moinho

Neste local pode discutir todos os assuntos relacionados com esta forma de produzir energia.
Avatar do Utilizador

José Luís Cabete
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 314
Registado: sábado jun 23, 2007 3:31 pm
Localização: QUIAIOS
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por José Luís Cabete »

para qualquer coisa dar o máximo do seu potencial, é necessário olhar bem de perto cada pormenor. aqui vou colocar algumas coisas de todo importantes. a altura da queda da agua é fundamental, o rodízio tem que ter um bom raio, e as pás do mesmo devem ser colocadas de modo a aproveitar toda a energia da água, a forma como o jacto de água é direccionado para o rodízio é crucial, depois todos os eixos das desmultiplicações devem rolar sem qualquer prisão.

caro bentos a ideia está boa, continua, mas terás que melhorar a parte mecânica.
EU QUERO UM CARRO ELETRICO JÁ!

Avatar do Utilizador

BRICOLEIRO
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 193
Registado: quarta set 24, 2008 7:32 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por BRICOLEIRO »

amigo bentos já vi que não queres investir muito. deves ter medo que uma cheia te leve tudo por água abaixo. mas se em vês de utilizares um alternador de automóvel, utilizasses um alternador de baixa rotação, não tirarias mais rendimento do teu engenho.


Autor do tópico
Bentos
Membro
Membro
Mensagens: 24
Registado: sábado set 20, 2008 11:44 am
Localização: sertã
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Bentos »

pois é a altura da queda nao chega a um metro e o rodisio era o do moinho e no entanto tudo funcionava e eram três mós a trabalhar. uma duvida que tenho é se comprasse umgerador que funcionasse a 300 rpms 1000w , precisava de ter baterias ou podia ter o comversor sempre directo? sempre poupava uns trocos.
a parte mecanica da "coisa", como a sra minha esposa lhe chama,esta assim feia porque esta na fase de experiencias,se realmente funcionasse ,faria as coisas como deve de ser.

Avatar do Utilizador

BRICOLEIRO
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 193
Registado: quarta set 24, 2008 7:32 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por BRICOLEIRO »

amigo bentos é claro que tens que comprar baterias para acumular a energia produzi da. também terás que comprar um regulador ,para controlar a carga das baterias. se o motor produzir corrente alterna também terás que a rectificar para corrente continua. depois se optares por alimentar tudo a 220v terás que ter um inversor de 12 ou 24v para 220v, de maneira que possas alimentar uma habitação normal. é claro que tudo depende da capacidade das baterias e dos w. de capacidade do inversor.

Avatar do Utilizador

José Luís Cabete
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 314
Registado: sábado jun 23, 2007 3:31 pm
Localização: QUIAIOS
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por José Luís Cabete »

amigo bentos, essa queda de água que não chega á altura de um metro é muito pouco, vai daí não é viável qualquer bom investimento talvez só uma boa brincadeira.
EU QUERO UM CARRO ELETRICO JÁ!


cascavelo
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 68
Registado: quarta ago 12, 2009 11:18 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por cascavelo »

bentos Escreveu:pois é a altura da queda nao chega a um metro e o rodisio era o do moinho e no entanto tudo funcionava e eram três mós a trabalhar. uma duvida que tenho é se comprasse umgerador que funcionasse a 300 rpms 1000w , precisava de ter baterias ou podia ter o comversor sempre directo? sempre poupava uns trocos.
a parte mecanica da "coisa", como a sra minha esposa lhe chama,esta assim feia porque esta na fase de experiencias,se realmente funcionasse ,faria as coisas como deve de ser.
[gmap=][/gmap]

com esta queda de um metro você não vai conseguir gerar a potência de de 1000w, quando ligar a carga ao gerador a rotação cairá a menos de 100 rpm.
calculando: queda 1m x vazão 30 litros por segundo x 5 = 150w no máximo.
mesmo assim você teria de substituir a roda dágua horizontal por uma vertical, para poder aproveitar todo o peso da água.
uma roda dágua vertical de 80 cm com esta caida dágua roda no máximo de 50 a 60 rpms. fazendo a multiplicação com polias e correias da pra chegar facilmente a 800 rpms. o problema é que a potencia gerada será muito baixa e você não encontrará nehum gerador a venda que funcione nestas condições. teria que modificar um alternador automotivo ou construir um gerador de imãs permanentes.
você encontra isto aqui no forum é só pesquisar.

Avatar do Utilizador

BRICOLEIRO
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 193
Registado: quarta set 24, 2008 7:32 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por BRICOLEIRO »

amigos não sei se algum de vós já viu um moinho de água. aqueles que há lá na minha terra têm um açude para acumolação de água, que é canalisada para uma garganta que passa por baixo do moinho, essa água ao passar na roda de água movimenta mós com mais de 300kg de peso. também têm uma comporta na entrada da gerganta para dosear a água. se o moinho do bentos for deste tipo acho que tem capacidade de produzir perfeitemente os 1000w.


Autor do tópico
Bentos
Membro
Membro
Mensagens: 24
Registado: sábado set 20, 2008 11:44 am
Localização: sertã
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Bentos »

como disse o amigo bricoleiro o acude ,o canal de agua e o peso das pedras esta correcto o moinho é mesmo desses.


cascavelo
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 68
Registado: quarta ago 12, 2009 11:18 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por cascavelo »

bricoleiro Escreveu:amigos não sei se algum de vós já viu um moinho de água. aqueles que há lá na minha terra têm um açude para acumolação de água, que é canalisada para uma garganta que passa por baixo do moinho, essa água ao passar na roda de água movimenta mós com mais de 300kg de peso. também têm uma comporta na entrada da gerganta para dosear a água. se o moinho do bentos for deste tipo acho que tem capacidade de produzir perfeitemente os 1000w.
em minha terra natal, minas gerais, existiam muitos destes para moer milho, minas é o estado mais montanhoso do brasil e as quedas dágua são inúmeras, em minha cidade natal existem 75 quedas de grande porte, de pequeno porte devem passar de quinhentas, a maioria dos moinhos já está desativado, eu mesmo tenho um pequeno desativado por falta de água, é necessário um grande volume de água pra movimentar a roda dágua quando se tem pouca queda, para um metro de queda é necessário mais de 50 litros por segundo, um volume de água corrente considerável e é necessário que a roda fique na vertical pra aproveitar todo o peso da água, mesmo assim o máximo que se consegue em termos de eletricidade são uns míseros 200 watts.
quando ao peso das mós, elas ficam perfeitamente balanceadas em um eixo vertical, rodam facilmente com as mãos, o esforço é somente para triturar os grãos que passam entre elas.

Avatar do Utilizador

Tiengenhocas
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 181
Registado: domingo out 07, 2007 6:34 pm
Localização: Nazaré
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Tiengenhocas »

acho que o problema do amigo bentos está na multiplicação de rotação
penso que a roda de água andava mais rápido do que as mós, e assim, tinha uma desmultiplicação, o que resultava num aumento de potencia
uma multiplicação resulta numa enorme perda de potencia
sendo assim;precisamos de saber a rotação da roda de água em vazio?
e também dava jeito saber a rotação das mós?
Imagem 2.jpg
Imagem 2.jpg (65.83 KiB) Visto 9644 vezes

Avatar do Utilizador

mauri
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7877
Registado: sexta set 04, 2009 1:04 am
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por mauri »

estou a ler com bastante interesse este tópico e noto que há uma grande diferença de cálculos entre o bricoleiro (1000w) e o cascavelo (200w).
queiram continuar, sempre quero ver se bentos tem electricidade, se não e que quantidade.
Imagem
Associado 69Imagem
Antes de abrir um tópico utilize a Pesquisa
Prece
Imagem

Avatar do Utilizador

BRICOLEIRO
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 193
Registado: quarta set 24, 2008 7:32 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por BRICOLEIRO »

se o amigo cascavelo assim o diz, quem sou eu para o contrariar. mas com a força que eu via a água mover aquelas pasadas mós pencei que também podece mover um alternador de 12 ou 24v e 1000w. este tipo de alternador montado num aerogerador com umas pás de 1,8m de diametro e bom vento atinge com facilidade estes valores.


Fredy Medeiros
Novo membro
Novo membro
Mensagens: 2
Registado: sábado jan 16, 2010 8:30 pm
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Fredy Medeiros »

amigo bento
só por curiosidade , essa roda d agua movimentava o que ?
algum moinho pra fazer farinha?
acho que ela deveria ter força o suficiente para girar um alternador...


Autor do tópico
Bentos
Membro
Membro
Mensagens: 24
Registado: sábado set 20, 2008 11:44 am
Localização: sertã
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Bentos »

aquela roda de agua "rodizio" estava ligada directamente a mó não havia nem ha desmultiplicações nenhumas neste tipo de moinhos de farinha.apenas não tinhao de fazer grande esforço pois estao perfeitamente equilibradas no seu eixo .aora a carregar a bateria perde muita força devido a desmuiltiplicação embora rode tudo muito leve quando o alternador nao esta exitado.

Avatar do Utilizador

Tiengenhocas
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 181
Registado: domingo out 07, 2007 6:34 pm
Localização: Nazaré
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Tiengenhocas »

bentos Escreveu:aquela roda de agua "rodizio" estava ligada directamente a mó não havia nem ha desmultiplicações nenhumas neste tipo de moinhos de farinha.apenas não tinhao de fazer grande esforço pois estao perfeitamente equilibradas no seu eixo .aora a carregar a bateria perde muita força devido a desmuiltiplicação embora rode tudo muito leve quando o alternador nao esta exitado.
os alternadores tem um mau rendimento, nem para os caros são bons, já estão a ser substituídos por geradores com ímanes que também fazem de motor de arranque.
nas motos só se utilizam geradores com ímanes.
modifiquei vários alternadores, em alguns deles a bobine para criar o campo magnético chega a uma corrente de quatro amperes, o que provoca uma grande prisão e uma enorme perda de energia.
nos aerogeradores o melhor rendimento que consegui foi com multiplicações entre dois e três com pás muito bem feitas para irem a rotações altas, o que deu mais corrente foi em veio directo as pás chegaram a passar as 2000 rpm. com ímanes as rotações são muito mais baixas e o rendimento muito melhor.

Avatar do Utilizador

jmal
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 8390
Registado: segunda nov 12, 2007 4:09 pm
Localização: Caldas da Rainha
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por jmal »

tiengenhocas Escreveu:
bentos Escreveu:aquela roda de agua "rodizio" estava ligada directamente a mó não havia nem ha desmultiplicações nenhumas neste tipo de moinhos de farinha.apenas não tinhao de fazer grande esforço pois estao perfeitamente equilibradas no seu eixo .aora a carregar a bateria perde muita força devido a desmuiltiplicação embora rode tudo muito leve quando o alternador nao esta exitado.
os alternadores tem um mau rendimento, nem para os caros são bons, já estão a ser substituídos por geradores com ímanes que também fazem de motor de arranque.
nas motos só se utilizam geradores com ímanes.
modifiquei vários alternadores, em alguns deles a bobine para criar o campo magnético chega a uma corrente de quatro amperes, o que provoca uma grande prisão e uma enorme perda de energia.
nos aerogeradores o melhor rendimento que consegui foi com multiplicações entre dois e três com pás muito bem feitas para irem a rotações altas, o que deu mais corrente foi em veio directo as pás chegaram a passar as 2000 rpm. com ímanes as rotações são muito mais baixas e o rendimento muito melhor.

estás a falar dos hibridos certo, nesses o motor eléctrico é gerador/motor de arranque do motor térmico e também motor de assistência.
Cumps Inovadores
Vectrix VX1 Limited - 8 kwh - 20000 kms

Avatar do Utilizador

Tiengenhocas
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 181
Registado: domingo out 07, 2007 6:34 pm
Localização: Nazaré
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Tiengenhocas »

jmal Escreveu:
tiengenhocas Escreveu:
bentos Escreveu:aquela roda de agua "rodizio" estava ligada directamente a mó não havia nem ha desmultiplicações nenhumas neste tipo de moinhos de farinha.apenas não tinhao de fazer grande esforço pois estao perfeitamente equilibradas no seu eixo .aora a carregar a bateria perde muita força devido a desmuiltiplicação embora rode tudo muito leve quando o alternador nao esta exitado.
os alternadores tem um mau rendimento, nem para os caros são bons, já estão a ser substituídos por geradores com ímanes que também fazem de motor de arranque.
nas motos só se utilizam geradores com ímanes.
modifiquei vários alternadores, em alguns deles a bobine para criar o campo magnético chega a uma corrente de quatro amperes, o que provoca uma grande prisão e uma enorme perda de energia.
nos aerogeradores o melhor rendimento que consegui foi com multiplicações entre dois e três com pás muito bem feitas para irem a rotações altas, o que deu mais corrente foi em veio directo as pás chegaram a passar as 2000 rpm. com ímanes as rotações são muito mais baixas e o rendimento muito melhor.

estás a falar dos hibridos certo, nesses o motor eléctrico é gerador/motor de arranque do motor térmico e também motor de assistência.
certo! são os híbridos. e este é um alternador de mota
mota2.jpg
mota2.jpg (42.22 KiB) Visto 9523 vezes

Avatar do Utilizador

Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Josenir »

tiengenhocas Escreveu:os alternadores tem um mau rendimento, nem para os caros são bons, já estão a ser substituídos por geradores com ímanes que também fazem de motor de arranque.
nas motos só se utilizam geradores com ímanes.
modifiquei vários alternadores, em alguns deles a bobine para criar o campo magnético chega a uma corrente de quatro amperes, o que provoca uma grande prisão e uma enorme perda de energia.
nos aerogeradores o melhor rendimento que consegui foi com multiplicações entre dois e três com pás muito bem feitas para irem a rotações altas, o que deu mais corrente foi em veio directo as pás chegaram a passar as 2000 rpm. com ímanes as rotações são muito mais baixas e o rendimento muito melhor.
isso aconteceu porque você tentou usar um alternador original, do jeito que ele é usado no automóvel, e assim realmente não funciona. aí é querer demais: encontrar geradores eólicos prontos para usar, aos montes e a custo quase zero ! isso seria uma mina de ouro.
para se ter bom resultado em qualquer coisa é preciso trabalho. existe muita gente mundo afora desmontando motores, refazendo o bobinamento e adicionando ímãs para conseguir um gerador eólico com um mínimo de rendimento.
se a coisa fosse realmente fácil, as turbinas eólicas teriam baixíssimo custo, e a energia eólica seria a salvação da humanidade.

a minha experiência com o alternador automotivo é bem diferente. refiz o bobinamento com o triplo do número de espiras e construi um novo regulador de tensão, e o resultado é que o alternador começa a gerar com apenas 200 rpm e produz aproximadamente 300w com 900 rpm, usando hélice de 4 pás de alumínio de 1m, e com vento de 8 m/s. e o projeto está publicado aqui no forum para quem quiser tirar a prova.
http://novaenergia.net/forum/viewtopic.php?f=79&t=8127

estou terminando de montar uma pequena fábrica de fundo de quintal e nos próximos 30 dias vou começar uma pequena produção comercial da minha turbina eólica baseada no alternador automotivo. já recebí as primeiras encomendas.

e o principal: já começo com o compromisso de vender a um preço justo, pois sou um daqueles que não concorda com os preços exorbitantes das turbinas vendidas comercialmente.
Gerax_400.JPG
Gerax_400.JPG (78.59 KiB) Visto 9516 vezes

Avatar do Utilizador

Tiengenhocas
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 181
Registado: domingo out 07, 2007 6:34 pm
Localização: Nazaré
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Tiengenhocas »

ok, josenir. comecei a mexer em alternadores por volta de 1965 tentei de tudo, até aquilo que ainda não lhe passou pela cabeça, desde modificar bobinagens ( o melhor resultado foi com 12 bobines por fase 45 espiras por bobine) excitação por impulsos, auto excitação a partir do centro da ligação estrela com comutação para a parte exterior quando o vento era forte e até dois alternadores em série numa tentativa de passar os 500w, mas o que me fez mesmo desistir foi a manutenção 2 anos e ficava sem escovas e sem colector, os rolamentos também não aguentam tanto tempo a rodar de noite e de dia. a correia normal cónica também não aguenta ao fim de pouco tempo está em metade da espessura.
servem para gerar alguma energia mas não passam de brinquedos com muita manutenção

passei a modificar motores e a usar ímanes, os resultados foram muito melhores por terem mais pólos e mais espaço para fio, mas tinham muita prisão, a solução foi utilizar pás de paço variável para facilitar o arranque e para limitar a velocidade quando o vento era muito forte

mais informação aqui:http:http://novaenergia.net/forum/viewtopic. ... 3&start=20
75022559fh4.jpg
75022559fh4.jpg (36.76 KiB) Visto 9508 vezes
quanto ao alternador/motor de arranque, uma marca francesa está a aplicar entre o motor e a caixa de velocidades dos carros de serie

Avatar do Utilizador

Tiengenhocas
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 181
Registado: domingo out 07, 2007 6:34 pm
Localização: Nazaré
Estado: Desligado

Re: moinho

Mensagem por Tiengenhocas »

encontrei este alternador para roda de agua
http://www.youtube.com/watch?v=kxkq341ansy

Responder

Voltar para “Energia hídrica”