Custos de carregamento EV em postos públicos

Local para debater assuntos relacionados com veículos cujo motor responsável pela propulsão é eléctrico.
Responder

Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1714
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por Freddy_krueger »

APHenriques Escreveu: quinta set 30, 2021 7:27 pm A idade não é desculpa... o meu familiar mais velho (78 anos) desenrasca-se perfeitamente. ;)
Nem precisamos ter várias Apps... eu uso a App's miio, para tudo... mas normalmente activo os postos com o cartão miio... nem tenho usado mais nada.
Só quis esclarecer que mesmo pessoas menos velhas :P podem simplesmente não querer aderir a smartphones...e aí saber quanto vão pagar (sem ter uma licenciatura em matemática) é impossível!
Não é assim tão difícil saber o custo de carregamento.
O que tenho sempre insistido é que o que as pessoas devem ver o preço OPC que está afixado no posto. É esse valor que faz a diferença de preço entre postos. Comparando PCR's com PCR's e PCN's com PCN's.
O preço OPC a multiplicar por minutos mais o IVA dá-nos aquilo que pagamos a mais em relação ao carregamento doméstico.... o resto são trocos.
Não me parece que sejam assim tantos trocos... na última fatura tenho 8 eur de CEME, semelhante de OPC e mais de 5 EUR entre TAR, EGME e IEC (esse último sim trocos)
Mas obviamente que nós sabemos que a maioria das pessoas não sabe fazer contas... nem usar as aplicações...
A tua irmã se souber usar a calculadora do nokia, faz melhor figura que a malta que anda com iphone's apenas para exibir a maça roída. :)
Minha irmã teve 1 (de 1 a 5) a matemática desde a primária até onde teve de ter matemática.... até calculadora deve meter confusão :( é um caso extremo....
Pelo que tenho visto, quem vem a Portugal facilmente activa um o Miio, e percorre o país todo...
Mas em Espanha é confuso e com preços muito distintos entre postos e operadores.
Confuso, sim...como bjorn já explicou tem N rfids de múltiplos service providers... mas pequisando bem e planeando consegue ser BEM mais competitivos em preços que rede mobie, em especial quando BEV's começam a fazer redução de potência, mas ainda precisamos deum pouco mais de energia.... aí custos em Portugal (ao minuto) são completamente desfasados da realidade Espanhola...
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Freddy_krueger Escreveu: sexta out 01, 2021 10:10 am Confuso, sim...como bjorn já explicou tem N rfids de múltiplos service providers... mas pequisando bem e planeando consegue ser BEM mais competitivos em preços que rede mobie, em especial quando BEV's começam a fazer redução de potência, mas ainda precisamos deum pouco mais de energia.... aí custos em Portugal (ao minuto) são completamente desfasados da realidade Espanhola...
Concordo que contabilizar ao minuto não é o mais correcto.
Mas isso não é obrigatório. Um OPC pode perfeitamente usar unidades de kWh como forma de medir utilização dos postos.
Isso não significa que vende energia, apenas que as facturas se baseiam nessas unidades.
Assim a contabilização pode ser em kWh, em minutos ou nos dois em simultaneo, ou em nenhum.
Até pode ter definido um valor fixo por carga apenas. Independente do tempo...
O OPC é totalmente livre para escolher como cobrar a utilização do seu equipamento. Daí que UVE's bem informados podem e devem (quando têm várias opções) escolher os postos com melhor preço.
O mercado para os OPC's funciona em livre concorrência total. Compete a cada um definir como gere o seu negócio.
A legislação não obriga a contabilização ao minuto... nem qualquer outra forma.

Eu se for carregar e tiver um PCN contabilizado ao kWh, vou preferir em relação a um contabilizado ao minuto, no caso do meu carro que não passa dos 3,2kW, mas tudo depende do preço unitário. Para outros carros pode ser diferente.

Em Espanha, pelo que percebi ainda existem postos gratuitos suportados pelo Estado, em concorrência com os postos de operadores privados obviamente pagos.... o mercado só estabiliza quando acabar a fase das borlas.


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1714
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por Freddy_krueger »

Mas tendo em conta todo o modelo carregamento em Portugal, a legislação não obriga, mas de forma a rentabilizar o posto o OPC cobra ao minuto. A lógica de cobrar o local (uma vez que não vende energia nem o pode fazer), faz sentido cobrar ao minuto...mas depois alguem (CEME) cobra kwh...e vamos somando tudo...

Daí defender uma unica entidade...
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1714
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por Freddy_krueger »

APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am ainda existem postos gratuitos suportados pelo Estado, em concorrência com os postos de operadores privados obviamente pagos.... o mercado só estabiliza quando acabar a fase das borlas.
Nem sempre é suportado pelo estado (ou pelas regiões, ou autarquias).... lembro-me de ver uns youtubes no Reino Unido em que apesar de serem postos privados, alguns davam borlas ocasionalmente para promover uso ou por falta de ligação rede....acho muito melhor do que por exemplo na mobie ficar posto inoperacional....o consumidor é que não consegue usar...
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


JLMF
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 29
Registado: sexta jun 27, 2014 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por JLMF »

APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am Concordo que contabilizar ao minuto não é o mais correcto.
Mas isso não é obrigatório. Um OPC pode perfeitamente usar unidades de kWh como forma de medir utilização dos postos.
Isso não significa que vende energia, apenas que as facturas se baseiam nessas unidades.
Assim a contabilização pode ser em kWh, em minutos ou nos dois em simultaneo, ou em nenhum.
Até pode ter definido um valor fixo por carga apenas. Independente do tempo...
Até pode cobrar ao peso, coloca uma balança e pesa os veículos.
Até pode cobrar á cor, os veículos pretos pagam mais
Até pode cobrar por marca e modelo, os mais caros pagam mais
Até pode cobrar por capacidade de bateria, as maiores pagam mais
O problema é que, e parece que um OPC que investe num posto e tem de o rentabilizar como em qualquer negócio e como não pode vender nem faturar energia que é o que os clientes compram tem de lhe aplicar uma tarifa ao minuto para rentabilizar o investimento.
O modelo assim impõe. É como se um supermercado tivesse de faturar ao cliente o tempo que este passou lá dentro porque o supermercado não pode faturar os produtos comprados cujo pagamento é contratado entre o cliente final e os fornecedores e o supermercado não saiba, está impedido, quem são os clientes nem o que compraram.
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am O OPC é totalmente livre para escolher como cobrar a utilização do seu equipamento. Daí que UVE's bem informados podem e devem (quando têm várias opções) escolher os postos com melhor preço.
Desconheces a legislação.
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am O mercado para os OPC's funciona em livre concorrência total. Compete a cada um definir como gere o seu negócio.
A legislação não obriga a contabilização ao minuto... nem qualquer outra forma.
Um operador económico que não pode comprar, não pode vender, não tem clientes, não gere clientes, não gere o seu negócio, não fatura, não gere tesouraria, não pode fidelizar clientes e funciona em "livre concorrência total"? Em Cuba?
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am Eu se for carregar e tiver um PCN contabilizado ao kWh, vou preferir em relação a um contabilizado ao minuto, no caso do meu carro que não passa dos 3,2kW, mas tudo depende do preço unitário. Para outros carros pode ser diferente.
E tiveres um PCN contabilizado ao kWh? Tens ainda muitos? Não. Vais ter cada vez mais? Não. E porquê?
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am Em Espanha, pelo que percebi ainda existem postos gratuitos suportados pelo Estado, em concorrência com os postos de operadores privados obviamente pagos.... o mercado só estabiliza quando acabar a fase das borlas.
O mercado só estabiliza quando há livre concorrência, na compra e na venda com regras iguais para todos, o investimento é respeitado e isso não acontece em Portugal com este modelo que é um monopólio gerido pelo Estado.
Os OPC serão obrigados a aumentar a tarifa da sua parcela de minutos, a gestora Estatal do modelo terá de aumentar a sua comissão para tapar o buraco, os CEME terão de aumentar o diferencial de preços da eletricidade fornecida nos postos de carregamento porque estes são um tipo de cliente diferenciado dos demais, mais caro que todos os outros devido á carga burocrática e operacional que a lei do modelo exige, e quanto mais este sistema se vai tornando caríssimo maior será o aparecimento de redes privadas que com melhor serviço venderão recargas (faturadas ao minuto) a metade ou menos do preço da rede pública até que esta impluda sem que antes atinja em Portugal os preços de recargas mais altos da Europa.


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

JLMF Escreveu: sexta out 01, 2021 1:00 pm
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am O OPC é totalmente livre para escolher como cobrar a utilização do seu equipamento. Daí que UVE's bem informados podem e devem (quando têm várias opções) escolher os postos com melhor preço.
Desconheces a legislação.
É possível. Legislação não é o meu forte. ;)
Mas podes elucidar-nos a todos: Decreto Lei e Artigo que obriga a facturação ao minuto por parte do OPC ?
JLMF Escreveu: sexta out 01, 2021 1:00 pm O mercado só estabiliza quando há livre concorrência, na compra e na venda com regras iguais para todos, o investimento é respeitado e isso não acontece em Portugal com este modelo que é um monopólio gerido pelo Estado.
Os OPC serão obrigados a aumentar a tarifa da sua parcela de minutos, a gestora Estatal do modelo terá de aumentar a sua comissão para tapar o buraco, os CEME terão de aumentar o diferencial de preços da eletricidade fornecida nos postos de carregamento porque estes são um tipo de cliente diferenciado dos demais, mais caro que todos os outros devido á carga burocrática e operacional que a lei do modelo exige, e quanto mais este sistema se vai tornando caríssimo maior será o aparecimento de redes privadas que com melhor serviço venderão recargas (faturadas ao minuto) a metade ou menos do preço da rede pública até que esta impluda sem que antes atinja em Portugal os preços de recargas mais altos da Europa.
Grande previsão... :shock: Uma analise fantástica. ;)
Só não percebi qual é o factor que fará esses aumentos exponenciais... "carga burocrática e operacional" ?

Que os preços vão subir... vão. Todos os Estados dependem muito, actualmente, dos impostos sobre os combustíveis.
Com a queda de consumo destes, essa receita será progressivamente passada para os VE's. Só que não me parece fácil ser obtida totalmente através do consumo de energia.... mas mesmo que seja, vai afectar todos, da Mobi.e ou fora dela.


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Este tópico tem o objectivo de alertar e esclarecer os UVE (especialmente os recentes) sobre os custos de carregamentos nos postos públicos.
Assim, para dissipar alguma confusão gerada pela discussão acima, consideremos o seguinte:

O UVE deve obter um cartão ou APP de um ou vários CEME em função dos benefícios/promoções/campanhas que estes lhe ofereçam ... Esta escolha é totalmente indiferente dos postos onde irá carregar com mais frequência.

Para os sócios da associação UVE, a parceria EDP pode ser uma boa opção.
A Miio pode ser também uma boa opção como CEME, mas mesmo sem ser como CEME a App é muito útil.

Os postos públicos têm um proprietário, o OPC... assim, temos que pagar a este os custos de utilizar o seu equipamento.
São os diferentes preços de utilização que fazem a diferença de custo entre postos. Assim, em cada posto devemos tomar atenção ao preço OPC.

Transcrito de Mobie.pt:
«A parcela OPC corresponde ao serviço de disponibilização do posto de carregamento e inclui os custos que suportam para prestarem os seus serviços (apenas a disponibilização do posto) com uma margem em função de uma, ou de uma combinação, das seguintes variáveis:

Custo por energia consumida - €/kWh;
Custo por unidade de tempo - €/min;
Custo por sessão de carregamento - €/carregamento. »


Do ponto de vista do OPC, o mais justo para si é a taxação por tempo.... como um qualquer aluguer de equipamento ou espaço.
Do ponto de vista do UVE, a taxação por tempo implica custos variáveis, consoante um conjunto de factores.

Aqui é importante considerar o seguinte:
1º Todos os carros tem um limite máximo de potência de carga.
Nos PCN 22kW, se ligarmos um carro que só carrega a 11kW, ou pior a 7,4kW ou mesmo a 3,7kW, estamos a pagar muito caro o carregamento.

2º A potência efectiva de carga depende não do posto, mas sim da gestão de carregamento do carro.
Frequentemente UVE's menos bem informados queixam-se de ritmo de carregamento... é importante ter noção que a bateria não é um depósito de electrões. Factores como a temperatura da mesma e nível de carga são determinantes.
Por norma o carregamento de 30% a 50% é mais rápido que de 50% a 80%, mas...

Assim, o pagamento OPC ao minuto implica custos diferentes para a mesma energia em função do tempo.

A taxação ao KWh ou preço único por utilização ou um misto dos 3 é normalmente vantajoso.

Um exemplo disso é o preço OPC da EDP nos novos PCUR, nas AE, onde os carros chegam com as baterias muito quentes e dificilmente usarão a potência máxima.... além de tornar o CHAdeMO, útil.
Ao contrário dos PCUR da Galp que tem um preço de 0,245€/min, tornando o CHAdeMO caríssimo.

Um alerta para os muitos Plug in novos:
Nunca se liga um Plug in a um PCN 22kW ou na type 2 dos PCR facturados ao minuto.


JLMF
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 29
Registado: sexta jun 27, 2014 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por JLMF »

APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 10:19 pm
JLMF Escreveu: sexta out 01, 2021 1:00 pm
APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 11:27 am O OPC é totalmente livre para escolher como cobrar a utilização do seu equipamento. Daí que UVE's bem informados podem e devem (quando têm várias opções) escolher os postos com melhor preço.
Desconheces a legislação.
É possível. Legislação não é o meu forte. ;)
Mas podes elucidar-nos a todos: Decreto Lei e Artigo que obriga a facturação ao minuto por parte do OPC ?
Já respondeste á tua questão, em parte, se procurares melhor encontras em forma de "Decreto Lei e Artigo" ou norma, e entenderás que o que afirmas : "O OPC é totalmente livre para escolher como cobrar a utilização do seu equipamento." não é real.

APHenriques Escreveu: terça out 12, 2021 11:40 am

Transcrito de Mobie.pt:
«A parcela OPC corresponde ao serviço de disponibilização do posto de carregamento e inclui os custos que suportam para prestarem os seus serviços (apenas a disponibilização do posto) com uma margem em função de uma, ou de uma combinação, das seguintes variáveis:

Custo por energia consumida - €/kWh;
Custo por unidade de tempo - €/min;
Custo por sessão de carregamento - €/carregamento. »

Quanto aos elogios relativos á minha análise, agradeço (Y) , penso no entanto que ainda não percebeste ou eu não consegui explicar, os preços sobem, é um principio básico de economia, (penso que não era uma das tuas disciplinas) a deflação é inimiga da humanidade mas e pela matéria que ficou por aprender esses mesmos preços vão subir muito mais em Portugal com este modelo que nos restantes países, é inevitável, são 3 parcelas, 3 entidades e só uma tem a ver com eletricidade que passando esta crise é a que vai ser remunerada com margem decente mas legitima, as outras duas para atingir essa decência terão de inflacionar face aos custos de investimento e não retorno, uma e custos "administrativos" a outra.


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Aviso à navegação: Atenção aos preços CEME da Miio.

Dado o aumento do preço da energia, a Miio passou a indexar os preços da energia vendida ao preço de mercado com variações em tempo real e horária...
É claramente o mais justo para todos... mas é importante ficar atento às variações durante o dia e comparar com outros CEME.


pedrosilva
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 407
Registado: terça abr 23, 2013 9:50 pm
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por pedrosilva »

espertos! com os preços da energia grossista nestes níveis... e quando os preços estiverem negativos como já aconteceu? vão pagar-nos para carregar o carro ?? :D

Avatar do Utilizador

rnlcarlov
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1054
Registado: quinta jan 23, 2014 5:59 pm
Localização: Lisboa
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por rnlcarlov »

pedrosilva Escreveu: sexta out 15, 2021 3:11 pm espertos! com os preços da energia grossista nestes níveis... e quando os preços estiverem negativos como já aconteceu? vão pagar-nos para carregar o carro ?? :D
Que eu saiba isso aconteceu apenas duas vezes na história do MIBEL, no mercado intradiário, em algumas horas do dia, e foram valores negativos bastante reduzidos. Tendo em conta as outras parcelas para além do preço grossista duvido que o preço do cliente final fique abaixo de zero, assumindo que replicam o custo negativo no mibel na soma das parcelas.


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

A App Miio passou a indicar a hora em que o preço será mais barato no dia. E com gráfico.
Informação bastante util, mas...
O preço CEME da EDP parceria Uve dá-me 0,0853€/kWh, o melhor da Miio hoje é: 0,269€/kWh às 15h.
Grande diferença.


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Depois de ver tanta asneira publicada nas redes de "desinformação", é importante relembrar os novatos:

Nunca se liga um Plug in a um PCN 22kW ou na type 2 dos PCR facturados ao minuto.


JLMF
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 29
Registado: sexta jun 27, 2014 9:46 pm
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por JLMF »

APHenriques Escreveu: sexta out 01, 2021 10:19 pm
JLMF Escreveu: sexta out 01, 2021 1:00 pm O mercado só estabiliza quando há livre concorrência, na compra e na venda com regras iguais para todos, o investimento é respeitado e isso não acontece em Portugal com este modelo que é um monopólio gerido pelo Estado.
Os OPC serão obrigados a aumentar a tarifa da sua parcela de minutos, a gestora Estatal do modelo terá de aumentar a sua comissão para tapar o buraco, os CEME terão de aumentar o diferencial de preços da eletricidade fornecida nos postos de carregamento porque estes são um tipo de cliente diferenciado dos demais, mais caro que todos os outros devido á carga burocrática e operacional que a lei do modelo exige, e quanto mais este sistema se vai tornando caríssimo maior será o aparecimento de redes privadas que com melhor serviço venderão recargas (faturadas ao minuto) a metade ou menos do preço da rede pública até que esta impluda sem que antes atinja em Portugal os preços de recargas mais altos da Europa.
Grande previsão... :shock: Uma analise fantástica. ;)
Só não percebi qual é o factor que fará esses aumentos exponenciais... "carga burocrática e operacional" ?


Que os preços vão subir... vão. Todos os Estados dependem muito, actualmente, dos impostos sobre os combustíveis.
Com a queda de consumo destes, essa receita será progressivamente passada para os VE's. Só que não me parece fácil ser obtida totalmente através do consumo de energia.... mas mesmo que seja, vai afectar todos, da Mobi.e ou fora dela.
-aumento de 79% da taxa aplicada aos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica, os chamados CEME.
-a taxa da Mobi.e aplicável aos Operadores de Pontos de Carregamento (OPC) também vai sofrer um agravamento idêntico de 79%
-a tarifa da Mobi.e aplicável aos Detentores de Pontos de Carregamento de Acesso Privativo, os chamados DPC, passará a ser de 0,0496 euros por dia e por ponto de carregamento já a partir de 1 de janeiro de 2022. Recorde-se que atualmente este valor estava fixado nos 0,0385 euros por dia


Já dá para começar a perceber agora? Espero que se comece a fazer luz.
Seis meses depois do último aumento mais outro e reafirmo com a mesma convicção porque sei que o buraco é enorme e será cada vez maior:
-Os aumentos serão exponenciais com este "modelo melhor do mundo" e esta rede monopolista gerida pelo Estado não vai sobreviver nestes moldes atuais sem que estejamos em breve a pagar dos preços mais caros da Europa para recarregar veículos eléctricos, com o maior diferencial absoluto entre o preço da eletricidade e o custo final de um recarregamento; os próximos aumentos e num prazo máximo de um ano, se não for antes, terão de ser no minimo idênticos.
A não ser que, aconteça á Mobi.e o mesmo que aconteceu ao SEF (ou estava para acontecer) e só uma mudança de cadeiras da mesma cor ou de outra, pode resolver o assunto porque atualmente ninguém se quer queimar com a Mobi.e, não tem ponta por onde se pegue sem perda de votos ou sem demissões, os lobbies necessitam que tudo fique igual, que a lei da comercialização de eletricidade não seja alterada e os funcionários da Mobi.e precisam de continuar a ganhar bem a sua vida.

As novas tarifas Mobi.e foram divulgadas há dias e entretanto aprovadas pelo regulador, seis meses depois do ultimo aumento e é cada aumento na ordem do 79% por parcela mais os trocos.

Entretanto a UVE recentemente declarada de interesse público (claro que tem sido muito do interesse público uma associação que defende não os interesses dos associados mas sim o Estatal modelo melhor do mundo)veio fazer parte de uma traição, "contra todas as expectativas criadas pelas diversas reuniões que a UVE manteve nas últimas semanas com as entidades envolvidas no desenvolvimento da Mobilidade Elétrica em Portugal", e o meu comentário é:
-Anjinhos em bicos de pés que não sabem com quem se meteram nem que interesses estão a servir tais peões tontos.

Um artigo de fácil leitura:
https://www.razaoautomovel.com/2021/12/ ... -eletricos


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Pois... seriam 79%... assustador... seriam mais 0,32€ por carregamento....
Para quem pagou 50 mil euros por um carro EV, o melhor é encostar o carro e voltar ao velho tractor a petróleo.... sempre faz mais meia dúzia de metros a combustível.

Pois, seriam....

A pergunta é: há alguém que seja suficientemente ingénuo ou tonto para não saber que os EV terão mais tarde ou mais cedo de substituir a receita actualmente proporcionada pelos carros a combustão?

Mas enquanto houver quem esteja disposto a pagar combustível, há que aproveitar as vantagens dos EV.

E quem achar que nos outros países é melhor... basta fazer as malas e seguir caminho.

Um bom ano de 2022 para todos!

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1212
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por zeuz »


APHenriques Escreveu:
A pergunta é: há alguém que seja suficientemente ingénuo ou tonto para não saber que os EV terão mais tarde ou mais cedo de substituir a receita actualmente proporcionada pelos carros a combustão?
Sempre disse que quando as vendas de VE chegassem aos 25% de quota de mercado, a isenção de IUC acabaria.

Mas por outro lado tinha/tenho esperança que a diminuição da importação de petróleo signifique menos custos para o Estado.

Sent from my Redmi Note 8 using Tapatalk


Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1714
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por Freddy_krueger »

Os 25% de BEV já não devem estar longe de ocorrerem durante este novo ano... mas tudo depende de muita coisa, e eleições estão aí.... não querendo ser "politólogo", mas sem antever uma maioria absoluta de qualquer partido, parece-me que quaisquer alianças pós eleitorais só levarão a governos pouco preocupados com longo prazo e a medidas "estranhas" geridas dia-a-dia...mas vamos indo, vamos vendo...
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Autor do tópico
APHenriques
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 681
Registado: domingo nov 06, 2016 11:19 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por APHenriques »

Para quem quer saber, não falta informação... mais uma:

https://www.youtube.com/watch?v=uv6m1EVUBfE


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1714
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por Freddy_krueger »

Isso da informação é como tudo....
Teoricamente o cidadão também tem de saber tudo das leis que regulamentam o país (desconhecimento da lei não é argumento válido) mas ninguém as sabe todas de certeza :P mas estão lá para consulta em diário da república

O que defendo é que deve ser uma informação clara e inequivoca no posto (e para isto este modelo não serve, que de claro para consumidor não tem nada).... como nas bombas gasolina... não alugamos mangueiras ao posto, pagamos a gasolina a petrogal, e cobram as taxas e impostos à parte - Não, temos o custo vísivel sem sequer sair da (A)Estrada nem ter que ter acesso a apps...

Ontem estava com um cliente estrageiro (Turco - que até tem um Tesla num país que nem presença/suporte tem :P) e quando lhe expliquei o modelo só me disse: Vocês gostam mesmo de complicar :P
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores

Avatar do Utilizador

zeuz
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1212
Registado: quinta out 17, 2013 10:52 am
Estado: Desligado

Re: Custos de carregamento EV em postos públicos

Mensagem por zeuz »

APHenriques Escreveu:Para quem quer saber, não falta informação... mais uma:

https://www.youtube.com/watch?v=uv6m1EVUBfE
Eis a razão porque foi feito esse vídeo:
https://www.facebook.com/groups/teslacl ... 367531915/

Sent from my Redmi Note 8 using Tapatalk

Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC '12 (10/2017 - )

Responder

Voltar para “Veículos Eléctricos”