Algarve e as alterações climáticas

Para assuntos relacionados com o meio ambiente que não tenham nenhuma relação com energias.
Responder

Autor do tópico
civic
Moderador
Moderador
Mensagens: 1215
Registado: sábado mar 03, 2007 10:40 am
Localização: viseu
Estado: Desligado

Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por civic »

nos próximos cem anos o algarve pode ser afectado por períodos de seca mais extensos e severos, mais fogos florestais e chuvas menos frequentes mas mais violentas, defende um investigador da universidade do algarve (ualg). a tendência é para que as chuvas se tornem provavelmente mais irregulares e abundantes, com características semelhantes à precipitação que ocorre nas regiões tropicais, diz tomasz boski.
estará tão mau como o pintam?

http://www.hibridosclube.com/index.php? ... &itemid=56
ECOLIBERTY 2009 2.0kW
30 000Km's
Nissan LEAF 2018 40kWh
60 000Km's

Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 15715
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por serges »

epá em 100 anos é dificil fazer previsões... ou não!
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga


Autor do tópico
civic
Moderador
Moderador
Mensagens: 1215
Registado: sábado mar 03, 2007 10:40 am
Localização: viseu
Estado: Desligado

Re: Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por civic »

o aumento da temperatura dos oceanos está a trazer peixes de águas tropicais à costa marítima do algarve, mas também a empurrar alguma flora marítima, típica de águas frias, para norte do tejo, garante um especialista da universidade do algarve.

em declarações à agência lusa, jorge gonçalves, doutorado em ecologia pesqueira da universidade do algarve, explicou que o facto de estar a haver um aumento da temperatura dos oceanos pode ser a tese mais consistente para explicar a chegada de algumas espécies de peixes do mediterrâneo e do atlântico sub-tropical ao algarve.

peixes como os roncadores, budiões (do mediterrâneo) ou pargos (peixe de águas tropical) foram avistados ao largo do algarve, nomeadamente na ria formosa, mas também pequenos crustáceos oriundos do mediterrâneo e do sul de marrocos (áfrica) já foram assinalados, menciona o investigador do centro de ciências do mar da universidade do algarve.

o peixe veja, que normalmente só se avista nos açores, madeira e mediterrâneo, é outro exemplo de uma espécie que normalmente tem o seu habitat em águas com temperaturas de 20 graus centígrados, mas já avistados por cientistas e pescadores no algarve.

o aumento da temperatura das águas no algarve pode também levar a mais pesca grossa, nomeadamente do espadim.

"no algarve às vezes apanham-se no verão alguns espadins, mas com águas mais quentes durante um período maior será normal que essa pesca se expanda" e seja uma "boa oportunidade de negócio", acrescenta jorge gonçalves.

estudos da universidade do algarve indicam também, por outro lado, que alguma flora que normalmente aparece nas águas algarvias, como as laminárias (algas castanhas), estão a "desaparecer da região".

"o que se tem reparado é que as laminárias, que são espécies que têm afinidades com águas mais frias, estão a desaparecer do sul de portugal e já quase só se encontram acima do tejo", ou seja abaixo do tejo já são bastante raras, explica o especialista em ecologia pesqueira.

com o processo do aumento das temperaturas das águas do mar vamos ganhando espécies sub-tropicais e do mediterrâneo, mas vamos perdendo outras que vão para "latitudes mais altas ou até, no caso dos peixes que consegue movimentar-se mais depressa, vão para profundidades maiores porque lá é mais frio. são migrações em latitude e em profundidade", observa jorge gonçalves.
in dn
ECOLIBERTY 2009 2.0kW
30 000Km's
Nissan LEAF 2018 40kWh
60 000Km's


joaquimdelisboa
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 342
Registado: quinta out 26, 2006 10:08 pm
Estado: Desligado

Re: Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por joaquimdelisboa »

portugal e as alterações climáticas....

há 20 anos aqui na minha zona (nos arredores de lisboa) havia caracóis aos montes. apanhavam-se por todo o lado.
hoje é uma expécie quase extinta por cá.

todavia 200 kms a norte ( centro de portugal) eram quase inexistentes e agora proliferam por lá.

e isto só em 20 anos....

Avatar do Utilizador

HighTech
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 144
Registado: domingo mai 24, 2009 8:32 am
Estado: Desligado

Re: Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por HighTech »

nos próximos cem anos o algarve pode ser afectado por períodos de seca mais extensos e severos, mais fogos florestais e chuvas menos frequentes mas mais violentas, defende um investigador da universidade do algarve (ualg). a tendência é para que as chuvas se tornem provavelmente mais irregulares e abundantes, com características semelhantes à precipitação que ocorre nas regiões tropicais, diz tomasz boski.

o coordenador do centro de investigação marinha e ambiental (cima), da universidade do algarve, diz ainda que no futuro pode tornar-se mais frequente a ocorrência da chamada bruma ou neblina seca, relacionada com o arrastamento de partículas de poeira do deserto do sara.

o fenómeno, que se verifica no algarve sobretudo durante o mês de maio, pode tornar-se mais frequente, embora o investigador frise que a sua ocorrência está mais relacionada com fenómenos à escala global. há uma tendência para a subida da temperatura, embora boski defenda que as oscilações térmicas são naturais, não se podendo afirmar que o clima está a sofrer uma mudança radical.

registo climático

o investigador prepara-se para iniciar um projecto do cima que visa obter um registo climático da região nos últimos milhares de anos, através da datação de sedimentos encontrados em naves (vales fechados), lagoas e albufeiras. o mesmo procedimento já foi utilizado no estuário do guadiana, onde uma equipa do cima, em colaboração com a universidade de cambridge, fez uma reconstituição do clima no algarve nos últimos treze mil anos.

através do estudo - que consistiu na datação de sedimentos depositados no fundo do estuário com recurso à técnica de carbono 14, também usada em arqueologia -, os investigadores definiram cinco fases climáticas. a reconstituição do clima na região permitiu, segundo tomasz boski, tecer algumas projecções no que respeita às alterações climáticas no futuro, sendo que a tendência é de subida da temperatura e chuva mais irregular e abundante.

tomasz boski aponta condições pouco amigas
no que respeita à vegetação, se não houvesse intervenção humana, nomeadamente em processos de reflorestação, a tendência natural seria o declínio de árvores e o aumento de arbustos e plantas rasteiras. contudo, o investigador chama a atenção para a necessidade de reflorestar com recurso a árvores autóctones e não importadas de outros países, como o eucalipto, trazido da austrália.

"a plantação de eucaliptos pode ser boa para a indústria da celulose, mas é mau para a paisagem", diz, lembrando que o eucalipto é uma árvore que seca muito o solo, sendo também altamente inflamável devido à resina.

tomasz boski

tomasz boski é licenciado e mestre em geoquímica pela universidade de varsóvia; mestre em geologia do quaternário pela universidade de bruxelas doutorado em geoquímica pela mesma instituição. agregado pela universidade do algarve.

é professor catedrático da ualg. e docente de: fundamentos de ciências da terra, petrologia, geoquímica e recursos minerais, recursos marinhos ciclos biogeoquímicos e geoquímica marinha.

dedicou os 10 últimos anos de investigação a processos sedimentares, geoquímicos e a registos de mudanças ambientais/climáticas nos estuários do algarve

palavras de hipótese!
onde o dinheiro estiver è para onde tomasz boski vai praticar o seu estudo.
estudos climaticos como este a nivel de todo portugal encontrase em montes! se fosse só no algarve!
Os problemas não existem, são criados pelos humanos.

Futuristic 2010 >

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Re: Algarve e as alterações climáticas

Mensagem por orbis »

nos últimos 20 anos tem havido previsões para todos os gostos. e se fossem fazer coisas sérias com o dinheiro deles?

Responder

Voltar para “Ambiente”