Durabilidade serpentina termoacumulador

Gearbest Banner



Responder

Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 602
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por Quintas2 » segunda jun 04, 2018 11:55 am

Ainda há dias a perguntar sobre os ânodos do meu termoacumulador e eis que se furou a serpentina, com 18 anos. Segundo me dizem, foi muito bom. Eu só me lembro de dois Efacec elétricos de casa dos meus pais, que já faleceram, mas o último termo ainda lá está, com mais de 30 anos.

Experiências sobre marcas e durabilidades, há por aí?

Opiniões para a substituição, serpentina em aço inox ou em cobre?

Obrigado.
Cumprimentos,
Quintas2


GoogleAds
Membro
Membro
Mensagens: 99999+
Registado: sabado jan 01, 2000 00:01 am
Estado:Ligado



ramboiavzl
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 30
Registado: segunda jun 05, 2017 7:00 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por ramboiavzl » segunda jun 04, 2018 1:19 pm

Tinha uma termo acumulador da roca que me durou 20, recentemente tive que mudar pois estava completamente podre o termoacumulador.Ainda está aqui em casa os restos mortais. E a serpentina aparentemente ainda não estava furada.


CrOhN
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1676
Registado: quarta jun 24, 2009 2:30 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por CrOhN » terça jun 05, 2018 9:13 am

Uma coisa que sempre me fez confusão foram as serpentinas de Inox. Comparado com o cobre, o Inox tem uma conductividade térmica muito mais baixa. Logo, partindo do principio que a dimensão do permutador é igual, o cobre será sempre um melhor material para usar.


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 602
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por Quintas2 » quarta jun 06, 2018 8:06 am

Obrigado pelas opiniões.

O meu atual é em inox e, ao que parece, durou muito.

A decisão está entre manter a marca, italiana, em inox, ou um Videira, nacional, em cobre. Os preços são similares e eu queria experimentar o Videira, até por ser em cobre e nacional. O problema é o mesmo de sempre com as empresas portuguesas. O site é uma miséria, explica mal os produtos, não tem especificações, tem descrições trocadas, etc.. A informação pedida diretamente tarda em chegar, enquanto que a informação do outro me foi prontamente enviada. A ver vamos.
Cumprimentos,
Quintas2


ramboiavzl
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 30
Registado: segunda jun 05, 2017 7:00 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por ramboiavzl » quinta jun 07, 2018 4:09 pm

Quintas2, pessoalmente troquei para um da Videira.Foi-me aconselhado em termos qualidade/custo. Tenho o modelo Optimum E-renov2 GE SOLAR VS de 200l e até agora só tenho a dizer bem.Curiosamente o meu é todo em Inox desde cuba a permutadores.Mas nas informações por exemplo no caso do meu, considerando uma temperada de entrada secundário de 10ºC e uma temperatura de entrada do circuito primário a 85º com 0.77 m2 de aréa de permutador, transfere 21 kwh nessas condições,acho que é mais que suficiente pelo menos para mim.

Avatar do Utilizador

visitante1
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 3211
Registado: sexta jan 07, 2011 12:08 am
Localização: Região norte
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por visitante1 » quinta jun 07, 2018 11:18 pm

Tenho um de 200L aço inox 316 quase novo, tem 2 serpentinas
Na altura comprei 2 agora cheguei a conclusão que so preciso de 1. Vou ter que me desfazer do outro.
VE Nissan Leaf
MP-FV 5040wp+4070wp
Microhidrica max: 1.5Kw
9.5Kwp Stand-Alone
AQS 40 Tubos De Vácuo
AQC+AQS Biomassa Roval R203 73kW retorno pré-aquecido
Fluksometer V3 online
Emoncms
PVOutput


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 602
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por Quintas2 » sexta jun 08, 2018 9:04 pm

ramboiavzl Escreveu:
quinta jun 07, 2018 4:09 pm
Quintas2, pessoalmente troquei para um da Videira.Foi-me aconselhado em termos qualidade/custo. Tenho o modelo Optimum E-renov2 GE SOLAR VS de 200l e até agora só tenho a dizer bem.Curiosamente o meu é todo em Inox desde cuba a permutadores.Mas nas informações por exemplo no caso do meu, considerando uma temperada de entrada secundário de 10ºC e uma temperatura de entrada do circuito primário a 85º com 0.77 m2 de aréa de permutador, transfere 21 kwh nessas condições,acho que é mais que suficiente pelo menos para mim.
Obrigado pelo feedback.
Encomendei Videira, cuba e serpentina em cobre, 200l Alta Pressão, 1 serpentina E-Renov-1, mas tem uma potência de permuta de 33kW. É um pouco menos do que o meu atual, mas deve dar bem. Não sei se a potência de permuta superior ao teu será apenas por ser em cobre (tal como dizia o CrOhn) ou se a área do permutador é diferente, mas não me enviaram esse dado.
visitante1 Escreveu:
quinta jun 07, 2018 11:18 pm
Tenho um de 200L aço inox 316 quase novo, tem 2 serpentinas
Na altura comprei 2 agora cheguei a conclusão que so preciso de 1. Vou ter que me desfazer do outro.
Obrigado visitante1, mas pedi esta tarde ao instalador que me encomendasse o Videira em cobre. Já vem tarde, mas também estava inclinado para experimentar o de cobre pois todos me dizem que é mais durável e que pode durar 20 anos. Aparentemente, o que tenho agora em aço durou mais do que deveria, e não estou com vontade para ter de trocar outra vez daqui a 10 anos. Espero que venha a comprovar as boas referências que tive do Videira.
Cumprimentos,
Quintas2


ramboiavzl
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 30
Registado: segunda jun 05, 2017 7:00 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por ramboiavzl » sábado jun 09, 2018 6:32 pm

É uma questão de veres nas specs do termoacumulador


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 602
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por Quintas2 » segunda jun 11, 2018 11:50 am

As specs que me enviaram, tiradas a ferros pois não estão disponíveis no site, só indicam a potência de permuta, não a área ou capacidade do permutador. Alías, só optei por Videira porque quero ver se o de cobre dura mais e se as boas referências da marca se cumprem. Tudo o resto funciona mal, até parece que não querem vender, e ainda vou esperar até 3 semanas para entregarem o aparelho. Se a minha serpentina passa entretanto de uma pequena fuga para um grande rombo, estou tramado.
Cumprimentos,
Quintas2

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 14214
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por serges » quarta jun 20, 2018 12:58 pm

visitante1 Escreveu:
quinta jun 07, 2018 11:18 pm
Tenho um de 200L aço inox 316 quase novo, tem 2 serpentinas
Na altura comprei 2 agora cheguei a conclusão que so preciso de 1. Vou ter que me desfazer do outro.
Um pouco off topic por curiosidade quanto custou?
Obrigado e boa sorte Quintas2!
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga

Avatar do Utilizador

visitante1
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 3211
Registado: sexta jan 07, 2011 12:08 am
Localização: Região norte
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por visitante1 » quinta jun 21, 2018 8:05 am

Não chegou a 600 se não estou em erro
VE Nissan Leaf
MP-FV 5040wp+4070wp
Microhidrica max: 1.5Kw
9.5Kwp Stand-Alone
AQS 40 Tubos De Vácuo
AQC+AQS Biomassa Roval R203 73kW retorno pré-aquecido
Fluksometer V3 online
Emoncms
PVOutput


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 602
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por Quintas2 » quarta jul 11, 2018 9:39 am

Finalmente - afinal demorou 1 mês, foi entregue e instalado o termoacumulador Videira.

Primeira impressão, a temperatura desce menos de um dia para o dia seguinte, o que é natural, tendo em conta as exigências atuais da legislação da UE.

A etiqueta energética indica perdas permanentes equivalentes a 82W, significando isto que, para manter aquele volume de água a 65ºC e temperatura ambiente = 20ºC é preciso gastar 82W por hora.

Já agora, partilho outra informação que aprendi neste processo:

1) As perdas máxima admitidas pelo Regulamento https://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/Le ... 183:PT:PDF para termoacumuladores, desde 26setembro2017, são dadas por:
"2. REQUISITOS DE CONCEÇÃO ECOLÓGICA APLICÁVEIS AOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA QUENTE
2.1. Requisito de perdas permanentes de energia
A partir de 26 de setembro de 2017, as perdas permanentes de energia S dos reservatórios de água quente com um volume útil V expresso em litros não devem exceder:
16,66 + 8,33 x V(elevado a 0,4) Watts"

Para o meu V útil de 195 litros, o máximo seria 85,3W.

2) Penso que, devido às perdas permanentes (água quente armazenada a perder energia) os termoacumuladores elétricos são dos processos menos eficientes para aquecer água, do ponto de vista energético: atingem a classe B, no máximo; isto para termoacumuladores inteligentes (o Regulamento define quais os que podem ser classificados como inteligentes - ""Controlo inteligente": um dispositivo que adapta automaticamente o processo de aquecimento de água às condições concretas de utilização, com o objetivo de reduzir o consumo de energia"). O meu é classe C.

3) Para adaptar o novo termo às ligações que já existiam em cobre, rígidas e soldadas, uma vez que cada depósito/marca tem as suas medidas, pedi que fossem acrescentadas ligações flexíveis em tubo inox (Hidraflex), tudo bem isolado. Assim, de futuro, se for necessário mudar o termo, bastará mudar esses pequenos troços de Hidraflex, e isso apenas se as dimensões (posição das entradas e saídas de AQS e da serpentina) do novo depósito forem muito diferentes.

4) Os depósitos em cobre (cuba e serpentina) são mais caros, mas dispensam o ânodo de sacrifício.

5) Eu não tenho e penso que não se justifica, mas para quem instala bomba recirculadora, em vez do tradicional relógio a acionar essa bomba às horas de prevista utilização de água quente, é preferível colocar um interruptor direto para ligar a bomba na cozinha/WC's ou, mais sofisticado, um comando remoto sem fios que faz a bomba ligar sempre que se precisa de água quente e, assim, em vez de o relógio ligar a bomba a horas determinadas, mesmo sem necessidade de água quente, ela só liga quando se precisa de água quente.

6) O novo termo, em vez de resistência por imersão, tem resistência elétrica numa bainha, sem contacto com a água, o que, à partida, garante maior longevidade da mesma.
Cumprimentos,
Quintas2

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 14214
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Durabilidade serpentina termoacumulador

Mensagem por serges » quarta jul 11, 2018 12:19 pm

Muito bem, agora é testar e testar e ver o seu rendimento...
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga

Responder

Voltar para “Biomassa - (biocombustiveis liquidos. biomassa sólida e biogás)”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante