Página 3 de 3

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta jun 24, 2020 4:35 pm
por rnlcarlov
Aquela fatura era do meu irmão. Aqui em casa tenho bi-horário sim, embora de momento não esteja a beneficiar quase nada com isso. Mas 1 de Julho está a chegar e isso vai mudar ;)

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta jun 24, 2020 8:42 pm
por tlicas
1 de Julho ? Alguma novidade ?

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta jun 24, 2020 9:29 pm
por rnlcarlov
tlicas Escreveu: quarta jun 24, 2020 8:42 pm 1 de Julho ? Alguma novidade ?
Pagamento dos PCNs. Uma vez que tenho três ou quatro postos mobie relativamente perto de minha casa, digamos que tenho aproveitado :lol:

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta jun 24, 2020 10:04 pm
por tlicas
Pensei q tivesse alguma coisa a ver com as CIEG para quem tem fotovoltaico... mas ainda é cedo.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sábado jun 27, 2020 1:05 pm
por rnlcarlov
Campanha promocional

Até dia 31 de Julho estou a correr uma campanha para novas adesões:
10€ em vales de cashback da cashbackworld para potências até 6,9kVA.
20€ para potências acima de 6,9kVA.
Estes vales dão cashback extra em todas as compras efetuadas nas lojas aderentes cashbackworld, incluindo a cashback-power. Os shopping points (SP) que cada loja dá são convertidos em dinheiro extra. Logo por exemplo, numa fatura de electricidade que dê 2€ de cashback e 1 shopping point, com este vale recebe na realidade 3€. Se comprar um vale de 100€ do pingo doce, em vez de receber 2€ de cashback, recebe 3€. Este desconto extra mantém-se até se esgotarem os 10€ do vale.
Clientes existentes que trouxerem um amigo também são elegíveis para receber este vale.
Como estes vales são atribuídos através da plataforma cashbackworld é condição necessária estarem registados como meus amigos, ou como amigos dos meus amigos.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sábado ago 15, 2020 6:31 pm
por rnlcarlov
Como não consigo editar posts antigos, ponho aqui a atualização do histórico de preços, bem como alguns gráficos.

Imagem

Imagem

A campanha promocional continua em vigor até 31 de Agosto.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sábado ago 15, 2020 7:47 pm
por joaocunharamos
A Muon parece-me ter ofertas mais interessantes (ou pelo menos equivalentes). Estes cobram 0.03€/kwh (12*4.49€/1750kWh) de comissão de gestão. Mesmo para altos consumos são 0.02€/kWh. Depois de somar a comissão, o preço final fica acima do da Muon (0.125€/kWh).

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sábado ago 15, 2020 7:52 pm
por joaocunharamos
Freddy_krueger Escreveu: quarta abr 29, 2020 11:53 am É que em 1 ano tanto tenho consumos mensais tanto de 250kwh como de 1400 kwh :shock: :? :oops: (...) despesa de aquecimento (bomba calor 16kw+Ventiloconvectores) vai acabar..
1400kWh mesmo com bomba de calor?!
Não valerá a pena investir em janelas e isolamento?

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sábado ago 15, 2020 8:35 pm
por rnlcarlov
joaocunharamos Escreveu: sábado ago 15, 2020 7:47 pm A Muon parece-me ter ofertas mais interessantes (ou pelo menos equivalentes). Estes cobram 0.03€/kwh (12*4.49€/1750kWh) de comissão de gestão. Mesmo para altos consumos são 0.02€/kWh. Depois de somar a comissão, o preço final fica acima do da Muon (0.125€/kWh).
Depende sempre do consumo e da potência. Por exemplo em casa de um familiar gasta cerca 3500kWh anuais com 3.45kVA, logo a tarifa de gestão sai a 1,5 cêntimos por kWh. E o preço da potência contratada também é ligeiramente mais baixo.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quinta ago 20, 2020 8:32 am
por Freddy_krueger
joaocunharamos Escreveu: sábado ago 15, 2020 7:52 pm 1400kWh mesmo com bomba de calor?!
Não valerá a pena investir em janelas e isolamento?
Casa antiga de início século XX - construção pedra Xisto (paredes extra largas exteriores) 2 andares cada 1 com pé alto a rondar os 3,8m/3,9m (um mais alto que o outro)... tenho telhado (estrutura madeira e telha) isolado com lã de rocha no piso do sotão... janelas em aluminio com corte térmico e vidro duplo (instaladas 2015)... parte nova da casa (1 divisão) em pladur com isolamento e exterior capoto 40mm)...

Os únicos problemas em termos de isolamento são:
- Portas de madeira para exterior recentes mas iguais às antigas... são 3... já colocámos algum isolamento (tipo Tesa) mas tem ainda algumas perdas... foi equacionado mudar para outro tipo de porta mas para manter estética da casa, mantivemos portas em madeira que foram feitas como cópia das originais (estéticamente).
- Chão R/C que é soalho original (foi estas férias afagado e envernizado por mim e pela mulher) e por baixo só tem as traves e solo... ainda pensei em tentar de alguma forma isolar a casa do solo, mas fui informado que as melhorias não seriam assim tão grandes para o trabalho (o piso original será para manter pois está impecável, mesmo com +100 anos).

Quando foi montado sistema aquecimento já sabíamos das limitações da casa....mas é a "nossa casa de sonho" - comprámo-la de olhos fechados quase - após uma visita de 15 minutos sem sequer termos luz lá... só depois de comprada reparámos que tinha forno a lenha por exemplo... antiga por fora e por dentro com algumas melhorias em conforto (janelas, aquecimento)....

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sexta out 02, 2020 12:47 pm
por Freddy_krueger
rnlcarlov Escreveu: sábado ago 15, 2020 8:35 pm Depende sempre do consumo e da potência. Por exemplo em casa de um familiar gasta cerca 3500kWh anuais com 3.45kVA, logo a tarifa de gestão sai a 1,5 cêntimos por kWh. E o preço da potência contratada também é ligeiramente mais baixo.
Mandei-te uma MP mas está na caixa de saída... consegues PF me contactar para verificarmos simulação e eventual mudança?

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: sexta out 09, 2020 6:19 pm
por rnlcarlov
Atualização para Outubro

Imagem

A campanha promocional para novas adesões continua até 30 de Outubro

10€ em vales da cashbackworld para potências ate 6.9kVA
20€ para potências acima de 6.9kVA.

Os vales podem ser sob a forma de vales de cashback ou uma mistura de cashback e-vouchers, conforme escolha do cliente.

Relembrando, vales de cashback dão cashback extra em todas as compras efetuadas nas lojas aderentes cashbackworld, incluindo a cashback-power. Os shopping points (SP) que cada loja dá são convertidos em dinheiro extra. Logo por exemplo, numa fatura de electricidade que dê 2€ de cashback e 1 shopping point, com este vale recebe na realidade 3€. Se comprar um vale de 100€ do pingo doce, em vez de receber 2€ de cashback, recebe 3€. Este desconto extra mantém-se até se esgotarem os 10€ do vale.
E-vouchers podem ser abatidos directamente na compra de cartões presente. Por exemplo, tendo um e-voucher de 5€ pode-se comprar um vale da Fnac de 10€ por apenas 5€.

Também se mantém a campanha de trazer novos amigos.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta out 14, 2020 3:25 pm
por t3lmo
Dúvidas:
- Existindo um fee de gestão por energia base anual porque é referido que não varia com o consumo anual?
- Qual o fee para valores de energia base anual superiores aos mencionados para cada escalão de potência?
Ex. > 5000 kWh/ano em 3.45 kVA

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta out 14, 2020 7:02 pm
por rnlcarlov
t3lmo Escreveu: quarta out 14, 2020 3:25 pm Dúvidas:
- Existindo um fee de gestão por energia base anual porque é referido que não varia com o consumo anual?
- Qual o fee para valores de energia base anual superiores aos mencionados para cada escalão de potência?
Ex. > 5000 kWh/ano em 3.45 kVA
A formulação da frase não foi a mais feliz. Aqui o sentido é que a tarifa de gestão é um valor fixo mensalmente e não varia mês a mês, proporcionalmente com os kWh consumidos. A ideia central era ter um único valor por potência contratada, independente por completo do consumo. Mas nos escalões de 3.45kVA-6.9kVA existe uma grande variabilidade de consumos. Embora o tarifário power light seja mais competitivo para os maiores consumos, criaram-se duas subdivisões nessas potências para poder chegar a pessoas com consumos mais modestos. Por exemplo, nos 3,45kVA criaram-se as tarifas de 2,49 e 3,49 mensais para consumos anuais inferiores a 1000 e 1750kWh, respetivamente. Daí para cima a tarifa é sempre a mesma, não importa se são consumidos 5000 ou 10000kWh.

Só para tornar mais claro, tirando os tais casos de baixos consumo, o consumo base anual serve apenas como tecto dos benefícios promocionais - o cashback. Logo quando aparece 2500kWh consumo base anual, o que significa é que os 2% extra de cashback sobre o consumo estão limitados 2500kWh por ano. Acima disso deixa de contar o cashback.

Re: Novo fornecedor de eletricidade renovável low-cost

Enviado: quarta out 14, 2020 8:06 pm
por t3lmo
A informação como está levanta muitas dúvidas afastando potenciais interessados, tanto na frase mencionada como nos limites das tabelas (todos com <= e sem mais intervalos de fees para os restantes valores).