A minha expriencia, drycell

Responder

Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

ola a todos.
como já disse num outro tópico, a ideia deste projecto é mesmo por um carro a andar a 100% hho.ou pelo menos reduzir ao máximo o consumo de petróleo.
neste caso instalar no meu carro; um toyota corola 2.0d star van
vou tentar manter este tópico actualizado conforme for evoluindo o projecto para que a malta possa seguir e ir dando opiniões, que são sempre bem vindas.

em principio a cobaia vai ser um motor citroen 2cv numa bancada, como tem 600cm cúbicos(foi o que me disseram) os resultados devem ser bem melhores.
as chapas de inox 316 ja as tenho.agora tenho de ir as compras para o resto do material. o inox era mesmo o mais difícil de arranjar, digo eu.
vamos ver como isto se desenrola.
see ya ppl
cumps
filipe nunes


visitante
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1639
Registado: sábado mai 13, 2006 7:57 pm
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por visitante »

vivam ...

ok..vai dando novidades..

abraços
[***************]


Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

bem, após uma longa espera(minha e talvez vossa também) já tenho tudo montado no meu carrito.
se querem fazer perguntas, you're welcome... mas aviso já que só fiz ainda 27km com a célula montada.
primeiras impressões: - parece fazer um pouco menos barulho
- como andei de noite, não notei quebra de luz nos faróis ao ligar a célula.
- e ao contrario do que tenho lido por ai, o carro não aqueceu tanto como normal.

tenho de fazer uns testes com o multímetro, e saber os gastos da coisa.
see ya
cumps
filipe nunes


batatinhas
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 44
Registado: quarta jun 14, 2006 6:22 am
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por batatinhas »

è assim, compras um amperimetro de bobine movel até 25 amp.(custa +/- 8 euros da vellemam) e insta-las directamente no circuito +,o mais perto possilvel da celula, (o shunt que é uma resistencia) levas o cabo com 2 fios para dentro do carro,fixas o amp.onde o possas ver.
assim controlas a corrente, ão mesmo tempo tamben te aconselho a comprar tambem o voltimetro, para controla-res a voltagem da bateria se por exemplo a celula começar a gastar muita amp. acima da capacidade do alternador, e a tensão começar a baixar por volta dos 12v.

para fazeres a coisas bem feitas, 1º porque a celula só deve ligar já depois do motor estar em funcionamento, deves ligar um 1º rele (com 2 saidas senda 87 e 87a) onde o negativo da bobine do rele vai a uma valvula de baixa de pressão de oleo e o outro lado da bobine a possição 2 da chave de ignição sendo esta ligação tambem aõ 30 do rele protegido com fuzivel.
primeiro tive para o circuito do 1º rele ser activado atravex da informação da +b do alternador, so que o meu 300d tem abs e a lampada do alternador sai um fio para o circuito do abs, poucas vezes o circuito trabalha bem, e aõ ligar a chave para o 2 ficava logo a trabalhar, com o circuito da pressão de oleo, tenho um led vermelho para mostrar que esta ligado o 1º rele, o motor aõ trabalhar apaga o led vermelho e por sua vez acende o verde de indicação de celula a funcionar.
quando o motor esta parado e a chave ligada, fornece corrente para o rele e ão mesmo tempo como a valvula de oleo esta atracada ou a deixar passar a massa para o rele, este esta atracado na posição de trabalho, penso que seja na 87,nesta saida podes ligar uma luz ou um led para avisar que o circuito esta ligado mas a celula não esta a trabalhar, quando o motor começa a trabalhar a pressão sobe e desliga o rele e muda de estado para 87a, esta saida vamos aproveitar para passar por um interruptor posto na consola do carro.este botão vai servir para quando quiser-mos desligar a celula, eu por opção esta sempre ligada, a saida do botão vai activar o rele principal que recebe corrente directo da bateria atravez de um fuzivel de 30 amp. nesta saida que vai ligar a celula podes por um fio que vai ligar a um led para veres se esta a trabalhar.


Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

batatinhas:
bem mais simples, tenho um botão/ interruptor dentro do carro ao lado do botão de nevoeiro.
é manual por enquanto, mas assim desligo quando quero!


já lá vão 140km com aquilo a dar hho, mas pelo que me estou a aperceber...
estou a andar tal e qual como se tivesse abastecido com gasóleo 'super' (ultimate, gforce, 10+).
não me está a diminuir o consumo como eu imaginava... 1/8 deposito - 5lts -> 120km
a diferença é que:
a temperatura do motor realmente fica mais baixa que o normal, se andar a velocidade +ou- constante ou sem esforçar/esticar o motor.
esta semana já devo dar noticias mais pormenorizadas.

estou a pensar em oscilar a corrente para 12vac 50mhz .
na minha imaginação, estar a usar 12vdc só estou a fazer electrolise com as placas negativas.ou seja, estou a ter só metade do que podia produzir. a ver se me consigo explicar... o oxigenio agarra-se a uma placa e o hidrogenio a outra de polaridade diferente. estes só se libertam das placas depois de serem empurrados por mais átomos que se querem agarrar mas não têm lugar. se a polaridade se inverter constantemente em onda quadrada estas reacções são facilitadas.
alguém opina sobre isso?
cumps
filipe nunes

Avatar do Utilizador

klinzter
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2993
Registado: terça jul 18, 2006 1:56 am
Localização: Internet
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por klinzter »

boas,


uma coisa, estás a inserir o gás na admisão d'ar, certo?

cumpris,
A bordo desde 2012 numa scooter legacy A Queimar electrões :)
A caminho dos 92.000km
Antes de abrir um novo tópico utilize a Pesquisa


Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

yap, na curva que o tubo faz depois do filtro.
hoje fui trabalhar como é normal, mas entrei tarde na ic19 e no pára, arranca não se consegue ver consumos seja do que for.
mas bem, 30/40cl de água já se gastaram... tenho um cantil de 0,5lt a fazer de reservatório para a célula.como não consegui por a ligação no fundo do cantil a água não escorre toda... mas já está ao nível do tubo de saída que lhe pus.
cumps
filipe nunes


batatinhas
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 44
Registado: quarta jun 14, 2006 6:22 am
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por batatinhas »

então é assim, o hidrogénio é feito pelo eléctrodo -, e o oxigénio pelo +, ao aplicar uma fonte modulada ou uma pmw ela vai sempre produzir no mesmo eléctrodo sempre a mesma polaridade, o que te vai acontecer ao utilizar este tipo de fonte vai-te regular a corrente. depois não convêm trocar a polaridade aos eléctrodos devido a formação deles.
na questão do botão não te aconselho a fazer isso, liga pelo menos a corrente de chave para tua segurança e dos outros.
para controlares a corrente ou a produção de hho vais passar a utilizar só soda caustica, a quem utilize bicarbonato de sódio, mas não é aconselhado porque a partir dos 50º passa a formar gases tóxicos para o motor e produz dióxido de carbono e nos queremos hho, para começar metes 1 colher de çha de soda num litro de agua destilada, e medes a corrente, em frio como percebi que utilizas a ic19, ao chegar ao fim do teu destino ou ao trabalho voltas a medir a corrente e tentas medir a temperatura, se achares que e pouca vais pondo pouco de cada vez para ai ¼ de colher, se puseres a mais tiras um pouco da mistura e metes só agua.
isto porque a minha arranca nos 6 amp. e ao fim de uma hora de trabalho estabiliza nos 10 amp. isto porque em 1.5l já pus a volta de 5 colheres de soda se fores ver o meu projecto, eu meti-lhe alem das chapas que lã estão mais 2 para cada lado para baixar a voltagem de cada chapa flutuante para cerca de 2v, isto por sua vez vai baixar a temperatura da célula e pode arrancar com mais soda e produz mais gás e como demora mais tempo a aquecer ou a aumentar de corrente, por sua vez envolvi a célula ou a montagem das chapas em manga retráctil para evitar ao máximo as correntes de fuga que só vão produzir calor e gastar corrente e fazem pouco gás.
outra coisa importante e ainda mais importante tens que meter um borbulhador a saída da célula, isto porque o gás que estas a fazer na célula, pode ao mesmo tempo produzir alem daquele que queremos gás com vapores tóxicos que podem danificar o motor. e assim o gás ao passar na agua fica lavado e assim ao mesmo tempo fazes um tapa chamas, e se houver um retrocesso de explosão pela admissão já não passa pela agua.
outra, deves por a saída do tubo da célula antes do filtro de ar para o gás se misturar bem.
se o teu carro tiver sonda lambda (se for a gasolina) a tendência será para puxar melhor e gastar mais porque a centralina, vai achar a mistura muito pobre e vai debitar mais gasolina e nos queremos ao contrário, eu no meu 300d a gasóleo sem sondas e centrlinas tive de atrasar a bomba injectora, porque sempre a mesma rotação do motor na 2ª era aos 40, em 3ª aos 60 , 4ª 80 e em 5ª aos 80 batia, parecido com barulho de pancada de biela.
em termos de força consigo andar em 5ª aos 60km na 2ª circular, a subir o casal de são brás na amadora em 3ª aos 30km , sem ir aos solavancos.
em consumos, ainda não sei porque levou bicos de injectores novos a semana passada.


Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

notei na célula hoje quando cheguei ao trabalho que esta mais quente por ter menos agua lah dentro. e os fios também aqueceram que ainda não tinha reparado.eu fiz a mistura numa garrafa 1,5lt com 3 colheres de chá. e sim tenho um cantil de litro a fazer de borbulhador.
a minha celula foi uma beca as tres pancadas.
tem 200x250x2mm.
ta com a config +nn-nn+nn-.
separação de1,5mm.
uma entrada em baixo e uma saída em cima, ambas a meio.
tenho andado a furar mais umas chapas e talvez adicione mais neutras e as afaste também ate uns 3mm.
só de pensar o dia que perco a tirar o para-choques e a desmontar a célula....perco logo a vontade. pode ser que me aventure neste fim de semana.
cumps
filipe nunes


Autor do tópico
macgyvernunes
Membro
Membro
Mensagens: 14
Registado: domingo mar 25, 2007 1:52 pm
Localização: sintra
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por macgyvernunes »

boas ppl.
tenho uma má noticia que me aconteceu... sniff. logo quando estava a achar piada a isto gerou se uma fuga na célula, ainda por cima na entrada de água que está em baixo. obviamente que a agua durante a noite escorreu toda. de manha vi o chão molhado mas nem liguei. só dei por conta porque tinha posto + água à dias e parecia não estar a fazer nada...
ora uma célula sem água o que pode fazer??? nada! agora tenho que desmontar tudo, por a ligação sem fuga, voltar a ligar, testar novamente.... que cena!
cumps
filipe nunes


batatinhas
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 44
Registado: quarta jun 14, 2006 6:22 am
Estado: Desligado

Re: A minha expriencia, drycell

Mensagem por batatinhas »

boas, tenta por imagens no fórum para ver como estas a montar, e onde estas a falhar.
o meu também já comecei a mais de um ano com aço enrolado a volta do vidro acrílico e também debitava mais de 20 amp em frio, ainda cheguei a montar no carro mas ficou mal fixo e partiu com a vibração, depois montei 1º o suporte no carro e depois fiz com 3 tubos juntos no -, e também outros 3 no +, estando os eléctrodos afastados +/- 3 centímetros uns dos outros, ai com 20amp em frio fazia 1/4 l de volume de gás, e entrava directo na admissão, depois vi que ficava alguma agua do vapor da electrolise naqueles 40 cem de tubo e optei por comprar 3 metros de tubo de 8m/m e enrolei a volta da célula, como criava condensação no tubo optei por juntar mais alguma agua no tubo e passou a fazer de borbulhador,depois vi que 3 metros era pouco comprei 6 e passou a ter essa medida.
entretanto o motor andava e puxava como nunca e aguentava a baixas velocidades as mudanças como vir da cril para amadora entrar na curva a 40 km em quarta e subir sempre em quarta os cabos ávila ate ao cima ate aos 100km e notava que ele batia de motor, ainda andei assim uma semana ate que vi que detonação antes do tempo e atrasei a bomba injectora e deixou de bater e continuava a puxar não tanto.
depois comecei a preparar as chapas e a ensaiar e ver como ficava melhor, começando a montar como esta no fórum, e depois comecei a lixar cada placa do lado positivo, e a picotadas, (sendo o sentido da corrente do meio da célula para as pontas, sendo o meio negativo e as pontas positivas) visto assim é do lado direito da chapa, sendo a ultima ligada ao negativo e tratada do lado esquerdo, e o espaço entre estas 2 mais aumentadas em relação as outras para produzir mais gás, depois de ensaiadas em termos de largura e comprimento para entrar dentro do frasco de 7,5 cm de diâmetro já com a contar com a manga retráctil, pus dentro de um frasco de vidro rijo (que é para fazer pasteurização), e meti agua destilada com alguma soda caustica, e liguei a célula com um carregador de baterias com baixa corrente de 4 amperes e a volta de 6 volts derivado a queda de tensão em vês dos 12 normais, estando a volta de 3 dias a trabalhar, ia filtrando a agua com o filtro de café e lavando a célula e atestando com agua destilada, ate notar que já não produzia mais porcaria.
depois, envolvi a célula com a manga e dei calor no fogão e montei a célula na tampa do frasco e isolei a rosca com fita teflom já com agua destilada nova e com 2 colheres de çha com soda, experimentando para ver se tinha fugas e medi a corrente e fui aumentando (enfiando pelo buraco da saída) a soda ate ter neste momento 6 mas tenho de mudar a agua, e agora vou por 10%de soda ou 100 gramas para 900 mililitros de destilada para aumentar a produção de gás.
como vês já é um percurso pequeno, embora eu quero montar o snack booster do electrikride com algumas modificações.
eu acho que não deves desistir, por muita coisa que te aconteça.

Responder

Voltar para “Experiências e Protocolos”