Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Local para debater assuntos relacionados com veículos à Hidrogénio.
Gearbest Banner



Responder
Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 901
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Flamingo » quarta jun 18, 2008 12:51 am

boas...
depois de alguns dias de ausência forçada por uma avaria informática, regressei, e num dos foruns onde participo encontrei isto:

http://ladaniva4x4.net/modules/newbb/vi ... umpost3658

claro que a coriosidade levou-me a fazer algumas pesquisas, e... na sequência delas encontrei mais isto:

http://www.systranlinks.com/trans?systr ... .htm#intro

isto já é por aqui conhecido? já alguém fez algo do género? comentários...
sei que há aqui no forum quem defenda com positividade a água na combustão dos motores, talvez isto ajude...
ainda não me debrucei bem sobre o assunto porque agora tenho comptador todo "desarrumado", e também já é tarde. mas isto vai prenderme um bocado nos próximos dias...
(caso a moderação entenda que este não seja o lugar ideal para o tema, é favor mover para lugar mais apropriado...)


GoogleAds
Membro
Membro
Mensagens: 99999+
Registado: sabado jan 01, 2000 00:01 am
Estado:Ligado


Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » sexta jun 20, 2008 12:13 am

viva flamingo.
este tema tem sido já aqui abordado, infelizmente, sempre de uma maneira comercial, com users a tentar mostrar as propriedades milagrosas destes dispositivos.

estes dispositivos dissociam a agua nos seus elementos constituintes.
o ganho energético directo é sempre inferior à unidade.
a imagem que passa é que um gerador destes serve para substiuir o combustivel utilizado no veículo, o que não é verdade, antes serve para optimizar a queima e aproveitar melhor a energia do combustivel normal do motor.
assim, a sua eficiência é maior nos motores mais antigos e gastadores.
existem vendedores que reclamam poupança de 50% no combustivel ou dobram a distancia percorrida, mas há outros que são bem mais modestos e estes sim merecem mais a minha credibilidade.
ficam dois links em inglês que me parecem estar muito perto da verdade.
quanto ao electrolizador não é nada complicado de fazer.
existem na net electrolizadores feitos com frascos da compota que não servem para nada.

este link, embora o electrolizador não tenha utilidade, explica como esta mistura poupa combustivel.
http://hho4fuel.co.za/information.htm

outro em que explica a evolução de um frasco de compota até um aparelho realmente funcional, estes frascos todos podem ser reduzidos a uma unidade muito mais pequena e com maior eficiencia.
http://flapdoodle.250free.com/hho_generator.html

mais um site com graficos e que me parece o mais realista.
http://www.hydrogen-boost.com/september%202007.html

tenho um maçarico oxidrico para soldadura que produz 160 a 200l/ hora deste gaz só que precisa de cerca de 50v e 10a e não dá para instalar num carro senão já tinha feito umas experiências.
estou a pensar fazer um para 12v para testes mas o tempo tem sido meu inimigo numero um.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 901
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Flamingo » sábado jun 21, 2008 12:42 am

eu também ainda não tive hipotese de estudar devidamente os links que coloquei, como tal... e sem estudar os textos dos links... há uma pergunta que eu coloco a quem saiba responder: o hidrogénio é produzido apenas atravéz do aquecimento dos eletrodos na água, ou a água leva mais algum produto misturado para que dela possa sair o hidrogénio???...

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » sábado jun 21, 2008 5:21 pm

viva flamingo.
no processo de decomposição da água via electrólise o hidrogénio aparece no estado livre no cátodo, ou seja no eléctrodo que está ligado ao pólo negativo da fonte de energia eléctrica.
por sua vez no ânodo aparece o outro elemento que é o oxigénio.
isto não acontece por aquecimento dos eléctrodos. para que aconteça a agua tem que ter em dissolução um composto solúvel e que forme uma solução iónica.
são exemplos de composto iónicos os formados por um metal e um não-metal, como o vulgar sal de cozinha, carbonato de sódio, bicarbonato de sódio etc.
quase todos os sais de metais alcalinos são solúveis em água. os metais alcalinos são o lítio, sódio, potássio, rubídio, césio e frâncio. os mais abundantes e por isso mais baratos são o sódio e o potássio.
o melhor composto para juntar na agua para electrólise é o hidróxido de potássio seguido do hidróxido de sódio, nos hidróxidos o metal está ligado ao um grupo hidroxilo cuja fórmula química é oh, assim temos hidróxido de sódio naoh e hidróxido de potássio koh que são a soda e potassa usados como catalizador no processo de transesterificação para obter o biodiesel.
quando se dissolve, por exemplo, hidróxido de sódio em água passamos a ter uma solução condutora onde existem iões positivos e negativos consoante a sua carga eléctrica. ao ser aplicada uma tensão entre os eléctrodos imersos na solução, o eléctrodo positivo irá atrair os iões negativos e o negativo irá atrair os iões positivos.
o ião sódio n+ quando chega ao cátodo recebe um electrão e fica no estado livre passando deste modo a ser um metal, mas a sua sorte é nula porque uma vez que "nasceu" dentro de agua irá reagir de imediato com esta, h2o, formando novamente o composto naoh e libertando hidrogénio, a agua perde um átomo de hidrogénio e o que resta, o grupo hidroxilo oh fica ligado com o sódio, formando novamente soda caustica que fica dissolvida na agua. o que se vê é apenas o aparecimento de umas bolhas na superfície do eléctrodo. no eléctrodo positivo dois grupos oh ao ficarem no estado livre recombinam-se em h2o e libertam oxigénio, nada mais simples.


catman
Membro
Membro
Mensagens: 13
Registado: sábado mai 24, 2008 11:27 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por catman » terça jun 24, 2008 11:26 pm

bem depois de ler isto fiquei com o bichinho atras da orelha e la me decidi a experimentar.
ja tinha visto sistemas de injecção de agua nos colectores de admissão, mas com dois propositos bem defenidos, arrefecimento da camara de combustão e aproveitamento da expansão da agua do estado liquido ao gasoso de modo a aumentar a potencia.

agora neste e aproveitado o gas hho o que me parece mais seguro para motores "diarios" e algo cansados. em todos os sites que vi eles falam/mostram sempre num electrolizador mas pelas palavras do red baron são unidades sem eficiencia. alguem tem sugestoes de como melhorar.
em relação aos quimicos mais alguma sugestão ( soda caustica e potassa estão fora dos meus planos).

obrigado a todos.

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » quarta jun 25, 2008 12:42 am

viva catman.
esta questão dos geradores de hho, tal como outros dispositivos que dão muito dinheiro a ganhar aos oportunistas, tem sido denegrida por aparecerem aparelhos destes que não cumprem o mínimo dos requisitos e que é conseguirem fornecer no mínimo 4% de hho do total da mistura ar/hho que entra no cilindro, e isto é visível mesmo sem ter o aparelho na mão, estou-me a referir a muitos e muitos aparelhos que estão à venda no ebay e em outros sites onde se vê um frasco de compota com dois eléctrodos imersos no electrólito, que com um consumo de 15 amperes a 13v absorvem quase 200w e apenas aproveitam pouco mais de 30w para gerar hho, o resto é para gerar calor e não compreendo como é que um aparelho desses não começa a fazer ferver o electrólito ao fim de cerca de meia hora de funcionamento.
um pouco de electroquímica, numa electrólise a quantidade de agua dissociada depende da corrente que passa no electrólito nunca tem a ver com a tensão aplicada, esta apenas é necessária para vencer o “potencial de dissociação” que é de cerca de 2v e a resistência eléctrica do electrólito, porque este não é um condutor perfeito.
assim fazer um gerador com dois eléctrodos e aplicar 12v e 10amp. ou fazer um gerador e aplicar 2,4v e 10amp o volume de gás produzido é o mesmo, só que o de 2,4v consome muito menos e aquece menos também. isto leva a uma questão, como é que se pode aumentar o volume de gás produzido? r: aumenta-se o numero de células dentro de gerador ou aumenta-se a corrente. deve-se aumentar o numero de placas e mantê-las bem juntas para que a resistência interna se mantenha o mais baixa possível, ainda o electrólito deve ter uma concentração de modo a que este também tenha a menor resistividade possível. para 12v deve ser usado 5 a 6 placas sendo que as placas ficam em série e a corrente é igual em todas elas, logo cada uma produz, por exemplo, volume de gás correspondente a uma corrente de 15ampéres assim com 6 placas ficam 5 células e dá um total de gás produzido equivalente a 5x15=75amperes contra os 15 amperes que são produzidos nos geradores manhosos que se vendem por aí. já vi dos bons à venda também.
já está um pouco tarde mas amanhã posso por aqui os cálculos para a quantidade de gás produzido versus intensidade da corrente que passa no gerador.
abraço.


catman
Membro
Membro
Mensagens: 13
Registado: sábado mai 24, 2008 11:27 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por catman » quarta jun 25, 2008 12:56 pm

ok então se percebi bem as 5 placas em serie produzem mais quantidade de gas mas a custa de um consumo maior. quanto a voltagem e tentar encontrar o valor mais baixo que permita a electrolise. certo?
as placas estou so a espera de umas chapas em inox 316l de 0,8mm e pelo que vejo vai ser qualquer assim +- +- +- +- +- com um espaçamento entre chapas de 1mm e entre cada par 3mm, as dimensoes estou a pensar em 8cm*4cm ou 9cm*5cm. sera que assim fica qualquer coisa de jeito?
o aquecimento da agua tavez lhe consiga dar a volta ou com circulação de agua por um radiador ou por meio de uma placa peltier.


sagan
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 151
Registado: terça jun 03, 2008 9:37 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por sagan » quarta jun 25, 2008 2:54 pm

catman, tens a consciência plena que:

1-o rendimento da produção de hidrogénio vai ser apenas cerca de 50% ? (rendimento da electrólise x rendimento do alternador)

2-só obtens realmente vantagens relevantes em queimar hidrogénio se tornares a mistura mais pobre e principalmente se aumentares a taxa de compressão?

3-os ganhos obtidos através de (2) podem não compensar as perdas de (1) ?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 901
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Flamingo » quarta jun 25, 2008 7:10 pm

apenas ontem pude começar a ler mais atenciosamente o link que coloquei (para quem desconheça, clicando na bandeira portuguesa no cimo efetua-se a tradução para português, embora um português muito rasca...). faço conta de explorar bem este tema, nem que me fique apenas pelo henriquecimento da minha cultura geral,... mas não devo ficar só por aí...
no entannto, e pelo que li aqui colocado pelo red baron, parece-me que ele está um bocado por dentro da "coisa", tenho é que ver se percebo certos temas aqui descritos,...

um abraço...


catman
Membro
Membro
Mensagens: 13
Registado: sábado mai 24, 2008 11:27 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por catman » quarta jun 25, 2008 9:43 pm

boas sagam, a segunda eu ja sabia parte e ja tinha alterado esses valores mas por outros motivos. a compressão do meu carro (gasolina) ja é superior ao valor de origem.

agora essa da relação entre a produção de hho e rendimento do alternador e que eu não estou a entender. e que os alternadores de um carro supportam cargas de 50/60a, e o consumo num carro (gasolina) deve andar na casa dos 40a.
agora aumentando o consumo de corrente, aumentamos tambem o esforço do motor, mas para isso podemos optar (caso se verifiquem resulatdos positivos) por substituir o alternador por outro de maior capacidade (penso eu de que €).

vou esperar pelos calculos do red barom e estudar mais um pouco a situção.

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » quarta jun 25, 2008 10:34 pm

viva a todos.

como tinha prometido aqui vão os cálculos, não para fazer um gerador mas para demonstrar se o sistema vale a pena ou não, trata-se de uma abordagem técnica feita apenas com a bagagem da casa.
em relação a fazer um é mesmo muito mais simples do que parece, conheço muito bem esta reacção pois possuo um gerador de hho home made já com largas dezenas de horas de funcionamento mas para soldadura e outras brincadeiras.


uma mole de gaz, qualquer um que seja ocupa 24,47 litros a 25ºc e à pressão atmosférica a nivel do mar.
para dissociar uma molécula de agua precisamos de duas moles de electrões que são 2x 26,8a/h ou seja 53,6a/h .
com esta energia obtém-se duas moles de hidrogénio e uma de oxigénio num volume total de 3x 24,47=73,4 litros de hho.

para que a mistura se torne inflamável o hidrogénio tem que entrar numa percentagem mínima de 4% sendo que o hidrogénio gerado é de 2x24,47=48,9 litros.

para um gerador eficiente que consuma 15amperes e com 5 células ele tem uma capacidade de 15x5=75ampére/hora.

então este gerador vai produzir 75/53,6x48,9=68,42 litros de hidrogénio por hora o que dá 1,14 litros por minuto. sendo estes 1,14 litros/minuto, 4% do total de hho e ar disponível para ser admitido para os cilindros o total de ar e hho será de 1,14/4x100=28,5 litros por minuto.

um motor com 1700cc, sem turbo, pode sugar por minuto às 3000 rpm o máximo teórico de 1,7x3000=5100 litros de mistura ar hho. um valor muito longe dos 28,5 litros que o sistema pode fornecer.

è claro que esta situação em que o motor permanece de “goela aberta” só acontece quando é exigida a potencia máxima ou lá perto mas se ninguém conseguir provar o contrário, durante os momentos de grande esforço e consumo não há gerador de hho que tenha utilidade por não atingir a percentagem mínima exigida.

esta situação leva a uma questão, então existe alguma situação onde o tal gerador tenha de facto utilidade?

na minha opinião o gerador tem utilidade desde que o motor não aspire mais que 28,5 litros de hho/ar por minuto, o que acontece em condições de baixo esforço como rolar a uma velocidade baixa ou quando está ao ralenti, se bem que há quem defenda que a economia ao ralenti não dá para os gastos com electricidade onde o saldo energético é negativo e por isso alguns sistemas estão dotados de um interruptor barométrico que fecha quando a pressão no colector de admissão baixa a partir de um certo valor.

ainda resta a hipótese de aumentar a corrente até aos 30 amperes, o que aumentaria bastante o espectro de utilização, mas acima deste valor não será aconselhável por razões óbvias de sobecarga do alternador.
estas medições não são fáceis de fazer com equipamento comum, de modo a poder demonstrar em que zona de condução o gerador de hho está a ser eficaz, resta montar um no carro e verificar se dá algum resultado ou não verificando os consumos com o maior rigor possivel e para diferentes situações de condução.
como é muito simples montar um bom gerador em casa é de arriscar mas daí a dar 500 euros ou mais por um sistema destes…. não arrisco.

fica ao critério de cada um arriscar ou não.

a discussão está aberta.
abraço.


catman
Membro
Membro
Mensagens: 13
Registado: sábado mai 24, 2008 11:27 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por catman » quarta jun 25, 2008 11:07 pm

ok assim ja entendo melhor red baron, e ja não me parece ser assim tão simples de fazer um sistema que de ganhos reais no carro.
de qualquer modo ja fiz um pequeno teste, e para os mesmo electrodos, mesma quatidade de agua e bicarbonato de sodio noto que quando se aumenta a voltagem produz mais gas. podes explicar isto, e que estava a contar com uma produçao identica mas saiu "furado".


Ferra
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1182
Registado: quinta fev 15, 2007 7:39 pm
Localização: terras de oureana
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Ferra » quarta jun 25, 2008 11:32 pm

catman Escreveu:ok assim ja entendo melhor red baron, e ja não me parece ser assim tão simples de fazer um sistema que de ganhos reais no carro.
de qualquer modo ja fiz um pequeno teste, e para os mesmo electrodos, mesma quatidade de agua e bicarbonato de sodio noto que quando se aumenta a voltagem produz mais gas. podes explicar isto, e que estava a contar com uma produçao identica mas saiu "furado".
como se aumenta a tensão e a resistencia mantem-se, a intensidade aumenta tambem!
lei de ohm...
Só sei que nada sei. Mas estou a aprender! :-)

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » quarta jun 25, 2008 11:50 pm

catman Escreveu:ok assim ja entendo melhor red baron, e ja não me parece ser assim tão simples de fazer um sistema que de ganhos reais no carro.
de qualquer modo ja fiz um pequeno teste, e para os mesmo electrodos, mesma quatidade de agua e bicarbonato de sodio noto que quando se aumenta a voltagem produz mais gas. podes explicar isto, e que estava a contar com uma produçao identica mas saiu "furado".
viva catman.
ao aumentares a tensão aumentas a corrente também, e é neste aumento de corrente que está o aumento da quantidade de gás produzido.
vou dar um exemplo, imagina que tens um electrólito fraco( pouco dissociado) com pouca concentração de bicarbonato por exemplo e os eléctrodos tem pequena superfície e estão muito afastados e que consegues com 5v uma corrente de 2 amperes.

destes 5v só cerca de 2v são utilizados para dissociar a molécula da agua o restante é só para produzir calor.
então ao subir a tensão para cerca de 8v a corrente duplicou, e a produção de gás também, mas a potencia entregue ao aparelho, apenas para duplicar o gás, passou para o triplo, porque se estavas a entregar 5vx2a= 10 watt, agora estás a entregar uma potencia de 8vx4a=32 watt, ainda passou do triplo apenas para duplicar a produção. isto é ineficiência.

se juntares mais os eléctrodos a corrente aumenta sem teres que aumentar a tensão aumentado a eficiência.

os factores que afectam a eficiência são:

-o área das placas para determinada corrente, maior a área maior a eficiência.

- o afastamento entre as placas, quanto mais juntas melhor.

-a resistividade do electrólito, quanto menos resistivo melhor. usar o melhor electrólito (koh) na concentração adequada. quando a temperatura do electrólito aumenta, a resistividade baixa e a corrente aumenta tambem sem aumentar a tensão, logo mais eficiência.

o melhor electrólito conhecido é este:
since gas demands vary widely, this provides data for the original unit which can be scaled up as required. the electrolyte is pure water with 28% potassium hydroxide (koh) by weight. it could have been more, but would not leave space for periodic water addition. the cathode is iron sheet or a tank of iron pipe, it produces the hydrogen gas. the oxygen anode is the positive electrode and can be made with either pure nickel, nickel plated iron or stainless steel. if a tank is used, it is a split cylinder welded to the tank top which has a deep groove machined in its top rim. that is were an o-ring is placed to separate the anode from the cathode.
electrolysis fundamentals
potassium hydroxide (koh) was chosen because it has the lowest electrical resistance attainable. i also does not cause boiling when mixed with water. even then, it is best to use half wave rectification of electrical energy to allow the system to operate for longer periods without boiling. after long periods of shut down, atmospheric co2 is absorbed, causing carbonates to accumulate. in turn, they reduce output efficiency, and the electrolyte must be dumped and new supplied.
much of that can be prevented with vanadium pentoxide powder, 1 gram per liter or half liter. this is a permanent additive, increasing cell efficiency by lowering cell resistance, reducing heating. the ideal half wave voltage across the electrolyzer is 1.98 volts. but don't let this fool you. 2 volts works just as well. engineers are prone to.
está tudo aqui:
http://www.pureenergysystems.com/academ ... yhydrogen/


sagan
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 151
Registado: terça jun 03, 2008 9:37 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por sagan » quarta jun 25, 2008 11:51 pm

catman Escreveu:agora essa da relação entre a produção de hho e rendimento do alternador e que eu não estou a entender.
o raciocínio é o seguinte: tu vais usar energia eléctrica vinda do alternador, vamos supor que vais pedir ao alternador 2 kw de potência.

o problema é que o alternador tem um rendimento típico de 70%, pelo que ao retirares 2 kw do alternador, vais retirar 3 kw de potência ao motor. quanto menos eficiente for o alternador, mais potência vais retirar ao motor de combustão.

portanto, o hidrogénio vai ter que aumentar a eficácia da combustão em pelo menos 3 kw, só para equilibrar as perdas. e ainda existem as perdas na electrólise...

mas estas contas até são irrelevantes, pois como o red baron demonstrou (e muito bem), estes sistemas não conseguem produzir hidrogénio suficiente.

mas há quem jure que isto funciona...

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Flamingo
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 901
Registado: sábado set 29, 2007 12:21 am
Localização: Marinha Grande
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Flamingo » quinta jun 26, 2008 12:05 am

red baron Escreveu:viva a todos.
........................
um motor com 1700cc, sem turbo, pode sugar por minuto às 3000 rpm o máximo teórico de 1,7x3000=5100 litros de mistura ar hho. um valor muito longe dos 28,5 litros que o sistema pode fornecer.

(................)

só uma pequena correção. sendo o motor diesel um motor a quatro tempos, a relação da aspiração do motor anteriormente referida baixa para metade do valor.
passando a explicar, em cada volta que a combota dá o piston vai desde o seu ponto maximo superior (pms) ao seu ponto maximo inferior (pmi) e volta novamente ao seu ponto maximo superior. então começando a contar as aspirações de um cilindro partamos do seguinte, o piston desce ao pmi e da-se a admissão (a tal aspiração), no pmi as valvulas de admissão fecham e o piston sobe até ao pms, da-se a compressão. isto numa só volta da combota! de seguida da-se a injeção de combustivel no diesel,... ou a inflamação das velas nos a gasolina... e expande o movimento do piston até ao pmi (explosão/expansão), por fim abren-se as valvulas de escape enquanto o piston vai subindo até ao pms e da-se então a ultima fase que é chamada de escape, na segunda volta da combota!
seja, em 2 voltas de combota, cada piston/cilindro faz apenas 1 aspiração.
ora isto quer dizer que no exemplo que apresentaste, nessa cilindrada e partindo que no exemplo o motor tem 4 cilindros, deverá reduzir-se esse valor de aspiração para metade, 2550 litros...


esta situação leva a uma questão, então existe alguma situação onde o tal gerador tenha de facto utilidade?
na minha opinião o gerador tem utilidade desde que o motor não aspire mais que 28,5 litros de hho/ar por minuto, o que acontece em condições de baixo esforço como rolar a uma velocidade baixa ou quando está ao ralenti, se bem que há quem defenda que a economia ao ralenti não dá para os gastos com electricidade onde o saldo energético é negativo e por isso alguns sistemas estão dotados de um interruptor barométrico que fecha quando a pressão no colector de admissão baixa a partir de um certo valor.
ainda resta a hipótese de aumentar a corrente até aos 30 amperes, o que aumentaria bastante o espectro de utilização, mas acima deste valor não será aconselhável por razões óbvias de sobecarga do alternador.
estas medições não são fáceis de fazer com equipamento comum, de modo a poder demonstrar em que zona de condução o gerador de hho está a ser eficaz, resta montar um no carro e verificar se dá algum resultado ou não verificando os consumos com o maior rigor possivel e para diferentes situações de condução.

segundo as afirmações do link que coloquei, essas aplicações resultam! mas se é assim tanto como eles dizem resta saber...
eu penso que este é um assunto que não deve ser deixado ao acaso para já...
nas duvidas que eu tenho desde já, coloco as seguintes perguntas.
a água existente no frasco certamente vai-se evaporando, certo?
pegando na ideia do "catman", as placas negativo e positivo ficam perto uma da outra, mas não ficam diretamente em contacto uma com a outra, certo?
qual a razão da mistura de bicarbonato de sódio com a água, quantas gramas por litro?
a seu tempo, estou a pensar em expermentar algo sobre isso, agora e sem pressas quero reunir primeiro toda a informação...

como é muito simples montar um bom gerador em casa é de arriscar mas daí a dar 500 euros ou mais por um sistema destes…. não arrisco.

fica ao critério de cada um arriscar ou não.

a discussão está aberta.
abraço.


Ferra
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1182
Registado: quinta fev 15, 2007 7:39 pm
Localização: terras de oureana
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Ferra » quinta jun 26, 2008 12:18 am

digo eu:
se se retira 3kw do motor para o alternador produzir 2 kw, o rendimento da electrolise ronda o 60%. sobra 1200w de energia disponivel no hidrogénio que vai ser queimado no ineficiente motor de combustão interna. então desses 1200w com o rendimento de 30% do motor, dá 400w!!!! partimos de 3000w para retirar um trabalho de 400 w disponiveis para se produzir novamente força para mover o alternador...
com um rendimento destes...
não me parece que haja materia para muito...
Só sei que nada sei. Mas estou a aprender! :-)


Njay
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1981
Registado: sábado nov 17, 2007 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por Njay » quinta jun 26, 2008 12:39 am

a discussão deste tópico tá a ficar parecida à deste: http://novaenergia.net/forum/viewtopic.php?f=20&t=744
talvez queiram dar por lá uma olhada, também lá há quem já tenha construido desses electrolizadores de multiplas células e experimentado no carro...
Copyright (c) Njay 2012-2015
Um dia o dinheiro será substituído por Conhecimento.
Aprilia RS125e
Troniquices.wordpress.com

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por RED BARON » quinta jun 26, 2008 6:53 pm

viva flamingo.
primeiro tenho que dar a mão à palmatória. fiz as contas rápido demais e essa passou, afinal para a mesma cilindrada temos que dividir os valores de admissão de ar por dois, penso que fica bem assim.
para 1700cc de cilindrada, o motor aspira, no máximo 2550 litros às 3000 rpm, este erro, depois de corrigido viabiliza mais a possibilidade do sistema poder ser rentável, obrigado flamingo pela correcção.

Código: Selecionar todos

a água existente no frasco certamente vai-se evaporando, certo?
a agua dentro do frasco vai-se transformando em oxigénio e hidrogénio e é necessário repor de vez em quando. um decilitro de agua, 100ml, gera cerca de 400l de gás que dá para cerca de 6 horas de utilização.
pegando na ideia do "catman", as placas negativo e positivo ficam perto uma da outra, mas não ficam diretamente em contacto uma com a outra, certo?
certissimo, as placas devem ficar pertinho mas não tocar umas nas outras.
qual a razão da mistura de bicarbonato de sódio com a água, quantas gramas por litro?
o bicarbonato serve para tornar a agua condutora, mas o melhor são os hidróxidos,o de sódio é bom mas, o melhor de todos é o hidróxido de potassio, o hidróxido de sódio não é mais que a soda cáustica usada para fazer biodiesel.
a seu tempo, estou a pensar em expermentar algo sobre isso, agora e sem pressas quero reunir primeiro toda a informação...
fixe!
estou a pensar em abrir um tópico na secção das experiências e protocolos com fotos e desenhos, vão ver que é um assunto muito interessante e ao alcançe de todos, se este fim de semana não houver trabalho extraordinario já vou começar a postar qualquer coisa.


HLopes
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 452
Registado: terça mar 21, 2006 6:40 pm
Estado: Desligado

Re: Movido a Hidrógénio (Água)!!!

Mensagem por HLopes » quinta jun 26, 2008 7:32 pm

o bicarbonato serve para tornar a agua condutora, mas o melhor são os hidróxidos,o de sódio é bom mas, o melhor de todos é o hidróxido de potassio, o hidróxido de sódio não é mais que a soda cáustica usada para fazer biodiesel.
true. mas não te esqueças que o que metes lá para dentro, também vai inferir nos resultados que obtens.

se meteres sal (nacl), vais obter h + o + na + cl

e julgo que o sódio não se dá bem com a àgua, explodindo em contacto com a mesma, o que pode danificar o motor (explosão fora de tempo?).

mas isto sou só eu a falar.

e acerca do empobrecimento da mistura de ar dentro da camara de combustão? (menos óxigenio (comburente) e mais hidrogénio (combustivel, que necessita de comburente?)

Responder

Voltar para “Veículos Hidrogénio”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante