Belmonte: se o lixo não vai até à reciclagem

Para assuntos relacionados com o meio ambiente que não tenham nenhuma relação com energias.
Responder
Avatar do Utilizador

Autor do tópico
serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 15713
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Belmonte: se o lixo não vai até à reciclagem

Mensagem por serges »

belmonte: se o lixo não vai até à reciclagem, a reciclagem vai até ao lixo06.08.2009
lusa

a empresa resiestrela lançou esta semana em belmonte a recolha selectiva porta a porta para estabelecimentos que acumulam caixotes e embalagens de plástico em arrecadações, muitas vezes sem os encaminharem para reciclagem.

se os resíduos de pequenas empresas e comércio correm o risco de não ir para a reciclagem, a empresa compromete-se assim a recolhê-los, para não irem parar ao lixo indiferenciado.

"este serviço visa sobretudo complementar e intensificar a capacidade de recolha tradicional", explica carlos pais, administrador-delegado da resiestrela. a empresa tem 13 ecocentros e mais de 500 ecopontos espalhados pelos 13 municípios que abrange na beira interior.

a recolha porta a porta para empresas e comércio está em fase experimental. arrancou em março no fundão, estendeu-se depois à guarda, sabugal e chega agora a belmonte. recolhe em média 25 toneladas de resíduos para reciclagem por mês, sobretudo papel e cartão.

as duas carrinhas encarregues da missão "permitem chegar, por exemplo, a zonas históricas ou estabelecimentos com maiores quantidades de resíduos, que não iam para ecopontos, nem ecocentros. uma parte substancial ia para os resíduos indiferenciados" - aumentando inclusivamente a despesa do município, uma vez que o tratamento dos resíduos indiferenciados são cobrado à tonelada.

segundo carlos pais, até final do ano deverá ser feito um balanço da acção e estudar a possibilidade de a expandir a outros municípios.

"este serviço é uma boa ideia", refere albino gaspar, técnico da farmácia costa. "escusamos de estar preocupados em colocar o cartão junto aos contentores ou ter que chamar alguém para o levar". à saída da vila, a pousada de belmonte também aplaude a chegada das carrinhas de recolha porta a porta. "é extremamente útil. as quantidades de lixo reciclável que produzimos são cada vez maiores e há maiores exigências em relação às quantidades que podemos acumular", explica a directora, liliana silva.

já perto do limite do concelho, na estrada nacional 18, ana antunes confessa que, até agora, deixava parte do cartão e papel nos contentores do lixo indiferenciado. "aqui perto não há ecopontos", justifica. outra parte está amontoada num espaço com alguns metros nas traseiras do estabelecimento, que agora começou a ser recolhido pelo novo serviço.

amândio melo, presidente da câmara de belmonte acredita que o novo serviço "vai aumentar em muito o volume das entregas de material reciclável". quem quiser beneficiar do serviço, deve contactar a resiestrela. de acordo com carlos pais, do ponto de vista global, através deste serviço, ecopontos e ecocentros, "o fluxo de resíduos recicláveis aumentou 20 por cento no primeiro semestre deste ano, em comparação com igual período de 2008".

a resistrela é responsável pela concessão do sistema multimunicipal de triagem, recolha selectiva, valorização e tratamento de resíduos sólidos urbanos (rsu's) de 13 municípios desde 01 de janeiro de 2009.

integram o sistema os concelhos de almeida, belmonte, celorico da beira, figueira de castelo rodrigo, fornos de algodres, fundão, guarda, manteigas, mêda, penamacor, pinhel, sabugal e trancoso. é ainda utilizador do sistema o município da covilhã, apenas para entrega de resíduos indiferenciados.
in publico
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga

Responder

Voltar para “Ambiente”