânsito... Dito isto, perceberão que não conheço, nem vou conhecer os limites da ciclistica desta fabulosa moto.

É uma moto peculiar, homologada apenas para o condutor, como tal, entenderão que as maiores virtudes desta moto são também os seus maiores defeitos. É uma mota de macho solitário, não dá para seduzir ninguém numa viagem romântica pela serra de Sintra, mas certamente, dará um gozo tremendo descer aquelas estradas sinuosas neste cavalo. É uma mota tipo Easy Rider, espartana. A Mota, Eu e a Mochila. As irmãs mais novas e modernas, penso que já ultrapassaram isto e são mais razoáveis, nelas, já é permitido ao cowboy eléctrico do asfalto, levar companhia. Na realidade, é possível colocar um Top Case nesta Zero S, resolvendo de imediato os problemas de arrumação, comprometendo ou não, a estética irreverente da moto...
É uma naked num sentido lato da palavra. Não tem sítio para guardar um isqueiro. Mais, não tem sítio para guardar o cabo para alimentar o bicho.

A qualidade construção é irrepreensível, excepção feita aos espelhos que embora possam ter sido mal tratados por outros utilizadores, revelam-se soltos e de afinação impossível. Impressiona a estrutura robusta do quadro em alumínio e a qualidade do guiador. A ausência da manete esquerda causa alguma sensação de vazio, mas a existência do pedal do travão traseiro remete-nos para uma sensação de condução ainda mais competitiva!

Ao colocar a chave e ligar a ignição, a mota revela de imediato todos os auto-testes a decorrer, dispara uma ventoinha que, pelo forte sopro, deve ter dimensões consideráveis, o painel de instrumentos, luzes de presença e os médios acendem-se, uma série de combinações de luzes a piscar, um ou dois apitos e já está, a ventoinha pára, de novo, silêncio. Pronta a circular. Bem, mais ou menos. A mota tem o tradicional corta corrente no guiador que funciona em redundância com o descanso lateral, situação muito comum em motos de combustão interna e que está devidamente assinalada no painel de instrumentos da Zero.

Retira-se o descanso lateral, que curiosamente, é bastante curto e de aparência robusta, o que faz com que as pernas batam no pisa-pés da moto, sendo mais ou menos doloroso o primeiro contacto, mas de aprendizagem rápida. As origens do design desta moto, leva a que os pisa-pés da Zero S sejam de aço, proeminentes e dentados...

A posição de condução estará entre as tradicionais naked's e as Café Racers. Em relação ao nosso corpo, os pisa-pés estão colocados ligeiramente mais perto da roda traseira, aumentando a vertigem e a vontade de rodar o punho. Por falar em punho, está na hora de o rodar! Percebe-se que os engenheiros da Zero tiveram a preocupação de programar cuidadosamente o controlador Sevcon da moto, seja para poupar as baterias, seja para garantir que o condutor segue com a moto quando esta arranca, a verdade é que ao rodar o punho, a moto não aplica toda a sua potência no chão. É um arranque potente, semelhante ao de uma 125cc nervosa, mas as semelhanças ficam por aqui. A partir dos 15, 20kmh, o controlador entrega todos os electrões disponíveis ao motor e este reage como se de um parque de diversões se tratasse. Em poucos segundos atingem-se os 113kmh, que são segundo o fabricante, é o limite de velocidade electrónico. Sentimos-nos à vontade para acelerar, porque podemos contar com sistema de travagem bastante potente, visível no rotor de grandes dimensões que equipa a roda da frente.

O pack de baterias é generoso, com cerca de 4.4kw , 3,9 nesta versão, mas com o espírito de condução agressivo que esta mota incute, dificilmente conseguirei mais do que 50 ou 60Kms de autonomia, sensivelmente, 70% dos valores anunciados pelo fabricante. Esta autonomia é agravada pela sensibilidade do acelerador que, teima em provocar pequenos, mas divertidos coices, quando apenas queremos circular nuns respeitosos 50Kmh, como quem diz, vá, deixa-te de (#!?!%$#&$#) e acelera! O pack de baterias dispõe também, de uma série de leds que permitem saber o estado da carregamento, bem como, as diferentes fases do mesmo.

As suspensões da moto são fabulosas, absorvendo tudo e mais alguma coisa com uma precisão incrível, independentemente da velocidade. Circular em paralelepípedos ou não, é absolutamente indiferente.
A moto é leve e equilibrada. Extremamente ágil, o que a torna na parceira ideal para a cidade. A altura do assento é relativamente baixa, o que permite colocar no chão a totalidade de pelo menos um dos pés, ponto a meu favor, que tenho apenas 1,70m. A iluminação é forte e bem direccionada, provavelmente, a melhor que já experimentei numa moto.

Enfim, só elogios, mas infelizmente, para mim não dá... É um monolugar. Não tenho argumentos para a minha mulher para poder ter uma moto de utilização única e exclusivamente, minha! Agora... Quem me dera!
Govecs Go S1.4 2014 - 2500 Kms
Vectrix VX-1 30A NIMH 2011, Vectrix VX-1 30A LIPO 2014,Vectrix VX-1 70A LIPO 2010 -24000 Kms
Brammo Empulse 2015 - 0 KMS
26500 Kms 100% Eléctricos


GoogleAds
Membro
Membro
Mensagens: 99999+
Registado: sabado jan 01, 2000 00:01 am
Estado:Ligado


Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5442
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: ZERO S 2010/2011

Mensagem por Emanuel Couto » quinta jun 25, 2015 1:18 pm

Bom test Drive... parabéns ;)
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 923
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: ZERO S 2010/2011

Mensagem por zeuz » quinta jun 25, 2015 1:38 pm

Boa descrição e ainda melhor escrita!
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )


Autor do tópico
cuttysark76
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1326
Registado: quinta nov 27, 2008 10:57 am
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: ZERO S 2010/2011

Mensagem por cuttysark76 » quinta jun 25, 2015 2:17 pm

Obrigado pelas correções! Sugiro que tentem alugar ou testar uma! É bom ser uma criança outra vez!
Govecs Go S1.4 2014 - 2500 Kms
Vectrix VX-1 30A NIMH 2011, Vectrix VX-1 30A LIPO 2014,Vectrix VX-1 70A LIPO 2010 -24000 Kms
Brammo Empulse 2015 - 0 KMS
26500 Kms 100% Eléctricos

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 14577
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: ZERO S 2010/2011

Mensagem por serges » sábado jun 27, 2015 11:57 pm

Parabéns pelo test drive...

Gostei muito e creio que vai haver alguém que vai falar sobre isso...

Tens de experimentar uma vectrix... As 3 versões. A Nimh, a Li e as modificadas para dares uma ideia isenta...

Parabéns mais uma vez...
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga


Autor do tópico
cuttysark76
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1326
Registado: quinta nov 27, 2008 10:57 am
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: ZERO S 2010/2011

Mensagem por cuttysark76 » domingo jun 28, 2015 11:17 pm

Obrigado![WHITE SMILING FACE]️
Govecs Go S1.4 2014 - 2500 Kms
Vectrix VX-1 30A NIMH 2011, Vectrix VX-1 30A LIPO 2014,Vectrix VX-1 70A LIPO 2010 -24000 Kms
Brammo Empulse 2015 - 0 KMS
26500 Kms 100% Eléctricos

Responder

Voltar para “Test Drive”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes