Não é um DB, é uma história

Local ideal para diário de bordo das bicicletas com motor auxiliar eléctrico
Gearbest Banner



Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » sábado jul 23, 2016 11:26 am

Isto não é um DB é apenas um resumo da minha história com a minha bicla elétrica.
Há muito tempo que pensava que haveria um meio de me deslocar para o trabalho sem ser de carro.
Fui de bicicleta normal uma vez para experimentar mas as subidas fizeram com que chegasse todo transpirado.
Pensei que o ideal seria uma bicicleta elétrica, mas os preços não eram convidativos.
Um dia a consultar o OLX contatei que havia bicicletas a preços muito convidativos, decidi experimentar algumas.
Com 120kg de peso não é qualquer bicicleta elétrica que pode comigo.
Contatei vários vendedores no sentido de experimentar a bicicleta antes de comprar.
As 2 primeiras que experimentei claramente eram para meninas, não aguentavam o meu peso.
À terceira é de vez, experimentei, aguentou bem, o vendedor disse-me que a bicicleta tinha um motor de 350W apesar de dizer que tinha motor de 250W, que é o máximo legal.
Lá comprei a chinesinha sem marca por 300€. Como já referi, com motor ilegal, e com acelerador de mão, também ilegal (segundo a legislação europeia o motor tem de ser acionado pelo movimento dos pedais).

Comecei a utilizar mas a Av. Marechal António Spínola assusta (utilizava à vinda).
Comprei um colete de alta visibilidade para ver se não levava com um carro em cima.
A minha estratégia era conduzir fora da via, e no túnel, conduzir o mais à direita possível e pedalar o mais rápido possível... ainda assim ainda ouvi alguns pneus a chiar...
Felizmente encontrei alternativa, só usei este percurso alguns meses.
O ponto mais assustador seguinte era a Av. Carlos Pinhão (utilizava à ida).
Sempre que conduzia do lado direito da via levava razias.
O mais seguro é conduzir do lado esquerdo da via, assim os carros têm de mudar de via para ultrapassar e evitam-se as razias.
Felizmente também deixei de usar esta avenida na mesma altura que deixei de usar a anterior.
Utilizo uma ponte no Jardim da Bela Vista que foi oferta do Rock in Rio à cidade de Lisboa.

Em ruas de velocidade reduzida utilizo sempre o meio da via para evitar razias.
Apesar de haver condutores que me buzinam para eu me desviar.
Buzinar para quê se dali a poucos metros têm de parar num semáforo?

Logo nas primeiras utilizações queimei o fusível das baterias.
O vendedor pôs-me um mais potente.
Como o fusível não queimava, o plástico da caixa de baterias, à volta da caixa do fusível, começou a derreter.
Acabei por eliminar o fusível.

O vendedor avisou-me que o carregador não parava e que tinha de estar de olho nos carregamentos para não danificar as baterias.
Mas eu sou distraído demais acabei por as ir estragando com algumas distrações. Comecei com uma autonomia de 20 e poucos quilómetros e acabei com menos de 7 em 2023 quilómetros de utilização. Tive de as trocar, contatei o vendedor, ele disse-me que havia umas melhores um pouco mais caras, optei por essas.
Fiquei com autonomia de 27km.

Paralelamente, ao fim de poucos quilómetros, comecei a ter uma folga no eixo pedaleiro. Inicialmente pensei que tinha sido só um problema das tampas estarem mal apertadas. Mas o problema mantinha-se apesar de ir apertando. Pensei que, como andei um pouco com folga, teria estragado as esferas.
Até que um dia saltou uma das tampas e perdi as esferas desse lado.
Ainda andei a ver se encontrava um eixo pedaleiro inteiriço que já trás rolamentos estanques mas não encontrava com a medida certa.
Acabei por a levar a reparar, conclusão do mecânico: as tampas tinham uma medida ligeiramente inferior pelo que acabavam sempre por soltar-se e acabaram por moer a rosca.
Solução: refazer a rosca e por uma tampa à medida da nova rosca.
Ficou ótimo nunca mais tive problemas com o eixo pedaleiro.

Paralelamente, ao fim de poucos quilómetros, dei conta que a roda traseira estava um pouco empenada. Ao analisar vi que tinha uns poucos raios partidos.
Comprei uns raios com o mesmo diâmetro, a mesma rosca mas eram um bocadinho mais curtos, ainda assim tinham o comprimentos suficiente para ficarem convenientemente apertados.
Mas o senhor da loja avisou-me "esta medida já não se fabrica".
O mecânico da loja disse-me que era comum em bicicletas elétricas devido à força que o motor faz nos raios.
A minha perceção é diferente, a minha bicicleta tem travão de trás de cubo, e é a força das travagens que parte os raios!
Fui substituindo enquanto havia, neste momento já não há, meti um raio do mesmo comprimento mas de diâmetro maior, mas não consigo desempenar a roda.
Provavelmente tenho de substituir todos os raios para ficar com a roda impecável.
É na fase em que estou agora.

Quando comecei a andar tinha o meu filho pequeno que era levado para o infantário pela mãe.
Entretanto nasceu a minha filha e, paralelamente, a minha mulher deixou de os poder levar para o infantário.
Então comprei um atrelado de transporte de crianças.
Na primeira viagem correu lindamente, deixei o atrelado no infantário.
Quando cheguei ao fim do dia ao infantário disseram-me que não podia deixar o atrelado dentro do infantário porque ocupava muito espaço, é mais largo que um carrinho de bebé pois as crianças vão sentadas uma ao lado da outra.
No segundo dia deixei o atrelado no infantário mas do lado de fora. Quando cheguei ao fim do dia o atrelado emanava calor de ter estado todo o dia ao sol, apesar de estar de baixo dum pequeno telheiro.
A partir daí passei a deixar os miúdos e levar o atrelado comigo para o trabalho. No trabalho há estacionamento coberto.
O fato de andar com o atrelado, apesar de vazio, fez-me constatar que:
fazem-me menos razias. Como o atrelado é largo, desviam-se para fugir ao atrelado, logo passam mais longe de mim.
não consigo passar no meio das filas de transito. Causa menos antipatia por parte dos condutores, já não há sensação, por parte deles, de "Olha este esperto a meter-se à minha frente para depois me empatar".
já não levo buzinadelas por ir no meio da via. Os condutores vêm que mesmo que fosse muito à direita não conseguiriam ultrapassar.
Neste momento já não uso o atrelado pois os miúdos já ultrapassaram o peso máximo admitido pelo atrelado.

Um vídeo da única queda que tive (aselhice minha que travei com o travão da frente num sitio que tinha areia):

Link
Última edição por pemifer em segunda set 12, 2016 10:51 am, editado 2 vezes no total.


GoogleAds
Membro
Membro
Mensagens: 99999+
Registado: sabado jan 01, 2000 00:01 am
Estado:Ligado


Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » sábado jul 23, 2016 11:28 am

Ah!
Lembrei-me de outra: ao fim de uns meses o selim estragou-se.
Substitui por um selim Tabor, aqueles das bicicletas pasteleiras.
Muito confortável, recomendo!

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5428
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por Emanuel Couto » sábado jul 23, 2016 1:39 pm

E que história... :)

Obrigado pela partilha.
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » domingo set 11, 2016 2:08 pm

A necessidade aguça o engenho, estou desde o inicio da Agosto sem carro, e depois de mais de um ano parada decidi tentar eu afinar a roda.
Estava toda empenada devido à má afinação dos raios.
Afinal foi mais simples do que parecia à primeira vista.
O meu maior obstáculo mental era ter sitio onde por a bicicleta com a roda no ar.
É tão estupido quanto isto... depois de olhar um bocadinho para a bicicleta e para o que tinha disponível descobri que posso por a bicicleta em cima da bateria da mesma...
E lá afinei os raios com base nisto

Link
Como não sabia bem a carga que tinha na bateria andei um pouco com ela até esgotar a carga, fiz 7 kms até sentir que já não tinha potencia para me ajudar, fiz 10kms no total.
Segunda lá irei para o trabalho no meu VE... :D


alexjp4
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1233
Registado: terça jun 05, 2007 3:16 pm
Localização: cartaxo
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por alexjp4 » domingo set 11, 2016 7:27 pm

Segunda lá irei para o trabalho no meu VE... :D[/quote]

O mais seguro é levares o reboque das crianças mesmo vazio :lol:
Quando é que começa a andar no Nissan?
Boa viagem

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » domingo set 11, 2016 10:44 pm

Vou levar o reboque com o meu filho pois ele começou a andar numa escola perto do meu trabalho.
O reboque com os 2 é só uns 600 metros, mas tem logo uma subida para aquecer!!!

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 14418
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por serges » segunda set 12, 2016 12:22 pm

Muito obrigado por esta fantástica história...

Estas odisseias e peripécias é que nos lebam a partilhar e a precaver quem venha a seguir decerto vai poder antecipar estas e outras situações...

Parabens e já agora no nissan que adquiriu!
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » sexta set 23, 2016 5:57 pm

Hoje, pela segunda vez esta semana, estando parado no semáforo vermelho, atrás dos carros que já lá estavam parados, no meio da via, sou ultrapassado pela direita por um carro que teve de parar pois o semáforo estava vermelho como referi...

Olhei para o senhor e disse "A sério?", ele não ligou a mínima...

Desmontei da bicicleta e ...

fiz-lhe uma vénia para que passasse à vontade ;)

depois de sua excelência ter passado, montei e segui caminho atrás dele, deixa ver... deve ter chegado uns 10 segundos antes de mim... acho que levava um coração para ser transplantado e graças a esta ultrapassagem salvou uma vida!!

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 912
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por zeuz » sexta set 23, 2016 11:07 pm

:lol: :lol: :lol:

Eu esta semana contornei os carros parados no semáforo de frente para o LNEC , vindo do mercado de Alvalade, ficando atrás do primeiro carro parado no semáforo.
O condutor do carro atrás de mim, um Ibiza diesel, começou a dar umas acelaradelas... não deve ter gostado de o ter passado na fila... :roll:
O sinal abre e avanço praticamente em frente para tomar a faixa da direita, a descer, já para evitar confrontos com o tal condutor...
Ele arranca rápido, para tomar a faixa de fora, mas o carro da frente fez o mesmo... claro que teve que travar enquanto o outro condutor encostava na faixa da direita... :roll:
O semáforo seguinte estava vermelho, por isso mais uma vez acabei por ficar à frente deles... mas desta vez decidi diferente! :mrgreen:
O sinal abre, eu tranco punho e ele dá-lhe gás!
Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, grita a catalã, e claro está que ficou para trás uns bons metros! :D
Deixo de acelerar e preparo-me para parar no semáforo... passa ele, a mais de 80km/h, de peito feito, e só depois de passar o sinal vermelho é que repara! :lol: :lol: :lol:
Faz uma travagem a fundo, todos os pneus a chiar, e pára à justa no semáforo imediatamente a seguir... claro que todos os transeuntes ficaram a olhar! :lol: :lol: :lol:

A sorte dele é que o semáforo que passou era para trânsito que vinha da esquerda, de dentro do bairro de Alvalade, porque se fosse o seguinte, para trânsito que vem da direita, da 2° circular..... :roll:

Daí em diante foi bem mais calmo... :mrgreen:
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » domingo set 25, 2016 8:42 pm

Apesar de ir de bicicleta não é meu costume ultrapassar quem está parado no semáforo.
Como ando muitas vezes com o atrelado, mesmo quando vou sem ele faço igual.
Agora estar parado no semáforo, no meu lugar da fila, no meio da via e um fulano aproveitar o espaço à direita fora da via para se por ao meu lado...
Acho que vou passar a atravessar-me completamente na via com o atrelado, talvez assim respeitem...

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » segunda set 26, 2016 2:42 pm

Mais uma para se rirem um bocadinho...
Na sexta-feira detetei que os pneus do atrelado têm a lona rebentada, um deles com um bocado da camara dar já a sair.
Ui! Deixa procurar pneus... procurei na sexta, procurei no fim de semana na net... não posso fazer muitos mais quilómetros assim...
Hoje fui a uma loja de bicicletas em Alvalade:
"Quer pneus amarelos ou pretos?"
"Quero pretos!"
"Os pretos são estes de cross!"
"E os amarelos?"
"São estes de estrada"
Eheheheheh!!
O meu atrelado vai ter pneus amaréis...
Eheheheheh!!

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5428
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por Emanuel Couto » segunda set 26, 2016 2:50 pm

Vai ficar fixe... :)
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 912
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por zeuz » terça set 27, 2016 2:16 am

pemifer Escreveu:Apesar de ir de bicicleta não é meu costume ultrapassar quem está parado no semáforo.
Como ando muitas vezes com o atrelado, mesmo quando vou sem ele faço igual.
Agora estar parado no semáforo, no meu lugar da fila, no meio da via e um fulano aproveitar o espaço à direita fora da via para se por ao meu lado...
Acho que vou passar a atravessar-me completamente na via com o atrelado, talvez assim respeitem...
Aconselho-te a parar ao lado de um carro... não serias o primeiro a ficar ensanduichado entre dois carros, porque o que vinha falhou a travagem...
Última edição por zeuz em terça set 27, 2016 2:16 am, editado 1 vez no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » terça set 27, 2016 9:27 am

Já substitui os pneus :lol: :lol: :lol:

Estavam assim:

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Ficaram assim:

Imagem

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 912
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por zeuz » terça set 27, 2016 11:49 am

Bué fixe!

Sent from my X5 using Tapatalk
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » quinta set 29, 2016 10:11 am

Para continuar o enguiço, depois do ICE no estaleiro desde o inicio de Agosto, o VE na garagem sem matricula desde o inicio de Agosto, agora o atrelado com uma roda danificada...

Imagem2016-09-29_09-46-04 by Pedro Fernandes, on Flickr

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » terça out 04, 2016 3:37 pm

A roda que se estragou no meu atrelado de bicicleta não é standard.
O cubo é mais estreito do que o de uma roda normal de bicicleta.
Resta-me contatar o vendedor para ver se ainda têm rodas para este atrelado.
Imagem2016-10-01_01-49-33 by Pedro Fernandes, on Flickr


Erbium
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 197
Registado: domingo set 09, 2007 7:59 pm
Localização: Margem sul
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por Erbium » terça out 04, 2016 4:57 pm

pemifer Escreveu:A roda que se estragou no meu atrelado de bicicleta não é standard.
O cubo é mais estreito do que o de uma roda normal de bicicleta.
Resta-me contatar o vendedor para ver se ainda têm rodas para este atrelado.
Imagem2016-10-01_01-49-33 by Pedro Fernandes, on Flickr
Consegues dar a medida e o número de raios? Pode ser que se arranje qq coisa...

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
pemifer
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 355
Registado: sexta fev 12, 2016 2:57 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por pemifer » terça out 04, 2016 5:36 pm

O cubo está danificado e o aro é uma porcaria, já o recebi em novo empenado.
O que pretendo será a roda completa, aro, raios e cubo.
Mais logo já ponho aqui as medidas.


dahpower
Membro
Membro
Mensagens: 11
Registado: quarta nov 02, 2016 10:55 am
Estado: Desligado

Re: Não é um DB, é uma história

Mensagem por dahpower » quinta nov 03, 2016 9:31 am

Bom dia.
Obrigado pela partilha.
Podes revelar onde conseguiste a bicicleta a esse preço e de que tipo é?
Eu tenho uma btwin original 700 (roda 28"), que vou vender por ser grande de mais para o meu elevador (mesmo sem roda da frente) e porque gostava de ter uma com acelerador, esta só faz "pedal assist".

Responder

Voltar para “e-bike”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: coolramin e 1 visitante