Nuclear

Energia Nuclear
Gearbest Banner



Responder
Avatar do Utilizador

Master
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 712
Registado: domingo fev 17, 2008 7:06 pm
Localização: Santa Iria de Azóia
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por Master » terça jul 19, 2011 2:57 pm

Nesse ponto de vista só estou de acordo com uma coisa
Se um país têm bomba nuclear, não pode impedir outro de a ter.
È o que se passa agora, como é possível que paises como USA e Russia tenham centenas de bombas nucleares e proibam outros de ter 1....
Como óbvio ninguem deveria ter, mas têm.
Dos Fracos Não Reza a História...


GoogleAds
Membro
Membro
Mensagens: 99999+
Registado: sabado jan 01, 2000 00:01 am
Estado:Ligado


Avatar do Utilizador

sergiomms
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1350
Registado: quinta nov 15, 2007 1:05 pm
Localização: Almada
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por sergiomms » terça jul 19, 2011 7:35 pm

mas eles não proibem, tentam mas não conseguem!
sergiomms

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » quarta jul 20, 2011 9:44 pm

sergiomms Escreveu:mas eles não proíbem, tentam mas não conseguem!
Penso que não é bem assim:
Israel deve ter (mas às escondidas) por ser aliado dos EUA;
O Irão quanto de sanções e pressões para não ter energia nuclear? (que sempre afirmou que seria para fins pacíficos).
Mas quando conseguem levantam voo:
Primeiro: a energia nuclear (para fins pacíficos?).
Segundo:Irão lança segundo satélite em órbita
Terceiro: Bomba atómica (deve ter, e porque não?)
Quarto:Irão planeia enviar barcos de guerra para o Atlântico (outra américa?).
http://novaenergia.net/forum/viewtopic. ... 8&start=80.
Os que têm não querem deixar de ter e não deixam os outros ter.
Os que não conseguem valem-se da guerra química (a dos países pobres) que é tão má como a atómica.
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Avatar do Utilizador

jmal
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 8390
Registado: segunda nov 12, 2007 4:09 pm
Localização: Caldas da Rainha
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por jmal » quarta jul 20, 2011 9:50 pm

bcarmona, é assim, vai-se gastar mais dinheiro para escolher e comprar um terreno para a central do que 10 centrais nucleares, não concordas ? portanto para mim que nem defendo nem contrario vou-me preocupar com centrais nucleares, penso que será mesmo impossível (pelo menos com a cultura actual e com os investimentos que se têm feito para a modernizar) se conseguirá instalar uma central em Portugal.
Cumps Inovadores
Vectrix VX1 Limited - 8 kwh - 20000 kms

Avatar do Utilizador

sergiomms
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1350
Registado: quinta nov 15, 2007 1:05 pm
Localização: Almada
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por sergiomms » quarta jul 20, 2011 10:56 pm

mauri Escreveu:
sergiomms Escreveu:mas eles não proíbem, tentam mas não conseguem!
Penso que não é bem assim:
Israel deve ter (mas às escondidas) por ser aliado dos EUA;
O Irão quanto de sanções e pressões para não ter energia nuclear? (que sempre afirmou que seria para fins pacíficos).
Mas quando conseguem levantam voo:
Primeiro: a energia nuclear (para fins pacíficos?).
Segundo:Irão lança segundo satélite em órbita
Terceiro: Bomba atómica (deve ter, e porque não?)
Quarto:Irão planeia enviar barcos de guerra para o Atlântico (outra américa?).
....
Então foi o que eu referi, depois de tantas sanções ao Irão (que são as tentativas de dissuasão pela energia nuclear) ele conseguiu o que queria. Tem-na para os fins que quiser, agora quero ver o Obama a invadir o Irão por posse de armas de destruição massiva.
Eles bem tentaram, mas não conseguiram :)
sergiomms

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » domingo jul 24, 2011 11:16 pm

sergiomms Escreveu:
mauri Escreveu:
sergiomms Escreveu:mas eles não proíbem, tentam mas não conseguem!
Penso que não é bem assim:
Israel deve ter (mas às escondidas) por ser aliado dos EUA;
O Irão quanto de sanções e pressões para não ter energia nuclear? (que sempre afirmou que seria para fins pacíficos).
Mas quando conseguem levantam voo:
Primeiro: a energia nuclear (para fins pacíficos?).
Segundo:Irão lança segundo satélite em órbita
Terceiro: Bomba atómica (deve ter, e porque não?)
Quarto:Irão planeia enviar barcos de guerra para o Atlântico (outra américa?).
....
Então foi o que eu referi, depois de tantas sanções ao Irão (que são as tentativas de dissuasão pela energia nuclear) ele conseguiu o que queria. Tem-na para os fins que quiser, agora quero ver o Obama a invadir o Irão por posse de armas de destruição massiva.
Eles bem tentaram, mas não conseguiram :)
Agora é simples: é só ler bem o que segue.
Especialista em energia nuclear assassinado em Teerão, Irão
23.07.2011
Um professor de física e especialista em nuclear foi assassinado há poucas horas" em frente da sua casa em Teerão, avançou hoje a agência de notícias Mehr, sem precisar a identidade da vítima.
De certeza que não foram os iranianos que o mataram.
EUA convidam Coreia Norte regressar negociações desarmamento
24 de Julho de 2011
Imagem
Medo ou cobardia?

http://novaenergia.net/forum/viewtopic. ... &start=520
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem


bcarmona
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 112
Registado: terça jun 14, 2011 9:55 am
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por bcarmona » quarta ago 10, 2011 8:53 pm

A energia nuclear será incontornável se a humanidade quiser obter a sua energia de forma ambientalmente sustentável. As energias renováveis não garantem produção em quantidade e estabilidade satisfatórias. As alternativas com combustíveis fósseis são demasiado poluidoras. A energia nuclear é a única que concilia abundância de produção com ausência de emissão de poluentes. Durante este século o Homem será capaz de dominar e industrializar a fusão nuclear e replicar na Terra a forma como se gera a energia nas Estrelas. Nessa altura a sustentabilidade energética da humanidade estará praticamente resolvida. Enquanto não chegamos lá, os avanços que se estão a fazer em tecnologia de centrais de fissão nuclear irão melhorar a sua eficiência e minimizar os defeitos que lhes são apontadas.

Uma das grandes vantagens da energia nuclear sobre todas as outras formas de produção de energia, mesmo o petróleo, é a sua extraordinária densidade. Seja densidade de área usada se quisermos comparar com as renováveis ou densidade do combustível se quisermos comparar com combustíveis fósseis. A densidade na energia é eficiência e a eficiência é limpa.

Densidade energética de área usada
Projecto Hinkley C de 3.300MW
Este é um desenho da futura central nuclear Hinkley C em Inglaterra. Ela será constituída pela EDF e contará com dois reactores Areva EPR de 1.650 MW de potência. Terão uma potência combinada de 3.300 MW. Quando a obra estiver concluída a central vai ocupar 67 ha de terreno, um bem cada vez mais escasso e precioso. Se aplicarmos o factor de capacidade de 0,85 típico destas centrais esta terá uma densidade de 4,18 kW/m2.

Com um factor de capacidade de 0,28 seriam precisos 10,02 GW de potência eólica instalada para replicar, com vento, a mesma energia produzida pela central Hinkley C. Para se ter uma noção este valor representa cerca de 2,5 vezes o parque eólico português. Em número de turbinas traduz-se em 5008 unidades de 2 MW. Embora existam diferenças na densidade de produção de parques eólicos de acordo com a localização e tipo (onshore/offshore) é lícito assumir um valor de 2,7 W/m2 para um parque eólico onshore. Com uma densidade destas, um parque eólico que fornecesse a mesma energia anual que Hinkley C precisaria de 1.222 km2 cerca de 1/4 da superfície do Algarve (5.412 km2). Essa área (122.200 ha) daria para construir 1.823 centrais nucleares Hinkley C. Estas centrais seriam capazes de produzir anualmente 44.794 TWh, ou seja, mais do dobro do consumo mundial de electricidade em 2010 (aproximadamente 18.000 TWh).

As contas são simples mas elucidativas. O terreno, em terra, que um parque eólico precisa de ocupar para gerar tanta electricidade quanto um reactor Areva EPR de 1.650 MW daria, caso ele fosse preenchido de reactores, para abastecer o mundo de electricidade. Sem aumento de poluição ou custo da electricidade.
Densidade energética do combustível
Comboio de transporte de carvão
Aqui também a vantagem do nuclear é óbvia. O núcleo do urânio isótopo U-235 (embora enriquecido com cerca de 3% do mais reactivo isótopo U-238) ao ser quebrado nas centrais nucleares liberta uma energia com uma densidade de de 4,7TWh/l. Os dois reactores de Hinkley C vão produzir cerca de 24,57 TWh/ano, ou seja, vão precisar de cerca de um garrafão de 5 litros de urânio todos os anos.

A densidade energética do diesel (10,94 kWh/l), carvão (6,28 kWh/l) ou Gás natural liquefeito (7,2 kWh/l) são simplesmente de ordens de grandeza diferentes das do urânio na fissão nuclear. É por isso que se, figuradamente uma central nuclear podia ser alimentada com a chávena de café, uma central a carvão precisa de uma linha de comboio.

Supertanker LNG
Naturalmente as proporções mantêm-se na dimensão e consumos energéticos necessários para a extracção e distribuição dos combustíveis. Num mundo dominado por energia nuclear as imagens de supertransportadores LNG e superpetroleiros seriam muito mais raras.

O filme seguinte da autoria do excelente blog Brave New Climate ilustra bem porque razão o mundo não pode passar sem energia nuclear. Para o assunto específico deste post, peço atenção para o minuto 2:10 em que se compara a energia contida numa bola de golfe (a quantidade de energia que uma pessoa precisa durante toda a sua vida) com uma manada de 800 elefantes que é o equivalente energético em carvão.

http://luzligada.blogspot.com/2011/08/n ... trada.html

Avatar do Utilizador

sergiomms
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1350
Registado: quinta nov 15, 2007 1:05 pm
Localização: Almada
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por sergiomms » quarta ago 10, 2011 11:10 pm

Parabéns, está explicito o teu post; apesar de voltares a "embirrar" com a eólica para justificares a tua opinião!
Pegando na tua comparação, em area, o parque eólico ocuparia 1/4 do Algarve, mas poderia ter casas à volta, pessoas a passear, jardins e inclusivamente árvores (desde que mais baixas que o aerogerador), e na central nuclear, não só eram 67ha ocupados, como estariam ocupados com edificios monos.
Esta em Valdecaballeros (Espanha), também ocupa "pouco" espaço.... (até quando?)

Continuo a achar que nós em Portugal (pelo menos ainda) não precisamos da nuclear, se aumentarmos o misto de renováveis, ainda vai dar para uns bons aninhos, e entretanto pode ser que se consiga encontrar outra forma de obter energia (sem nuclearisses).
sergiomms

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » quinta ago 25, 2011 11:53 pm

China "aumenta consideravelmente" risco de acidente nuclear, diz embaixada EUA
25/08/2011

A China está a "aumentar consideravelmente" o risco de um acidente nuclear por investir em tecnologia barata e antiquada, alertou a embaixada norte-americana em Pequim, de acordo com telegramas revelados pela WikiLeaks.

O aviso surge semanas depois de Pequim ter lançado o seu programa de expansão nuclear, que foi temporariamente interrompido para inspecções de segurança depois da crise nuclear de Fukushima, no Japão, em Março deste ano. De acordo com o jornal britânico 'The Guardian', os telegramas revelados esta semana pela organização de Julian Assange, de nacionalidade australiana, indicam que a tecnologia usada no programa nuclear chinês terá cem anos quando dezenas de reactores chegarem ao fim da sua vida útil.

Os documentos diplomáticos destacam também o secretismo do processo de adjudicação das fábricas nucleares, a influência do Governo chinês e as dificuldades de gestão e de supervisão regulatória do sector nuclear da China, em rápida expansão. Para os Estados Unidos, uma das maiores preocupações é que a China está mais interessada em construir os seus próprios reactores, os CPR-1000, em Daya e Ling Ao, do que em apostar em tecnologias mais modernas. "À medida que aumenta a quota de mercado do CPR-1000, a China está a fazer com que, em vez de construir uma frota de reactores de tecnologia de ponta, estará sobrecarregada com tecnologia que, no final da vida útil dos reactores, terá cem anos", lê-se num telegrama de 07 de Agosto de 2008.

A WikiLeaks vai divulgar até ao final do dia de hoje mais de cem mil novos telegramas da diplomacia norte-americana em todo o mundo, adiantou hoje a organização, que começou na quarta-feira a publicar telegramas até agora desconhecidos, incluindo relatórios diplomáticos confidenciais. Já hoje foram divulgados pela WikiLeaks mais de 400 documentos da diplomacia norte-americana em Portugal, bem como sobre Angola, Moçambique e Timor-Leste, entre outros. Esta não é a primeira vez que a WikiLeaks divulga telegramas da diplomacia dos Estados Unidos. A organização fundada em 2006 por Julian Assange ganhou mais importância na cena mundial quando, a 25 de Julho de 2010, filtrou informação de 91 mil documentos secretos sobre a guerra do Afeganistão.

A 22 de Outubro do ano passado, a WikiLeaks voltou a causar grande impacto mundial ao publicar cerca de 391 mil documentos do Pentágono sobre a guerra do Iraque. Mais recentemente, em Novembro de 2010, o site voltou a revelar informação confidencial e comprometedora para a diplomacia norte-americana, quando, através de cinco jornais de referência internacional, publicou mensagens dos diplomatas dos Estados Unidos em todo o mundo.

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior. ... -+Globo%29
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » sexta ago 26, 2011 11:36 am

Fukushima: fuga de césio-137 igual a '168 Hiroshimas'
26/08/2011

A quantidade de césio-137 radioactivo libertada pela central nuclear de Fukushima, na sequência da destruição causada pelos sismo e tsunami de Março deste ano, é equivalente ao que seria emitido se explodissem 168 bombas atómicas iguais à que destruiu Hiroshima durante a II Guerra Mundial.

Imagem

De acordo com o jornal Tokyo Shimbun, citado pelo Daily Telegraph, um relatório do gabinete do primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, entregue ao comité parlamentar para a promoção da tecnologia e inovação indica que foram libertados em Fukushima 15 mil tera becquereis de césio-137, 168 vezes os 89 tera becquereis libertados pela 'Little Boy', bomba de urânio que os EUA lançaram sobre Hiroshima.

Contudo, os peritos nucleares dos governo nipónico consideram que a bomba de Hiroshima, que matou 140 mil pessoas, e as fusões registadas em reactores de Fukushima, que ainda não causaram mortes na população, não podem ser comparadas. "Uma bomba atómica é desenhada para permitir morte e destruição em massa com ondas explosivas, raios de calor e radiação de neutrões", afirmou um especialista ao jornal de Tóquio.

http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interio ... id=1962636
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » domingo out 23, 2011 1:25 pm

Central nuclear espanhola parou produção por altas temperaturas na bomba de refrigeração
23.10.2011 12:58

A central nuclear de Almaraz II, que fica a 100 quilómetros de Portugal, em Cáceres, comunicou ao conselho de segurança nuclear espanhol que parou a produção de um reator devido à presença de "altas temperaturas" numa das bombas de refrigeração.

Segundo a agência espanhola EFE, esta decisão surge como medida preventiva, "e antes que se alcance um valor que pare automaticamente o reator", os responsáveis da central decidiram parar programadamente a produção de eletricidade.

Segundo um comunicado da central nuclear de Almaraz, "os sistemas de segurança atuaram corretamente e a central encontra-se parada".

Esta paragem, informou a central, "não coloca em risco nem as pessoas nem o meio ambiente" e classifica-se, "de forma preliminar", como nivel 0 na escala internacional de sucedidos nucleares.

Já na Suécia, outro reator nuclear foi fechado após um incêndio. O porta-voz da central OKG, Anders Ostberg, afirmou que o incêndio "começou numa turbina do reator 2 por volta da meia-noite de sábado, mas foi rapidamente extinto pelas equipas no local".

Anders Ostberg disse hoje que o incêndio "parece ter sido causado pelo óleo que vazou para uma superfície quente", no entanto, acrescentou que são necessárias mais investigações para "determinar o que causou a fuga de óleo".

A OKG opera três reatores nucleares na cidade de Oskarshamn, a Sul da Suécia.

O país nórdico obtém quase a metade da sua eletricidade a partir de dez reatores nucleares e, recentemente, abandonou os planos de desmantelá-los após grande polémica no país por causa dos acontecimentos no Japão, na central de Fukushima.

http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2011/1 ... frigeracao
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Avatar do Utilizador

BondadeSua
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1520
Registado: quinta mar 11, 2010 10:52 pm
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por BondadeSua » sexta nov 25, 2011 9:47 am

Uma iniciativa que anda em volta do nuclear e do cinema...

Urânio em Movimento
By vitorsilva ⋅ Novembro 14, 2011 ⋅ Post a comment

http://www.campoaberto.pt/2011/11/14/ur ... movimento/

INTERNATIONAL URANIUM FILM FESTIVAL
Extensão do 1º Festival de filmes sobre energia nuclear, no Porto
http://www.uraniumfilmfestival.org/

Ver Programa Completo

Comunicado aos média 003/11,

Vai-se realizar no Porto no Auditório do Grupo Musical de Miragaia:
Rua da Arménia 18, Miragaia/Porto,
nos dias 29 e 30 de Novembro e 6 e 7 de Dezembro, com ínicio ás 21 horas a 1ª parte da extensão a Portugal do 1º Festival de filmes sobre Energia Nuclear.
.........

BondadeSua

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Nuclear

Mensagem por mauri » terça jul 10, 2012 7:30 pm

Centrais nucleares suíças passam teste de resistência a sismos
10.07.2012

As quatro centrais nucleares da Suíça serão capazes de resistir a um sismo grave sem colocar as populações em perigo, concluiu nesta segunda-feira a Inspecção federal para a Segurança Nuclear.

Imagem
Central nuclear de Leibstadt, no Norte da Suíça

“As centrais nucleares suíças podem resistir a um tremor de terra como os que acontecem, no máximo, uma vez em cada 10.000 anos”, disse Georg Schwarz, responsável pelo departamento de centrais nucleares da Inspecção Federal para a Segurança Nuclear (IFSN). “A protecção da população e do ambiente face a uma dose de radioactividade elevada está garantida”, acrescentou, em comunicado.

A IFSN concluiu que o arrefecimento do núcleo e das piscinas de armazenamento de elementos combustíveis continua garantido, mesmo sob o efeito de um tremor de terra. “O limite legal de dose de radioactividade, de 100 milisieverts, é respeitado durante esses incidentes”, acrescenta o comunicado.

O tsunami de 11 de Março de 2011 no Japão, causado por um sismo de magnitude 9 na escala de Richter, provocou um acidente nuclear na central de Fukushima, o mais grave desde a catástrofe de Tchernobil, na Ucrânia, em 1986. Desde então, vários países testaram a capacidade de resistência das suas centrais a acidentes semelhantes.

Em Setembro de 2011, o Parlamento suíço aprovou o abandono progressivo do nuclear. A Suíça conta actualmente com cinco reactores atómicos, que serão desligados da rede até 2034.

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1554250
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Responder

Voltar para “Energia Nuclear”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitante