Uma Vectrix catalã em Lisboa

Local ideal para diário de bordo dos Motociclos / Ciclomotores eléctrico
Responder
Avatar do Utilizador

ricardocruzs2
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1562
Registado: sábado mai 21, 2011 8:06 pm
Localização: Viseu
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por ricardocruzs2 »

Muitos Parabéns pela aquisição e pelo excelente relato sobre todos os passos que tiveste que dar relativamente à legalização ;) são informações de muita utilidade,

Relativamente à vectrix, já aqui tinha dito que se não tivesse a minha já há muito que a teria ido buscar... :)
________________________
650 km a bordo de uma Sw Predator Modelo C
16000.0 Km a bordo de uma Vectrix electric Scooter

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 15903
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por serges »

Os meus parabéns e tive todo o gosto em conhecer te, realmente o teu capacete era muito giro mas já com alguma idade...

Parabéns pela partilha de informação pois é importante.

Obrigado e olha continua...

Guarda esses contactos.. podem servir mais tarde
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

serges Escreveu:Os meus parabéns e tive todo o gosto em conhecer te, realmente o teu capacete era muito giro mas já com alguma idade...

Parabéns pela partilha de informação pois é importante.

Obrigado e olha continua...

Guarda esses contactos.. podem servir mais tarde
O novo, embora não seja o que queria, também gosto bastante...

Imagem

Queria comprar o azul ou vermelho, mas este (cinzento) ficou-me em metade do preço de mercado, porque a empresa está em liquidação.
A quem interessar, tinham ainda um RPHA ST Terrain MC-1 (200€), um RPHA ST Knuckle MC-4HF (200€) e uns IS-17 ... ;)

Aproveito para falar deste capacete...
Relativamente ao Shark S500 Spacer que usava antes, não me parece que faça menos barulho. No entanto é um barulho mais contínuo... imaginem irem no vosso carro com o vidro ligeiramente aberto... o barulho que ouvem vai variando de intensidade consoante a direcção do vento (o Shark é assim)... se levarem os vidros fechados, ouvem um barulho contínuo do carro a passar pelo ar (o HJC é assim).
Também já dei conta que este capacete cria maior estabilidade com a velocidade, ou seja, quando giramos a cabeça, faz mais resistência, logo mais força no pescoço.
A narigueira devia ser maior, porque a baixa velocidade facilmente embacia a viseira (dos ~50Km/h para cima já não embacia). Ainda não montei o pin-lock, por isso talvez isto não seja um verdadeiro problema. :oops:
A entrada de ar no topo do capacete funciona bem e sente-se bem a passagem de ar na careca (uns vão sentir mais que outros :mrgreen: ).
O sistema de aperto por duplo anel não é tão prático como o de fecho ou micrométrico, mas habituamo-nos.
O ângulo de visão horizontal é menor que no Shark e esta é a minha única verdadeira crítica! :|

Quando pensei em comprar capacete, comecei por ver os NEXX ST-1, mas em 2 lojas (RodoAventura e box46) disseram-me que os NEXX embora bons, tinham sempre alguma coisa para ir reparando. Na box46 chegaram-me a dizer que os NEXX ainda precisavam de mais uns anos de mercado para chegarem ao nível dos HJC/Shoei. Ambas sugeriram os HJC e por isso comecei a namorá-los. Quando descobri esta venda, emboram não tivessem o que queria comprar, não podia virar as costas ao facto de estarem a metade do preço de mercado, sendo inclusive cerca de 100€ mais barato que um NEXX ST-1 (plain)!
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

18.328 Km (08.10.2014)


De manhã, depois de no dia anterior ter feito os habituais 28km, parti em direcção ao emprego (14,1km), para depois ao final do dia seguir em direcção ao Barreiro, via ponte 25 de Abril.
Sabia que teria que controlar o andamento, pois no total iria totalizar cerca de 75km e como já tinha ficado a pé com ~85km... :roll:

Apesar do cuidado, pouco antes da saída da A2 para Fernão Ferro, aparece a luz da bateria. :?

Desviei de imediato para o Centro Comercial Rio Sul, onde cheguei sem sinais de a bateria fraquejar, entrei no estacionamento e comecei à procura de uma tomada. Não encontrei nenhuma, por isso parei e fui perguntar no balcão de informações, onde não estava ninguém. Pelo intercomunicador falei com um operador e expliquei a situação. Disse-me que não tinham nenhum ponto de carga... :shock: ...insisti, expliquei que não tinha carga nenhuma e que precisava mesmo de carregar alguma coisa... respondeu-me que iria mandar um segurança ter comigo. Passados uns minutos aparece um segurança que me disse que por especial autorização de um responsável do centro comercial, autorizaram um técnico da manutenção a abrir um tomada no parque de estacionamento onde pudesse carregar. :D
Quando o técnico chegou, acabamos por acordar em carregar na arrecação da Manutenção, porque aí as tomadas estavam livremente acessíveis. No caminho para lá, fiquei a saber que o segurança tinha tido uma quase-scooter eléctrica, mas por ter baterias de chumbo, rapidamente se estragaram, deixando-o desiludido com a mobilidade eléctrica. Ainda tentei convence-lo a não desistir, mas não creio que tenha resultado. :|

Como estava na hora do jantar, aproveitei para comer... já estava sentado quando me lembrei que o carregador estava configurado para carregar a 500w... :roll:

Depois de ~1h a carregar, fui ver da Catalã... tinha carregado 2 barras... teria que dar para fazer os últimos 10km... :geek:

Já no meu destino, coloquei novamente à carga, mas desta vez a 1500w... :) ...quando regressei a Lisboa, como não tinha a carga completa e a auto-estrada não tinha muito movimento, fi-lo com bastante calma.

Marcava 18.379 km quando estacionei na garagem, à carga a 500w, para usar no dia seguinte.


P.S.:
Não sei o nome do responsável do Centro Comercial Rio Sul que autorizou a carga, mas fica aqui o meu agradecimento público. ;)
Falta no entanto contactá-los e sensibilizá-los para a disponibilização de tomadas onde potenciais clientes pudessem carregar.
Última edição por zeuz em segunda nov 17, 2014 1:12 am, editado 2 vezes no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

Mumia
Moderador
Moderador
Mensagens: 5451
Registado: quinta out 14, 2010 11:48 am
Localização: Carcavelos
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por Mumia »

uma bela marca ;)

ehehehe sao estas histórias que nos fazem rir depois de acontecerem... que no momento não vejo piada alguma :lol: mas faz parte desta nossa aventura ;)
Queimo, mas apenas electrões....
SW Predator GTI 40ah - "Taser" - 3100km + Vectrix Vx-1 "Cavalo Branco" - 41900Km

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5634
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por Emanuel Couto »

Mas que grande aventura... pelo menos teve um final feliz ;)

Pois... o tipo foi um porreiro :)

Bela marca.
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

18.449 Km (11.10.2014)

Estava na altura de mudar o pneu traseiro e a chegada das chuvas e tempestades dos últimos dias tornaram essa manutenção urgente. :?

Inicialmente pensei em montar um Michelin CityGrip, porque é esse modelo que está montado à frente e assim ficava com borrachas iguais nos 2 eixos.
No V is for Voltage este modelo tinha boas críticas, por isso iniciei a procura de um sítio onde comprar e/ou montar.
Ao mesmo tempo decidi perguntar às 2 pessoas que conheço em PT com mais Km feitos numa Vectrix onde tinham feito as suas trocas e o que achavam do Michelin CityGrip. Depois da troca de umas PM's, acabei por optar por um Pirelli Diablo. :lol:

A compra e montagem acabou por ser feita onde pretendia fazer a revisão, pelo que aproveitei para pedir a troca do óleo da transmissão, do óleo dos travões e a substituição das pastilhas dos travões. As pastilhas ainda tinham ferodo, por isso a troca ficou para mais tarde. Viva a travagem regenerativa! 8-)

Fui buscá-la num Domingo e a ideia seria seguir directo para o Barreiro, mas a chuva e vento estavam muito fortes, por isso acabei por deixá-la na garagem e seguir de carro... :(

Na 2ª-feira seguinte dei graças por já tê-lo trocado... a rotunda do Sr. Roubado estava cheia de lama! :o Contornei toda a rotunda com os pés de fora, com pouca aceleração e inclinação... :?

Após a revisão, e como resultado da troca de informações (obrigado Nuno!), tenho conduzido sempre com o modo de debug activo. A ideia é manter o consumo de energia abaixo dos C 040, estendendo assim ao máximo a autonomia. Com este cuidado na condução, em andamento vejo menos diferença entre a célula mais alta e a mais baixa, embora mesmo assim veja diferenças de +020 nos valores no mostrador central... :| ...tenho também feito 2 dias de viagens (~60km) antes de colocar à carga, na ideia de forçar uma maior equalização das células.

Cheguei ao final de Outubro com 429 Km registados no SpritMonitor e um consumo total estimado de 4,21€.
Última edição por zeuz em sábado nov 22, 2014 4:56 pm, editado 1 vez no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

18.829 Km (02.11.2014)

Dia de passeio ao Cabo da Roca! 8-)

Imagem

Parti de manhã em direcção a Cascais, com bom tempo, tendo como destino um dos seus Mobi.e., onde iria encontrar os restantes cavaleiros da ordem dos electrões. :lol: Acabei por cruzar-me com eles na praia de Carcavelos e lá seguimos em caravana até ao destino. Uma vez lá, deu-se de comer às máquinas e aproveitamos também nós para comer e conversar um pouco. Passados uns 30 min, voltamos à estrada, com destino ao Cabo da Roca. O Mumia foi o líder da caravana. Pelo caminho, ainda deu para ver que na condução continuamos a ser um país de 3º mundo... :roll:
Uma vez lá chegados, chamamos a atenção de alguns mais curiosos/conhecedores, mas só ficamos verdadeiramente rodeados quando chegou o Seal na Brammo Empulse R.

Depois de uns minutos por lá, foi tempo de regressar à base. Desta vez fui eleito o líder da caravana"... acho que por vezes esticava-me nas retomas de velocidade, porque pelo retrovisor via que deixava o Mumia e o Serges para trás... estava a gostar das curvas, peço desculpa... :oops: ...a dada altura, mais uma prova da imbecilidade de alguns "motociclistas"... já tinha reparado pelo retrovisor que vínhamos acompanhados de outra scooter, mas mesmo assim fui surpreendido quando chegou-se à minha traseira... circulou alguns metros colado a mim até decidir ultrapassar-me... como muitos carros ultrapassam bicicletas! :evil: Será assim tão difícil perceberem que se o outro motociclista se desvia por algum motivo, caiem os dois! :evil:
Em 2003 quando andava de XT600E eram os enlatados que eram bestas para os motociclistas, mas agora tenho também sentido na pele a imbecilidade de outros "motociclistas", porque já não foi a primeira vez que isto aconteceu... :( ...Será consequência de permitirem conduzir motociclos A1 com carta de categoria B ? :|

Na paragem em Cascais decidi continuar viagem até casa, porque já tinha outros afazeres. Mais tarde isto revelou ser um erro, porque tive mesmo que parar no Centro Comercial Alegro para carregar... :roll: ...os últimos metros foram já feitos comigo a tentar ajudar o motor a mover a mota, embaraçando assim os restantes condutores no acesso ao parque de estacionamento... :oops: ...agora, depois de pensar um pouco no assunto, compreendo que deveria antes ter parado, desligado por uns minutos a "ignição" e depois então ter novamente ligado a "ignição" e continuado até junto de uma tomada... live and learn... :roll: ...como entrei no piso -2, não encontrei as tomadas para carregar (estão no piso -1)... :oops: ...valeu-me um funcionário da StarWash que me disponibilizou uma das tomadas deles para carregar um pouco (voltei a esquecer-me do carregador a 500w)...

No final do dia percorri 118,6km e à minha custa foram 4,4Kwh.
Última edição por zeuz em sábado nov 22, 2014 4:56 pm, editado 1 vez no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

Com a chegada da chuva e do tempo frio, preciso de me proteger nas pernas e nas mãos, pois um dia mais tarde este frio nas articulações pagasse caro! ;)

Para proteger as pernas, comecei com a ideia de comprar um cobre-pernas (apron), mas acabei por desistir da ideia.
Vi que tinha como alternativas encontrar um cobre-pernas oficial ( :lol: , lírico!), comprar um da OJ de alguma scooter parecida, comprar um da OJ genérico ou o da Oxford (também genérico). Li sobre o assunto e descobri pessoas totalmente satisfeitas e outras completamente desiludidas, por isso cingi-me aos factos. Concluí que por mais bem que funcione, quando parar terei forçosamente que colocar as pernas de fora e assim expo-las à chuva. Portanto, o uso de um impermeável sobre as calças é obrigatório, apesar do cobre-pernas. E se sou forçado a usar um impermeável sobre as calças, então prefiro apostar numa solução que seja também térmica. Sei que existem tais calças, tenho umas da Bering, mas são calças específicas para andar de mota e eu queria algo que pudesse colocar por cima das calças de ganga... térmicas e impermeáveis, fáceis de vestir/despir... conhecem algo assim ? :|
Para me proteger da chuva tenho usado umas sobre-calças para a neve que comprei em tempos na Decathlon... pelo que li no CPM, esta solução é melhor que as sobre-calças específicas para motards! Até agora, confirmo! :D Falta a parte térmica... :(


Para as mãos pensei nos muffs, tendo elegido os modelos da Givi e da OJ, mas também aqui desisti dessa ideia. Não por também pensar que não funcionam como quero, mas porque pelo preço deles comprasse umas luvas de inverno que são perfeitamente suficientes para os 14 Km + 14 Km que faço por dia. ;)


Em resumo, conhecem alguma solução para manter as pernas quentes nestes 14 Km + 14 Km ? (ceroulas não contam! :lol: )


Gracías!
Última edição por zeuz em segunda nov 17, 2014 10:32 am, editado 1 vez no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

XaYu
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 572
Registado: quarta fev 03, 2010 10:48 pm
Localização: V.N.Gaia
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por XaYu »

Também eu andava com essa duvida até que resolvi experimentar umas calças da neve da sportzone, que já cá tinha, por cima das 'normais'! Works like a charm! :)
(24 Abril 2010) PREDATOR Cinza Modelo C 40AH Lithium CHEGOU!!
(Junho de 2016) 'Parou' com cerca de 50.000KM

(Outubro de 2017) Vectrix Cinza 55AH Lithium Golf GTE CHEGOU!!
A rolar e com: 12.700KM

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

XaYu Escreveu:Também eu andava com essa duvida até que resolvi experimentar umas calças da neve da sportzone, que já cá tinha, por cima das 'normais'! Works like a charm! :)
Hmmm... é uma ideia... fica a faltar a parte da protecção, mas como planeio comprar umas calças de ganga com zonas reforçadas com kevlar e protecções nos joelhos, essas servem para proteger do frio e da chuva... mais logo já vou passar na Decathlon... ;)

Como é para vestir/despir ? São rápidas e fáceis ?
Movimentas-te bem em cima da mota com elas vestidas ? Não escorregas no banco ?
Última edição por zeuz em segunda nov 17, 2014 11:45 am, editado 1 vez no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

jmal
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 8390
Registado: segunda nov 12, 2007 4:09 pm
Localização: Caldas da Rainha
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por jmal »

Fico com a ideia que não adaptas a condução em função dos kms que precisas de fazer vs capacidade de bateria que ainda te resta. Qual é a autonomia que tens tido ?
Cumps Inovadores
Vectrix VX1 Limited - 8 kwh - 20000 kms

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

jmal Escreveu:Fico com a ideia que não adaptas a condução em função dos kms que precisas de fazer vs capacidade de bateria que ainda te resta. Qual é a autonomia que tens tido ?
É possível... :oops: ...já percebi que no caso das Vectrix, e creio que nos VE em geral, faz muita diferença andar uns Km mais rápido versus um carro a gasóleo (por exemplo), uma vez que o "depósito" é muito menor e portanto percentualmente estes devaneios afectam muito mais a autonomia total.

Quando fiquei a pé, tinha feito ~85km, sendo que o trajecto foi Odivelas - Linda-a-Velha (CRIL) - Barreiro (Monsanto, Ponte 25 de Abril, A2) - Almada (A2) a velocidades entre os 70Km/h e os 80Km/h, sem acelerações fortes. Estas velocidades eram mantidas nas subidas da CRIL e a subir até ao alto de Monsanto, pela A5.

Na ocasião em que fui forçado a carregar no Centro Comercial Rio Sul, o trajecto foi Odivelas - Linda-a-Velha (CRIL) - Odivelas (CRIL) - Linda-a-Velha (CRIL) - Torre da Marinha (Monsanto, Ponte 25 de Abril, A2). Neste trajecto tive mais cuidado com as retomas de velocidade e mantive-me mais perto dos 70Km/h (velocidade mínima permitida na AE). Quando apareceu a luz da bateria, teria feito ~65km e vi que marcava ~107 nos mostrador da esquerda (modo debug). Não me recordo quanto marcava o hi/lo no mostrador central. A temperatura ambiente era menor que na outra ocasião.

No passeio ao Cabo da Roca, onde gastei mais carga foi na estrada entre o Cabo e Cascais, porque é mais acidentada e contorcida. Daí para frente rolei sempre a cerca de 60km/h, acelerando sempre pouco nos arranques. Quando apareceu a luz da bateria, marcava ~107 e o hi/lo andava pelos 290 (ou 280, não me recordo bem). Fiz cerca de 60 km.

Destas experiências, estimo que esta Catalã, com a bateria totalmente carregada, tenha uma autonomia a rondar os 70km, com velocidades a rondar os 70Km/h, em estradas pouco acidentadas. Está dentro do expectável ? :|

Tenho também observado o seguinte:
Depois de uma carga completa, o mostrador da esquerda marca ~134 (volts ?) e o central hi 335 / lo 334.
Em andamento, mantendo o consumo nos 040 (C's ?), o hi/lo muitas vezes mostra diferenças na casa das dezenas (p.e. hi 315 / lo 295). Caso o consumo seja superior a 040, a diferença chega às 2 dezenas.
Em repouso, tenho a certeza que estas diferenças são más, mas e em andamento ? É expectável estas diferenças ? (supondo um consumo constante).

Também já me dei conta do efeito da temperatura no pack... noto que a scooter tem um pouco menos de resposta e também de autonomia... :roll:
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

galt
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1655
Registado: segunda ago 16, 2010 7:53 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por galt »

zeuz Escreveu:
jmal Escreveu:Fico com a ideia que não adaptas a condução em função dos kms que precisas de fazer vs capacidade de bateria que ainda te resta. Qual é a autonomia que tens tido ?
É possível... :oops: ...já percebi que no caso das Vectrix, e creio que nos VE em geral, faz muita diferença andar uns Km mais rápido versus um carro a gasóleo (por exemplo), uma vez que o "depósito" é muito menor e portanto percentualmente estes devaneios afectam muito mais a autonomia total.

Quando fiquei a pé, tinha feito ~85km, sendo que o trajecto foi Odivelas - Linda-a-Velha (CRIL) - Barreiro (Monsanto, Ponte 25 de Abril, A2) - Almada (A2) a velocidades entre os 70Km/h e os 80Km/h, sem acelerações fortes. Estas velocidades eram mantidas nas subidas da CRIL e a subir até ao alto de Monsanto, pela A5.

Na ocasião em que fui forçado a carregar no Centro Comercial Rio Sul, o trajecto foi Odivelas - Linda-a-Velha (CRIL) - Odivelas (CRIL) - Linda-a-Velha (CRIL) - Torre da Marinha (Monsanto, Ponte 25 de Abril, A2). Neste trajecto tive mais cuidado com as retomas de velocidade e mantive-me mais perto dos 70Km/h (velocidade mínima permitida na AE). Quando apareceu a luz da bateria, teria feito ~65km e vi que marcava ~107 nos mostrador da esquerda (modo debug). Não me recordo quanto marcava o hi/lo no mostrador central. A temperatura ambiente era menor que na outra ocasião.

No passeio ao Cabo da Roca, onde gastei mais carga foi na estrada entre o Cabo e Cascais, porque é mais acidentada e contorcida. Daí para frente rolei sempre a cerca de 60km/h, acelerando sempre pouco nos arranques. Quando apareceu a luz da bateria, marcava ~107 e o hi/lo andava pelos 290 (ou 280, não me recordo bem). Fiz cerca de 60 km.

Destas experiências, estimo que esta Catalã, com a bateria totalmente carregada, tenha uma autonomia a rondar os 70km, com velocidades a rondar os 70Km/h, em estradas pouco acidentadas. Está dentro do expectável ? :|

Tenho também observado o seguinte:
Depois de uma carga completa, o mostrador da esquerda marca ~134 (volts ?) e o central hi 335 / lo 334.
Em andamento, mantendo o consumo nos 040 (C's ?), o hi/lo muitas vezes mostra diferenças na casa das dezenas (p.e. hi 315 / lo 295). Caso o consumo seja superior a 040, a diferença chega às 2 dezenas.
Em repouso, tenho a certeza que estas diferenças são más, mas e em andamento ? É expectável estas diferenças ? (supondo um consumo constante).

Também já me dei conta do efeito da temperatura no pack... noto que a scooter tem um pouco menos de resposta e também de autonomia... :roll:
Tens aqui pessoas que te podem ajudar a responder às tuas dúvidas muito concretas.
O Frio é inimigo da autonomia, mas saudável para a temperatura e para a menor degradação.
Se não me engano a velocidade mínima é 50 kms/h.
Subir a 80 kms/h a A5 ou a CRIL faz toda a diferença. Um dia sobre a 50kms/h e verás a diferença.
Um VE elétrico falo pela minha mota e também pelo carro VE quanto mais devagar andar nem que seja a subir melhor a eficiência e menor o consumo.
Se subires a A5 a 50kms/h vais ter uns 5-10 kms mais em plano.

Para se chegar longe num VE é preciso andar mais devagar.

Quando tiveres oportunidade e tiveres condições de tráfego experimenta e comenta aqui no fórum o resultado.
Sw Predator 60 ah - 33000 kms (3200 kms com baterias de Gel)
[DB - SW Predator 60ah - Odivelas]
[DB - Leaf Odivelas]
[»» Pontos de carga ««]

Avatar do Utilizador

Volt
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7708
Registado: quarta set 24, 2008 11:26 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por Volt »

Acho que as minhas baterias estão muito melhores que as tuas... Talvez tenhas uma ou outra célula armada em ovelha negra.

Bem, não sei se consigo responder às tuas perguntas todas, mas vou tentar.

1º O cobre-pernas não tem a mesma função das calças. Longe disso. Com o tempo e a experiência percebemos as diferenças. O cobre-pernas é o melhor para o frio. O vento fica longe e o facto de não necessitar de grande movimento (ao contrário das calças e das suas dobras) faz com que durem muito mais tempo.

2º O mesmo se pode dizer dos muffs. Com luvas de Inverno a mobilidade e agilidade dos dedos não é a mesma. Especialmente nós, que usamos o punho para acelerar e "travar". Ainda por cima, pouca gente compra luvas de Inverno "a sério". Raramente essas luvas duram mais de um ou dois Invernos.

3º Depois de uma carga completa, se verificares antes de desligar a mota da tomada, o valor do display da esquerda para o pack é de 140v. Se não for, é porque ela não conseguiu levar o carregamento até ao fim. Com a última versão do software da Vectrix, ela já não pára o carregamento/equalização ao fim de 9 horas. De certa forma, para quem tem as células menos equilibradas, até é capaz de ser melhor, não vão fazer esta equalização ao sol e ela demorar 20 ou 30 horas.

4º Em repouso, depois de, por exemplo, passar um dia desde que foi carregada, mesmo que a mota não ande, o valor do pack tende a ficar próximo dos 3.33 por célula (133v no total). Eu verificava isto normalmente nas segundas-feiras de manhã. :-).

5º O frio, nas Vectrix com baterias boas, não faz notar diferença.

6º Essa autonomia parece-me um pouco curta para essa mota. Mas, tal como disse no início, deves ter alguma célula menos capaz. O que não quer dizer que não funcione na mesma... Mas, obviamente, não é a mesma coisa... Tenho de te emprestar a minha um dia destes para veres a diferença.

Por via das dúvidas, sei de um local, que podes consultar, onde estão apontados todos os carregamentos que um amigo dos meus amigos fez, na sua VX-1 Li+:
https://docs.google.com/spreadsheet/ccc ... n_US#gid=3

:-).

PS: Esqueci-me de alguma coisa?
333.333,3 KM a bombar faísca!
Arranjei uma fêmea que não dá à luz mas consome-a

Avatar do Utilizador

jmal
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 8390
Registado: segunda nov 12, 2007 4:09 pm
Localização: Caldas da Rainha
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por jmal »

Penso que estás muito habituado a veículos CI, onde a diferença entre maior e menor velocidade não é tão grande porque são ineficientes, ou seja, andar depressa ou devagar a maioria da energia sai pelo escape e pelo radiador, dai notar-se pouco. Num veiculo eléctrico onde as eficiências entre a bateria e motor rondam os 85% e devido à pouca energia que podemos transportar, as diferenças são grandes. Por isso não podemos conduzir um ve como conduzimos um ci quando se trata de fazer consumos baixos.

Com esses dados é difícil saber o estado, mas realmente as diferenças estão grandes, para já podes comparar a autonomia com outras iguais e também essas diferenças de tensão entre a lo/hi. Na ultima que fiz manutenção com um consumo de +- 40 amp as diferenças andavam pelos 0.03 - 0.05.
Cumps Inovadores
Vectrix VX1 Limited - 8 kwh - 20000 kms

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

galt Escreveu: Se não me engano a velocidade mínima é 50 kms/h.
Correcto! Não sei onde fui buscar os 70Km/h... :oops:
De qualquer maneira, não me sinto nada confortável a circular tão devagar na AE (para mais num motociclo!).
galt Escreveu: Subir a 80 kms/h a A5 ou a CRIL faz toda a diferença. Um dia sobe a 50kms/h e verás a diferença.
Um VE elétrico falo pela minha mota e também pelo carro VE quanto mais devagar andar nem que seja a subir melhor a eficiência e menor o consumo.
Se subires a A5 a 50kms/h vais ter uns 5-10 kms mais em plano.
Tenho tido o cuidado de não puxar muito nessas subidas. ;)
No caso da CRIL, quando subo para o túnel da Amadora (Odivelas - Linda-a-Velha), acabo por chegar lá a cima a ~65Km/h, vindo de ~75Km/h em plano.
Na A5, quando lá passo é hora de ponta, ao final do dia, por isso não arrisco a ir muito devagar... :?
galt Escreveu: Para se chegar longe num VE é preciso andar mais devagar.
É verdade! Um VE também tem essa vantagem, i.e., potencia o cumprimento dos limites de velocidade e apreciar mais a paisagem. 8-)
galt Escreveu: Quando tiveres oportunidade e tiveres condições de tráfego experimenta e comenta aqui no fórum o resultado.
Assim farei! ;)



P.S.:
(*) vide PM
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1164
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Lisboa

Mensagem por zeuz »

Volt Escreveu: Acho que as minhas baterias estão muito melhores que as tuas... Talvez tenhas uma ou outra célula armada em ovelha negra.
Não esquecer que as baterias da tua Vectrix foram trocadas, já depois do update do Firmware (certo?). ;)
Estas, tanto quanto sabemos por este DB, não foram trocadas, pelo que não me surpreende que estejam mais degradadas.


Volt Escreveu: 1º O cobre-pernas não tem a mesma função das calças. Longe disso. Com o tempo e a experiência percebemos as diferenças. O cobre-pernas é o melhor para o frio. O vento fica longe e o facto de não necessitar de grande movimento (ao contrário das calças e das suas dobras) faz com que durem muito mais tempo.
Foi isso que concluí! Como também quero uma solução para a chuva, descartei esta solução.
Volt Escreveu: 2º O mesmo se pode dizer dos muffs. Com luvas de Inverno a mobilidade e agilidade dos dedos não é a mesma. Especialmente nós, que usamos o punho para acelerar e "travar". Ainda por cima, pouca gente compra luvas de Inverno "a sério". Raramente essas luvas duram mais de um ou dois Invernos.
Estou a pensar comprar as luvas da Caparica Peles. Dado o preço (25€), não espero que sejam muito boas, mas depois com mais calma e t€mpo vejo outras luvas (sou fã de Spidi).
Volt Escreveu: 3º Depois de uma carga completa, se verificares antes de desligar a mota da tomada, o valor do display da esquerda para o pack é de 140v. Se não for, é porque ela não conseguiu levar o carregamento até ao fim. Com a última versão do software da Vectrix, ela já não pára o carregamento/equalização ao fim de 9 horas. De certa forma, para quem tem as células menos equilibradas, até é capaz de ser melhor, não vão fazer esta equalização ao sol e ela demorar 20 ou 30 horas.
Os 134v que vejo é ainda com ela ligada à tomada.
Depois de desligar, uns minutos depois, quando vou para iniciar a viagem, vejo valores de 130v.
Quando estava mais quente tenho ideia de ter visto um valor mais alto antes de iniciar a viagem.
Volt Escreveu: 4º Em repouso, depois de, por exemplo, passar um dia desde que foi carregada, mesmo que a mota não ande, o valor do pack tende a ficar próximo dos 3.33 por célula (133v no total). Eu verificava isto normalmente nas segundas-feiras de manhã. :-).
A última carga foi na passada madrugada de 5ª-feira. Na 6ª-feira de manhã, desliguei-a da tomada e só hoje de manhã peguei nela.
Os valores eram: 131v / hi 329 / lo 328
Volt Escreveu: 5º O frio, nas Vectrix com baterias boas, não faz notar diferença.
Eu noto... ainda hoje de manhã, sem acelerar muito rápido, vi valores em andamento de 118v / hi ~300 / lo ~290.
Quando estacionei, marcava 128v / hi ~320 / lo ~320
Volt Escreveu: 6º Essa autonomia parece-me um pouco curta para essa mota. Mas, tal como disse no início, deves ter alguma célula menos capaz. O que não quer dizer que não funcione na mesma... Mas, obviamente, não é a mesma coisa... Tenho de te emprestar a minha um dia destes para veres a diferença.
Sim, cada vez me convenço mais disso... :| ...daí ultimamente tentar gastar mais bateria, fazendo mais quilómetros, antes de a colocar à carga, como tentativa de forçar uma equalização mais profunda.
Volt Escreveu: Por via das dúvidas, sei de um local, que podes consultar, onde estão apontados todos os carregamentos que um amigo dos meus amigos fez, na sua VX-1 Li+:
https://docs.google.com/spreadsheet/ccc ... n_US#gid=3
Vou perder um pouco de tempo a lê-la. ;)
Volt Escreveu:PS: Esqueci-me de alguma coisa?
Não! Como sempre, tens sido de uma ajuda inestimável! A Vectrix devia pagar a pessoal como tu para publicitar os produtos deles e sossegar os mais desconfiados... ;)

Thanks!
Última edição por zeuz em sábado nov 22, 2014 4:56 pm, editado 4 vezes no total.
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Avatar do Utilizador

jmal
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 8390
Registado: segunda nov 12, 2007 4:09 pm
Localização: Caldas da Rainha
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por jmal »

Consegues ver qual o código de finalização de carga ?

Deverá ser EC 049, se for outro é porque acaba com erro.

(Consegues vê-lo no ecrã do meio, onde mostra os kms, ligando a chave quando ela ainda está ligada à tomada).
Cumps Inovadores
Vectrix VX1 Limited - 8 kwh - 20000 kms

Avatar do Utilizador

Volt
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 7708
Registado: quarta set 24, 2008 11:26 am
Estado: Desligado

Re: Uma Vectrix em Barcelona

Mensagem por Volt »

zeuz Escreveu:Não esquecer que as baterias da tua Vectrix foram trocadas, já depois do update do Firmware (certo?). ;)
Estas, tanto quanto sabemos por este DB, não foram trocadas, pelo que não me surpreende que estejam mais degradadas.
Certíssimo! Até andei a adiar a troca o mais possível, de forma a ter um pack o mais fresquinho possível. :-D. Mas já fiz mais uns 18 mil quilómetros depois da troca e tive até um episódio em que as células foram a valores impensáveis (chamei ao episódio o "campeão com estrela", pois foi depois de uma vitória moralizadora. :-p). A Vectrix já estava em maus lençóis nesta altura e pouco respondia à Masac, então optei por arranjá-las fora da garantia. Depois disso, graças ao jmal e ao trabalho dele, essas células sobreviveram e o pack ficou impecável.

Agora que falas nisso, acho que todas as VX-1 tiveram troca de baterias. Esta não devia ter sido excepção... Mas não sei se em Espanha as coisas foram tratadas de forma diferente...
zeuz Escreveu:Os 134v que vejo é ainda com ela ligada à tomada.
Depois de desligar, uns minutos depois, quando vou para iniciar a viagem, vejo valores de 130v.
Quando estava mais quente tenho ideia de ter visto um valor mais alto antes de iniciar a viagem.
A última carga foi na passada madrugada de 5ª-feira. Na 6ª-feira de manhã, desliguei-a da tomada e só hoje de manhã peguei nela.
Os valores eram: 131v e hi 329 / lo 328
Pois. Está tudo mal. :-D.
Ela mostra-te (por cima da tensão do pack e antes de desligares da tomada) "09:00"? Se sim, estás a chegar ao fim das 9 horas limite desse software de carregamento e não equalizaste por completo. 134v é pouco. Quando entreguei a minha (antes da revisão "jmalesca") estava quase sempre a parar nos 138 ou 139v. Não fazia a equalização toda. Experimenta no fim-de-semana carregar todos os dias mesmo que não gastes a carga. E aponta sempre estes valores: tempo de carga (deve ser sempre 9 horas caso não fiquem equalizadas as células), tensão do pack e tensão das células mais baixa e mais alta (antes de desligar da tomada).

A intervenção "jmalesca" foi a 22 de Abril (linha 421 da folha) mas as linhas anteriores mostram bem o que se passava. As cargas "completas" eram sempre de 9 horas e, enquanto que de manhã (antes de sair com ela) a célula mais alta andava entre os 3.40 e os 3.50, a mais baixa estava sempre perto dos 3.30. Neste momento as cargas completas (mesmo com o carregador apenas a 800Wh), são de 3 ou 4 horas incluindo equalização. Se tivesse feito uma descarga completa, nem durariam muito mais.
Este último mês, como ela esteve praticamente sem andar, a equalização tem demorado um pouco mais. As cargas completas estão a terminar ao fim de 5 ou 6 horas. Sendo que, de carga, são apenas os primeiros 10 ou 20 minutos (pois ponho à carga mesmo sem andar com ela).
zeuz Escreveu: Sim, cada vez me convenço mais disso... :| ...daí ultimamente tentar gastar mais bateria, fazendo mais quilómetros, antes de a colocar à carga, como tentativa de forçar uma equalização mais profunda.
Acho que estás a fazer o oposto do que devias... Como ela nunca terminou a equalização, não te adianta nada fazer mais ou menos quilómetros. Por mim, era melhor não fazeres mesmo nenhum quilómetro e metê-la à carga todos os dias, analisando a tensão (tem de começar a subir até, esperemos, os 140v e menos de 9 horas de carregamento).
zeuz Escreveu:Como sempre, tens sido de uma ajuda inestimável! A Vectrix devia pagar a pessoal como tu para publicitar os produtos deles e sossegar os mais desconfiados... ;)
Thanks!
Ui. Eu, por mim, já ficava contente se me oferecessem um daqueles protótipos de Superbikes que fizeram no início. Ou isso, ou uma VX-3 com mais autonomia e carga mais rápida. :-D.
333.333,3 KM a bombar faísca!
Arranjei uma fêmea que não dá à luz mas consome-a

Responder

Voltar para “Motociclos / Ciclomotores”