Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Motores à Ar Comprimido ou Vapor



Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » quarta out 08, 2008 5:02 pm

sandro

aqui estamos na parte final do plantio do milho e iniciando o plantio do arroz irrigado. tem muito trabalho pequeno, que toma tempo.
enquanto plantamos fico pensando no que já foi escrito e fico projetando a "maquina".

a turbina de tesla é interessante, mas esbarra num problema crucial: se é boa, porque não evoluiu ? existem fabricantes ? qual é o ponto crítico dela ?

caldeiras existem diversas no mercado, de todo o tamanho. as mais baratas 15 mil reais. algo como 6000 euros. esses dias vi um anuncio nos classificados do forum, oferecendo uma caldeira à lenha por uma pechincha.

gostaria de poder fabricar tanto a caldeira quanto a turbina. faze-las de material oriundo de ferro velho, com custo baixo, sem abdicar da questão segurança.

enquanto isso não vai para a prática, fico torcendo para que mais usuários aqui compareçam e dêem suas opiniões e sugestões. fotos, links etc...

infelizmente estamos nesse jogo de ping-pong. só eu e você. mas daqui à pouco aparecem mais gente disposta a partilhar conhecimento e aí a coisa anda mais rápido.

sds

luciano
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.


Avatar do Utilizador

Autor do tópico
sandro_ventania
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 163
Registado: quinta jun 05, 2008 8:43 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por sandro_ventania » quarta out 08, 2008 7:50 pm

olá luciano,

vamos de ping pong, assim o assunto não vai pro final da fila.
os motivos que ela não é amplamente utilizada é basicamente pelo seu baixo torque...veja essa materia publicada.
http://www2.petrobras.com.br/minisite/p ... dor-03.asp

quebrei link de proposito pois aqui ele sempre aparece quebrado, não sei por que. è só juntar.
então...comercialmente existe coisa melhor, mas não é por que existe coisa melhor que ela não sirva, certo?
todo o sistema acho que não fica caro, muitas partes, como tubos de aço, eixos, condensadores, etc, podem vir de sucata.
o unico complicado é a caldeira, pois é onde se encontra o risco, mesmo assim ela não deve sair caro. veja essa pechincha, aproveita:
http://produto.mercadolivre.com.br/mlb- ... ilbras-_jm

a fornalha em si é feita basicamente de tijolo de barro cozido (refratario).
o que pensa em usar como combustivel? voces beneficam o arroz aí ou vendem com casca?
eu acho luciano, que não há o porque não funcionar, pois essa tecnologia é antiga e bem dominada, não estamos inventando nada, não há riscos disso. pode acontecer de não termos os desempenhos de uma contrução industrial, mas não precisamos de muito, né...basta o necessario.

ps: essa foto do seu avatar(detesto esse nome...significa...guia ou mestre) de um campo de girassóis é da sua fazenda?
Nós somos a consequência do que pensamos.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » quarta out 08, 2008 11:32 pm

corrigi o erro que havia para seus links não funcionarem. em links muito extensos, é necessário clicar no botão url, ao lado da img, logo ali acima, colocando dentro o link desejado. dessa forma, não é quebrado.

vi o primeiro link do prêmio petrobrás. pena não haver mais nada do assunto, apenas um release.

já no segundo, indica que um tubo de gnv não sai tão caro assim, desde que tenhamos certeza do que estamos fazendo. por exemplo: do tamanho da caldeira, vai resultar a quantidade de kg de vapor por cm² e, obviamente, a capacidade da caldeira em movimentar a turbina. temos que conseguir cálculos que nos permitam construir uma caldeira que mova a turbina.

como escrevi à pouco, estou com tempo reduzido para pesquisas, mas nas madrugadas ( acordo às 5 am e dou uma procurada até as 7 am. quaquer novidade posto aqui, já que estamos à fazer história com a história que o tesla escreveu.

embora algumas pessoas pensem que a queima de biomassa prejudica o ambiente, eu defendo a tese que tudo que fizermos para reduzir a carga de co² que emitimos, é um contributo para a natureza.

um passo depois do outro.
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
sandro_ventania
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 163
Registado: quinta jun 05, 2008 8:43 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por sandro_ventania » quinta out 09, 2008 7:32 pm

confesso que eu sou fraco em calculos, mais se vc gosta...comece aqui.
http://www.mspc.eng.br/termo/termod0540.shtml
http://www.mspc.eng.br/ndx_termo0.shtml

ficou complicado...alguns softs ajudam.
http://www.figener.com.br/pengenharia.php

talvez por falta de formação academica eu sou mais pra thomas edson do que nicolas tesla.
o primeiro era muito pratico o outro muito teorico...mas ambos fizeram grandes coisas.
eu eu enfio minha cabeça em uma privada se eu não conseguir reproduzir uma tecnologia de 300anos atrás.
Nós somos a consequência do que pensamos.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » segunda out 13, 2008 6:38 pm

tenho procurado desenhos técnicos e referência à relação tamanhoxpotência da turbina, mas ainda não achei algo conclusivo.

no meio dessas pesquisas, vi que a maioria dos vídeos mostra a potência da turbina sendo tocada por ar comprimido, talvez pela facilidade, já que não será necessário construir uma caldeira para injetar vapor.

baseado nisso, me ocorreu um pensamento dessa turbina para uso em veículos: se a turbina de 60x90 cm pode gerar 200 cvs e funciona tanto à vapor como a ar comprimido, porque não seria viável trocar o motor por uma turbina, com um tanque de ar comprimido no bagageiro dos carros ?

a alimentação poderia ser feita em casa, ligando o compressor e, durante o trajeto, as próprias rodas do carro, poderiam manter o cilindro cheio de ar. olhe que 4 rodas alimentando 4 compressores enche um cilindro rapidinho. não seria isso um movimento perpétuo possível ?

mesmo que ocorram perdas e que os 4 compressores ( cada 1 ligado numa roda ) não sejam suficientes, restaria eventualmente a possibilidade de reabastecer com ar em algum posto.
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.


joaquimdelisboa
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 342
Registado: quinta out 26, 2006 10:08 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por joaquimdelisboa » terça out 14, 2008 10:09 am

ora venha de lá o projecto.

ao contrário dos vários problemas postos com as baterias para carros eléctricos também eu tenho "uma fézada" de que não seria muito difícil uma adaptação de um automóvel para ar comprimido.

- pegue-se num automóvel e coloquem-se-lhe dentro uma quantas botijas de ar comprimido ( talvez as do gás sirvam para o teste).
-procure-se o melhor motor/turbina a ar comprimido. ( há muitas ferramentas a ar comprimido - talvez alguma se adapte).
-nas travagens, faça o pedal actuar numa embraiagem que accione um compressor que devolva alguma da potência às botijas.

se em vez de adaptação quiserem partir para um projecto de raiz...façam favor!

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
sandro_ventania
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 163
Registado: quinta jun 05, 2008 8:43 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por sandro_ventania » terça out 14, 2008 3:05 pm

os motores a ar comprimido parece que estão usando outras soluçoes...não sei se melhores ou piores.
usar compressores nas rodas só é vantajoso nas descidas e nas frenagens...aí sim, além de economizar na banguela ainda abastece o cilindro.
agora a ideia do luciano é ótima...é só entrar em um posto e fingir que vai calibrar os pneus
luciano, não espere encontrar desenhos tecnicos a respeito...o assunto é muito pouco difundido. voce vai ter que apostar no seu bom censo e usar o que conseguir de informação...mas receita de bolo...não vai encontrar não.
ontem eu vi na tv uma materia sobre um navio a vapor que voltou a navegar no rio são francisco...aquele que tem uma roda gigante na traseira como propulsão...que era comum no mississipi. esse era movido a eucalipto...achei até economico...3 metros cubico a cada 4 horas de navegação, para movimentar toneladas de peso de um navio!!
luciano, só pondo a mão na massa para começar a ter uma visão melhor.
Nós somos a consequência do que pensamos.


PhoenixStFire
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 44
Registado: sábado ago 23, 2008 2:37 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por PhoenixStFire » sexta out 17, 2008 9:15 pm

uma pergunta, o que é mais rentavel em termos de energia absorvida/criada, o painel fotovoltaico ou o painel de aquecimento solar, ja que falam em motores a vapor, pode nao ser viavel num carro, mas numa casa pode ser mais rentavel, ou nao!

gostaria da vossa opiniao sobre esta questão!
Todos os Genios são Malucos
Mas nem todos os Malucos são Genios!

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » sexta out 17, 2008 11:46 pm

existem muitos edifícios que possuem caldeiras para aquecimento de águas. vai depender basicamente da disponibilidade de biomassa e seu preço. o painel fotovoltaico e solar é a menina dos olhos de todo ambientalista. energia limpa e constante. menos nos dias de chuva e limitados em relação ao volume de água aquecido x tamanho do painel.
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

Fendel
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 207
Registado: quarta mai 16, 2007 1:29 am
Localização: Rio Negro PR BR
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Fendel » sábado out 18, 2008 2:33 am

a convite do luciano, vou dar aqui alguns pitacos...
- não consegui achar o consumo de vapor na turbina tesla de 200 hp... um número fundamental...
- uma locomotiva a vapor tem um rendimento bastante baixo... na faixa dos 5%...
- neste cíclo térmico a vapor (carnot se não me engano) é primordial elevar a pressão de entrada para elevar o rendimento. tanto é que hoje as caldeiras das usinas de cana, para geração de ee do bagaço, trabalham com pressões de 60 kgf/cm2. e deve-se diminuir o máximo a pressão de saída, inclusive fazendo vácuo, como é feito nas turbinas de condensação...
existem usinas solares com espelhos que aquecem um fluido térmico que vaporiza e passa por uma turbina...
não sei qual dos tipos é mais eficiente e tem melhor custo/benefício... embora a cada ano se reduza o preço dos painéis fotovoltaicos.
na alemanha a ee solar fotovoltaica é violentamente subsidiada... as concessionárias são obrigadas a pagar um valor 5 vezes maior pelo kwh... do que seu preço de venda normal...
energias descentralizadas e definitivas.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » sábado out 18, 2008 3:01 am

olá fendel:

para quem ainda não conhece o fendel: é um dos maiores expoentes no brasil, lutanto em várias frentes, aproveitando vários tipos de energias renováveis em substituição á oligarquia dos magnatas do petróleo.
o fendel ainda é conhecido por sua forma direta de falar, não fazendo rodeios e indo direto ao assunto, causando certos "arrepios" em alguns.

pulada essa fase de apresentações ( espero que tenha feito corretamente ), vamos à parte prática.

o sandro_ventania postou esse tópico para trocar idéias sobre o vapor para gerar energia para automóveis, o que foi rechaçado por muitos, devido à impossibilidade de carregar lenha no automóvel.

ao ver o post, interessou-me sobremaneira, porém fazendo um protótipo estacionário, visando bombeamento de água de um rio para uma lavoura de arroz.

no sistema convencional, gasto 200 litros de diesel/dia de bombeamento, uma soma que inviabiliza o negócio.

surgiu a idéia da turbina de tesla. com os relatos de um site em espanhol, extraimos o seguinte:
la vista seccional a la izquierda muestra cómo funcionó en realidad un prototipo, construido para una compañía de fuerza eléctrica. tenía 25 discos con un espesor de 0.8 milímetros y, a pesar de que apenas medía 61 x 91 centímetros y que tenía una altura de sólo 61 centímetros, logró producir una potencia de 200 caballos a una velocidad de 16,000 rpm con un chorro de vapor a una presión de 8.8 kilogramos por centímetro cuadrado. la trayectoria espiral del vapor llegó a ser de casi 5 metros, y la presión del vapor de escape alcanzó apenas 0.07 kilogramo por centímetro cuadrado-prueba de la extraordinaria eficiencia de la turbina.
ora, 200 cvs é mais do que preciso para girar a turbina. não conhecemos ainda a aplicação prática dessa turbina. sequer sabemos se ela funciona à nivel industrial, fora dos protótipos acadêmicos.

aliado à isso surge o novo problema: qual a dimensão da caldeira para produzir vapor suficiente para tocar a turbina e girar a bomba dágua ?

comprar uma caldeira é fácil. a internet nos coloca dentro das industrias que a fabricam. porém, o preço chega a 15 mil reais ( 6 mil euros ). preço extremamente caro, considerando que possa ser feito com materiais mais baratos.

o sandro indicou utilizar como corpo da caldeira cilindros de gnv, que possuem resistência muito superior ao botijão de gás.

temos ainda que decidir se a caldeira será flamotubulares ou aquatubulares ? em que dimensão e quais os dispositivos de segurança que devemos ter ?

mesmo considerando as perdas, tenham em mente que a biomassa é barata. brickets feito com casca de arroz, lenha, maravalha. e nada de petróleo!

apreciaríamos ajuda dos amigos que pudessem clarear as dúvidas acima.

sds

luciano
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.


joaquimdelisboa
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 342
Registado: quinta out 26, 2006 10:08 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por joaquimdelisboa » sábado out 18, 2008 8:39 am

fico muito contente por encontrar por aqui o nosso amigo fendel.

é uma das pessoas mais batalhadoras que encontrei sobre as energias alternativas, aliando um novo olhar sobre o mundo com as qualificações académicas.

fiquei mesmo babado quando ele um dia respondeu a um e-mail meu.

um abraço fendel

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
sandro_ventania
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 163
Registado: quinta jun 05, 2008 8:43 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por sandro_ventania » sábado out 18, 2008 3:04 pm

o sandro indicou utilizar como corpo da caldeira cilindros de gnv, que possuem resistência muito superior ao botijão de gás.

temos ainda que decidir se a caldeira será flamotubulares ou aquatubulares ? em que dimensão e quais os dispositivos de segurança que devemos ter ?
só uma nota...no caso do uso do cilindro de gnv, seria para o tipo flamotubular...é mais facil de construir. a aquatubular é mais eficiente, porem mais complexa pois faz uso de diversos tubos dispostos dentro da fornalha.
olá fendel, seje bem vindo a roda, por favor nos ajude a dimensionar a maquina do luciano...pelas dimensões da turbina modelo de 200cvs que o luciano encontrou, e pela pressão requerida na mesma para tirar os 200cvs, não me pareceu exigir uma vazão absurda.
vamos raciocinar...
25 discos...possuem 24 entre-discos...cada disco possui 0,8mm...como cada entre-disco tem a mesma distancia que o disco...24 x 0.8mm2 = 15,3mm arredondando pra cima como margem de segurança... 20mm de abertura para a vazão.
agora a pergunta...qual seria a vazão do vapor para que o mesmo saia por está abertura a 8kg/cm2 ???
resposta...85kg/h
para consulta ver tabela :
http://www.mspc.eng.br/fldetc/fluid_0410.shtml

pelo que eu já vi, produzir 85kg/h de vapor é facil facil...veja essa caldeira:

http://www.permutalivre.com.br/49695/ca ... goias.html
produz 150k/h de vapor e parece mais um latão do que uma caldeira.
por favor...se eu me enganei em algum calculo...não deixem de apontar.
Nós somos a consequência do que pensamos.

Avatar do Utilizador

Fendel
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 207
Registado: quarta mai 16, 2007 1:29 am
Localização: Rio Negro PR BR
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Fendel » sábado out 18, 2008 4:20 pm

barbaridade... quanta bondade de vcs... hehehé... muito obrigado... e vcs nem imaginam como isso me faz bem ... afinal, são décadas dedicadas ao desabobalhamento humanitário, hehehé... com muito mais inimigos do que amigos...

além de inspeção e reforma, também fabrico caldeiras a vapor... já brinquei com motores a vapor de 40 cavalos e de 100 cavalos... e no meu quintal tenho como enfeite uma motor de uns 30 cavalos...

estou saindo para um passeio com a família (claro a ovf - 50%) e volto amanhã, quando pretendo dar uma calculada na quantidade de vapor teórica necessária para gerar 200 cavalos...
mas, posso adiantar que a princípio, seria necessária uma caldeira grande de umas 3 toneladas de vapor hora, com pressão de 9 kgf/cm2... a confirmar...

também já havia começado, fazem uns 20 anos, a transformar um motor velho de 4 cilindros (a gasolina) para vapor... mas acabei jogando tudo na sucata... meio no início da transformação...

nunca havia visto esta turbina tesla... muito interessante... mas, também nos filmes que vi nos links... não se fala em consumo x potência...

as máquinas (motores) antigas a vapor são grandes e de baixa rotação... tipo 200 rpm... e quanto maior a rotação, proporcionalmente maior é a potência...

fortes hidroeólicosbioabraços (hidro de hidroeletricidade... não de hidrobobogênio)
fendel
energias descentralizadas e definitivas.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » sábado out 18, 2008 10:02 pm

boas fendel

nós é que ficamos honrados com sua participação. embora esse forum seja baseado em portugal, à muito que já lançou raízes pelo mundo inteiro, à começar pelo brasil, onde já representamos 12% do numero de membros, contando com 1 moderador brasileiro ( eu! )

por aqui defendemos a partilha do conhecimento. juntamos aqui muitas pessoas mas 1 só objetivo: melhorar o ambiente.

nossa luta por vezes é inglória, pois lutamos ora com as petrolíferas, ora com os governos sedentos dessa fúria arrecadátoria normal em todos eles.

mas graças ao despreendimento de nossos amigos aqui do forum, vamos partilhando informação, ajudando-nos uns aos outros e rompendo as amarras que nos impuseram sem nossa autorização.

falo tudo isso porque agora chegou em nosso meio uma figura de peso e que certamente nos auxiliará a vencer essa batalha. o nosso fendel.

a água que preciso está dimensionada em 500 m³/hora, ou 8,33m³/minuto ou 138 litros/segundo.

entretanto, esse é um projeto que envolve toda a área a ser plantada. numa fase inicial, a necessidade é de 20% desses valores ou seja:

necessidade de água: 100m³/hora, ou 1,66m³/minuto ou 27 litros/segundo
canalização do ponto de captação até o ponto de recalque da água: 500 metros.
desnivel entre o ponto de captação e o de recalque: 3 metros.

vi na internet, que uma bomba centrífuga, de 6 polegadas, com capacidade de 120 m³/hora, é tocada por um motor estacionário de 16cvs. com rotação máxima de 3600 rpm.

o custo de um equipamento usado para bombear esse volume de água é de r$ 6.000,00.

a turbina tesla, informado no artigo espanhol citado anteriormente, possui um tamanho de 60x90cm e produz força de 200cvs. mas à 16.000 rpm, muito superior ao que esta turbina suporta.

talvez seja necessário uma turbina bem menor, parecida com as existentes nos vídeos citados e com um redutor de velocidade, ou com uma polia que diminua a rotação da bomba.

fendel, volte logo do passeio...
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.


visitante
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1639
Registado: sábado mai 13, 2006 7:57 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por visitante » domingo out 19, 2008 1:07 am

vivam ...
luciano kaefer Escreveu:olá fendel:

para quem ainda não conhece o fendel: é um dos maiores expoentes no brasil, lutanto em várias frentes, aproveitando vários tipos de energias renováveis em substituição á oligarquia dos magnatas do petróleo.
o fendel ainda é conhecido por sua forma direta de falar, não fazendo rodeios e indo direto ao assunto, causando certos "arrepios" em alguns.

pulada essa fase de apresentações ( espero que tenha feito corretamente ), vamos à parte prática.

o sandro_ventania postou esse tópico para trocar idéias sobre o vapor para gerar energia para automóveis, o que foi rechaçado por muitos, devido à impossibilidade de carregar lenha no automóvel.
ao ver o post, interessou-me sobremaneira, porém fazendo um protótipo estacionário, visando bombeamento de água de um rio para uma lavoura de arroz.

no sistema convencional, gasto 200 litros de diesel/dia de bombeamento, uma soma que inviabiliza o negócio.

surgiu a idéia da turbina de tesla. com os relatos de um site em espanhol, extraimos o seguinte:
la vista seccional a la izquierda muestra cómo funcionó en realidad un prototipo, construido para una compañía de fuerza eléctrica. tenía 25 discos con un espesor de 0.8 milímetros y, a pesar de que apenas medía 61 x 91 centímetros y que tenía una altura de sólo 61 centímetros, logró producir una potencia de 200 caballos a una velocidad de 16,000 rpm con un chorro de vapor a una presión de 8.8 kilogramos por centímetro cuadrado. la trayectoria espiral del vapor llegó a ser de casi 5 metros, y la presión del vapor de escape alcanzó apenas 0.07 kilogramo por centímetro cuadrado-prueba de la extraordinaria eficiencia de la turbina.
ora, 200 cvs é mais do que preciso para girar a turbina. não conhecemos ainda a aplicação prática dessa turbina. sequer sabemos se ela funciona à nivel industrial, fora dos protótipos acadêmicos.

aliado à isso surge o novo problema: qual a dimensão da caldeira para produzir vapor suficiente para tocar a turbina e girar a bomba dágua ?

comprar uma caldeira é fácil. a internet nos coloca dentro das industrias que a fabricam. porém, o preço chega a 15 mil reais ( 6 mil euros ). preço extremamente caro, considerando que possa ser feito com materiais mais baratos.

o sandro indicou utilizar como corpo da caldeira cilindros de gnv, que possuem resistência muito superior ao botijão de gás.

temos ainda que decidir se a caldeira será flamotubulares ou aquatubulares ? em que dimensão e quais os dispositivos de segurança que devemos ter ?

mesmo considerando as perdas, tenham em mente que a biomassa é barata. brickets feito com casca de arroz, lenha, maravalha. e nada de petróleo!

apreciaríamos ajuda dos amigos que pudessem clarear as dúvidas acima.

sds

luciano
kaefer..acaso te tenha passado despercebido bastará verificares as minhas primeiras intervenções neste topico..acerca do que sublinhei considero que a lenha não é a unica fonte de calor viavel para uma caldeira geradora de vapor..até porque á luz do conhecimento actual isso revelaria uma ignorancia completa..

não tenho dado muita atenção a este topico na perspectiva do ensaiador já que existe um projecto em curso..o teu..e eu não tenho tempo disponivel para me debruçar sobre este assunto em particular..

folgo muito em constatar que o fendel (personalidade sobejamente conhecida em meios congeneres) aderiu e participa neste forum que se debruça sobre assuntos de interesse global pelo que considero que as nacionalidades de cada um acabam por ser irrelevantes quando os designios que os irmanam são planetarios..

comprometo-me a sempre que possivel intervir com factualidades ou opiniões que considere validas para a obtenção dos objectivos que persegues..

abraços
[***************]

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » domingo out 19, 2008 1:45 am

boas fernando

correcta correção. havia-me esquecido desse pormenor.

o conhecimento, se constroi continuamente. foi assim com o biodiesel de banha de porco e com tantos outros projetos que nasceram do nada, apenas da vontade de conseguir soluções ambientalmente favoráveis e que não havia materiais à respeito. certamente tu conheces outros casos em que não existiam materiais e por insistência de alguns, transformou-se em protocolo válido.

reparem que quando o nosso amigo fendel ouvir falar de biodiesel, ele logo falará sobre o biobobo.

característica dessa mente brilhante, que tem suas razões sobre isso.

mas vamos por partes. logo depois, chamo ele para falar sobre a geração de energia para injeção na rede. mas isso é para depois. tem muito assunto para escrever.

suas opiniões, fernando, são extremamente válidas, pois junta coerência, capacidade técnica e facilidade de expressão, por isso, sua presença por aqui é muito importante. marque com "observar este tópico", e será avisado pelo forum, cada vez que houver uma manifestação. colabore com sua veia investigativa.

perceba que embora tenhamos "desvirtuado" o propósito inicial do sandro, continuamos com a idéia de usar o vapor para mover uma turbina. se for a projetada por tesla, talvez nos indique um caminho à seguir.

o fendel está aqui por perto de mim. se ele quiser, posso ir até ele e juntos construir esse equipamento, fotografa-lo e postar aqui no forum as evoluções.

não tenho receio de desafios. tenho receio de investir e não obter retorno, por isso, antes de partirmos para a prática, temos que ter dados concretos do dimensionamento da turbina e caldeira, para não ter que abandonar o projeto.

se a turbina de tesla for eficiente, ela poderá servir de base para movimentar qualquer motor. com pequena quantidade de vapor, movimentaremos muitas coisas. tem muita coisa prática que se beneficiará desses resultados positivos.

peço desculpas ao sandro por enveredar por caminhos estacionários. prometo que assim que resolvido o estacionário, voltamos à aplicação móvel, para "arrepios" de peles vermelhas.
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Luciano Kaefer » domingo out 19, 2008 12:56 pm

fendel

repare que numa situação normal, em que a caldeira precisa ter força para girar uma turbina de água, a caldeira precisa realmente ser grande.

já no caso da turbina tesla, essa necessidade é muito menor, segundo os relatos. já deves ter visto os vídeos. ela age como um multiplicador de força da caldeira.

na reportagem em espanhol, mostra que uma turbina foi adaptada para uso industrial, tendo um tamanho de 61x91 cm e com uma caldeira que fornece 8kg/cm² de vapor, essa turbina conseguiu gerar uma força de 200cvs.

só que isso nunca foi comprovado na prática. o fato de não ter evoluido, não significa que não funcione. apenas o mercado seguiu numa outra direção.

nosso desafio nesse tópico está centrado em dois pontos: dimensionar e construir uma turbina de tesla e dimensionar e construir uma caldeira pequena que toque essa turbina.

feito isso, podemos ter tamanhos diferentes de turbinas e caldeiras para diferentes aplicações.

o calor gerado pelo vapor ainda pode ser aproveitado para aquecimento de águas sanitárias, ou cogeração de ee.

imagine se tudo isso der certo: com uma pequena caldeira e uma pequena turbina em casa, podemos gerar ee, aquecimento das casas, das águas sanitárias.

seria uma revolução. o que ganharíamos com isso ? para cada 100 pessoas que comprariam esse projeto, teria 1 pessoa que faria a sua própria construção. entretanto, essa 1 pessoa serviria de vitrine para mostrar o projeto funcionando e logo os vizinhos, parentes, amigos, tomariam conhecimento do sistema e procurariam empresas que fizessem isso com normas técnicas, segurança, garantia, instalação etc...

temer concorrentes ? considere o número de residências ( casas ) no mundo. imagine que cada uma poderia ter seu próprio sistema.

para isso evoluir, precisa apenas se popularizar. o primeiro passo é desmistificar e tornar viável o processo.

começamos por aqui, onde as soluções aparecem de mentes generosas e que partilham conhecimento.
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
sandro_ventania
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 163
Registado: quinta jun 05, 2008 8:43 pm
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por sandro_ventania » domingo out 19, 2008 3:13 pm

peço desculpas ao sandro por enveredar por caminhos estacionários. prometo que assim que resolvido o estacionário, voltamos à aplicação móvel, para "arrepios" de peles vermelhas.
negativo de desculpas luciano! a minha intenção desde o começo era apenas mostrar que existe outras alternativas além dos motores de combustão interna que acabou nos sendo impegido por forças das companhias petrolíferas.
fico feliz pois voce foi o primeiro a ver que é possivel trocar o diesel por outro combustivel...que é inclusive abundante e gratuito em milhares de pequenas propriedades rurais.
...voltando ao projeto...
bom, ou a coisa está sendo vista por outro angulo pelo fendel, ou eu errei muito feio em meus calculos...peço que voces analisem por favor...pois enquanto eu dimensionei em 85kg/h ...o fendel já de cara deu um chute em 3.000kg/h...putz muita diferença!!!!!!!!
pelo que vc relatou luciano, os 200cv estão muito acima do que vc precisa, mas lembre-se que a potencia voce regula através do vapor e ter uma sobra de potencia é bom, pois vc já estará pronto para chegar ao maximo de sua produção que é de 500m³/h.
para diminuir a potencia da turbina, uma sugestão é diminuir o diametro dos discos, haverá um ganho estrutural muito grande com isso.veja essa medida de outra turbina tesla:
o cavalo-força total do máximo é aproximadamente 130 shp. o diâmetro do disco é 10" com os 29 discos ativos preliminares, mais dois afilou discos da extremidade.
veja que foram usados 27 discos de apenas 25cm de diametro e logrou uma potencia de 130shp !! ainda assim bem acima do que vc precisa.
neste estagio não aconselho a diminuir mais o diametro e sim o numero de discos, pois o diametro do disco está inteiramente ligado ao torque.
Nós somos a consequência do que pensamos.

Avatar do Utilizador

Fendel
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 207
Registado: quarta mai 16, 2007 1:29 am
Localização: Rio Negro PR BR
Estado: Desligado

Re: Eu prefiro um carro a vapor...veja por que!!

Mensagem por Fendel » segunda out 20, 2008 2:53 pm

meus caros

há mais de 30 anos... fiz um gasogênio à lenha picada, num carro com motor de 200 cavalos...
ainda acredito num gasogênio veicular tocado a briquete de carvão vegetal... condicionados em pacotes de papel...
desculpem meus baldes de água gelada...
... mas um livro, ou uma página... aceita qualquer coisa... boa e ruim... e isso é bom.. e ruim...
a baixa eficiência dos ciclos com vapor é devido em grande parte à energia gasta e perdida na evaporação e condensação...
assim, gasta-se pouca energia para bombear água prá caldeira... mas perde-se muita energia no vapor que deixa a turbina a baixa pressão... (bombear vapor requer muita energia...)
quero deixar claro que torço para tudo o que envolve energia definitiva... mas me preocupo muito em desmascarar as informações incorretas, como por exemplo o hidrobobogênio...
aliás esta preocupação, junto com dificuldades de senha, foi o motivo pelo quel demorei a reparticipar deste maravilhoso forum novanergia, pois percebo que meu linguajar é muito radical... e isso traz dificuldades... e interpretações erradas de minhas colocações... radicais...
por força da solicitação, acabo de desenterrar meu livro de termodinâmica... e:
1: o ciclo de vapor prático é ranquine... que tem um rendimento menor do que o teórico carnot...
2: o rendimento teórico máximo, de um ciclo motor vapor, com reaquecimento, regeneração, condensãção e escambau, mal chega em 40%... numa instalação industrial de grande porte... sendo que na prática mal chega a 30%.
3: o desprezado e minúsculo motor elko a ov, chega fácil num rendimento de 40%... e os grandes motores a combustão de navios já lambem os 50%...
4: as turbinas em geral tem rendimento menor do que os motores a pistão... (com os mesmos acessórios)
5: uma caldeira é algo perigoso... melindroso...
6: é impressionante o caudal de água que puxa aquela bombinha tesla que apareceu num dos vídeos postados, com baixa pressão... o que leva por analogia a confirmar que em funcionamento como turbina a vapor, requer também uma alta vazão...
7: para ensaiar uma turbina dessas é fácil... não é necessário fazer a caldeira... bastaria conectar a turbina numa caldeira, redutor e gerador já existentes...
8: para a lavoura irrigada... qual é a vazão do rio? não seria mais indicado uma roda de água e uma bomba? ou um carneiro?
9: as porcas termoelétricas mais eficientes se baseiam num conjunto de turbinas a gás e a vapor...
10: continuo achando a tesla uma turbina interessante, mas que seguramente tem um rendimento não muito alto... e que este é o motivo da falta de dados completos nos artigos e nos ensais...

heb[ ]s
fendel
energias descentralizadas e definitivas.

Responder

Voltar para “Motores à Ar Comprimido ou Vapor”